Muitas coisas podem acontecer na hora de instalar um kit fotovoltaico na sua residência, especialmente considerando que, com o setor de energia solar em alta no Brasil, muitas empresas estão atuando na área somente para “surfar na onda”.

Porém, a falta de capacitação ou a contratação de uma equipe sem qualidade pode comprometer o projeto e resultar em muitos erros na instalação de painéis fotovoltaicos.

Durante a instalação de um equipamento fotovoltaico, é preciso analisar se diversos cuidados estão sendo tomado pela equipe responsável pelo projeto. Afinal de contas, é indispensável garantir que a fixação dos painéis ocorram da melhor maneira possível, com a instalação adequada de cada um dos componentes. Só assim será possível aproveitar os frutos dessa empreitada, como a redução da conta de energia elétrica — e durante um bom tempo!

Por isso, entender quais eventuais erros na instalação de painéis fotovoltaicos de sua residência pode ser um elemento-chave para garantir que todos os procedimentos e passos sendo respeitados. Além disso, ter clareza sobre os erros é uma forma de ajudar a evitá-los!  


Confira a Live de MKT Digital para o Integrador


Quer conhecer alguns dos principais erros na instalação de painéis fotovoltaicos