Ainda que algumas pessoas não saibam, existe um horário de pico de energia, o qual interfere diretamente em sua conta de luz. A lógica para isso é simples, visto que este é um período em que mais pessoas se utilizam da eletricidade. Pela alta procura, o custo se eleva e, consequentemente, quem se dá mal é você. O grande truque, então, é criar estratégias para, mesmo com esse cenário, conseguir economizar ao fim do mês.

Para entender mais sobre o assunto, fique atento aos parágrafos a seguir. Neles, você poderá entender o que é e como funciona esse período, além de encontrar 8 dicas incríveis para economizar!

O que é o horário de pico de energia?

Antes de qualquer outra coisa, o primeiro passo para poupar seu dinheiro é entender como ele é gasto. Dessa forma, é interessante compreender que, assim como no trânsito, também existe um horário de pico para a energia. Este é, então, o momento em que mais pessoas se conectam à rede elétrica.

torre de eletricidade

Também conhecido como horário de ponta, este é o período de maior utilização de aparelhos que se conectam à tomada. Com isso, ocorre a famosa lógica de oferta e demanda. Quanto mais gente quer algo, maior é seu valor. Se a procura é baixa, o custo cai como consequência.

Qual é o horário de pico de energia no Brasil?

Obviamente, cada local conta com seu próprio horário de pico de energia, já que depende das características da região. Ainda assim, tendo o Brasil como exemplo, de acordo com a CPFL este período abrange o espaço entre as 18 e as 21 horas. Há algumas divergências quanto a ele, com alguns portais definindo-o como das 19h às 22h, por exemplo.

qual o horário de pico de energia elétrica no brasil?

De qualquer forma, é possível entender que, basicamente, este é o período da noite. A lógica, então, é que este é justamente o horário em que as pessoas saem do trabalho e voltam às suas casas. Ao mesmo tempo, a iluminação pública começa a funcionar, bem como diversos estabelecimentos comerciais, como restaurantes e baladas.

Qual a relação do horário de pico com a conta de energia?

Como mencionado alguns parágrafos acima, o horário de pico de energia interfere diretamente em sua conta de luz. A explicação para este fato é que, de forma simplificada, o custo aumenta durante o período. E, como você pode imaginar, diversas são as motivações para isso. A lógica da oferta e demanda mencionada há pouco é uma delas.

relação do preço da conta de luz na calculadora

Outra explicação para este cenário é que os órgãos provedores tentam controlar o acesso para garantir a entrega a todos. Dessa forma, ao aumentarem seus valores, acabam reduzindo o interesse das pessoas. O grande problema, porém, é que este é justamente o momento que a maioria dos trabalhadores mais precisa de seus aparelhos elétricos.

8 Dicas para driblar o horário de pico de energia

Pode ser assustador saber que o horário em que você mais se utiliza da energia elétrica é também o mais caro. Especialmente em momentos como o atual, com a tarifa acima do comum, é preciso cuidado para não gastar demais. Sendo assim, abaixo você poderá conferir 8 dicas incríveis para driblar esse cenário e poupar seu tão suado dinheiro.

8. Planeje seu consumo diário

Em qualquer situação de desespero, o primeiro passo a se tomar é realizar um bom planejamento. E não poderia ser diferente aqui. Sendo assim, sua primeira atividade é analisar como pode se adaptar a esse cenário. Este tópico inclui entender o seu consumo e, com calma, ver o que é possível mudar para economizar.

planejamento sobre o horário de pico de energia elétrica

Em alguns casos, uma boa opção é rever suas prioridades e ajustar o período em que cada uma é realizada. Lavar roupa, por exemplo, pode ser feito aos fins de semana, enquanto o ar-condicionado pode ser ligado somente após às 23h. Adaptações como essas podem surtir grande efeito em sua fatura.

7. Utilize aparelhos econômicos

Não é nenhuma novidade que com um custo é maior, se preciso, o ideal é buscar por aparelhos que consumam pouca energia. Assim, não se faz necessário abdicar de qualquer contato com a tomada. A ideia é, afinal, apenas direcionar seu esforço para eletrodomésticos mais econômicos.

aparelhos econômicos

Para te ajudar nessa tarefa de fugir do horário de pico de energia, você pode verificar os aparelhos que mais gastam. Com essa informação, será simples driblar esse período apenas utilizando dispositivos econômicos. No fim das contas, se tem uma coisa que o brasileiro sabe fazer é se adaptar às situações.

6. Faça trocas inteligentes

A boa notícia para o consumidor é que atualmente, existem inúmeras opções disponíveis no mercado. Assim, é simples encontrar alternativas interessantes para substituir possíveis necessidades. Um bom exemplo disso está nas lâmpadas LED, que consomem consideravelmente menos que as comuns.

trocas para ajudar no horário de pico de energia elétrica

Ainda que com um valor mais alto, esse é um investimento inteligente, visto que permite se esquivar do horário de pico de energia. Dessa forma, seu custo benefício é excelente, já que o custo gasto nas lâmpadas será economizado na conta de luz. Além disso, você poderá continuar em ambientes bem iluminados sem se preocupar.

5. Fique atento ao Standby

Pode até parecer uma surpresa para alguns, mas aparelhos em standby consomem bastante energia elétrica. Ou seja, enquanto você acredita que está poupando ao deixar sua televisão desligada, a realidade é oposta. O mesmo pode ser dito com plugs conectados à tomada, mas não aos eletrônicos.

televisão em standby

A melhor dica, então, é justamente evitar esse gasto completamente desnecessário e custoso. Para isso, o ideal é retirar os aparelhos da tomada quando não estão sendo utilizados. E isso serve para todos os apetrechos tecnológicos que você tem em casa, como televisores, micro-ondas, videogame e até seu celular.

4. Desligue o que não for utilizado

Seguindo a mesma lógica do tópico anterior, se faz preciso tomar certo cuidado com aparelhos que se encontram sempre conectados à tomada. Em especial durante o horário de pico de energia, eles se apresentam como grandes gastadores. E, o pior de tudo isso, é que nem são dispositivos úteis para o seu dia a dia.

desligar aparelhos no horário de pico de energia elétrica

Bons exemplos desse tipo de situação são aqueles eletrônicos que são mais de enfeite do que úteis. Quantas vezes, afinal, você não foi em uma casa que tinha na sala um aparelho de som e um DVD funcionando normalmente. A pergunta que fica, então, é a quanto tempo eles estão consumindo energia sem ao menos serem ligados.

3. Mude o horário do banho

Já é de conhecimento público que o chuveiro elétrico é um dos aparelhos que mais consomem energia em uma casa. Com isso em mente, é simples chegar à conclusão que sua utilização não deveria ser feita ao longo do horário de pico da energia. Essa atitude, no final, vai ser custosa para seu bolso.

banheiro e chuveiro clássicos

Por ironia do destino, o período das 18 às 21 horas é exatamente o que grande parte da população decide se banhar. Dessa forma, além de gastar mais, ainda auxiliam para que esse processo continue como está. Assim, ao tomar banho em outro horário, você também ajuda a diminuir os preços praticados pela noite.

2. Tenha foco nas compras

Infelizmente, não é possível simplesmente desligar todos os aparelhos de sua residência durante esse período. De uma forma ou de outra, você precisará cozinhar, se distrair e talvez limpar um cômodo. E, para todas essas atividades, pelo menos um pouco de eletricidade será precisa.

escada rolante de shopping lotado

A solução, então, é pesquisar bem antes de adquirir qualquer aparelho eletrônico, buscando sempre pelo mais eficiente. Em alguns casos, o consumo é tão menor que, mesmo no horário de pico da energia, você pode utilizá-lo tranquilamente. Por isso, foco na hora das compras é primordial.

1. Busque fontes alternativas

Mesmo ainda sendo uma realidade pouco explorada no Brasil, já é possível encontrar fontes alternativas de energia. Em posse destas, sua preocupação com o horário de pico de energia praticamente some, bem como sua ansiedade com a fatura da conta de luz ao fim de cada mês.

paineis solares para horário de pico de energia elétrica

Dentre as alternativas mais interessantes, os painéis solares são os mais indicados por diversos motivos. Primeiramente, o país possui grande incidência solar, facilitando a captação da energia. Além disso, o investimento na tecnologia caiu bastante nos últimos anos, tornando-a mais acessível. Mais do que isso, há a vantagem de deixar de se preocupar com os gastos com eletricidade.

Aprenda a economizar com a Solfácil!

Como você pôde perceber com o texto acima, o horário de pico de energia afeta diretamente seus gastos. Por conta disso, você possui duas possibilidades plausíveis. Se adaptar a essa realidade e sofrer todo mês ou investir em um projeto a longo prazo. Se essa for sua decisão, o mais indicado é ter parceiros com experiência e conhecimento do mercado.

Assim, a Solfácil é a melhor opção para investir em painéis de energia solar, renovável e sem custo. Confiável e segura, a empresa conta com assistência de qualidade para te auxiliar a qualquer momento. Mais do que isso, te oferece a oportunidade de contar com uma fonte sustentável e gratuita de energia elétrica.

Ficou interessado ou quer tirar dúvidas sobre o assunto? Entre em contato conosco e converse com um de nossos especialistas sobre sua situação. Ficaremos felizes em poder te ajudar!

Resumo do post no story abaixo:

Posts Similares

Estórias Solares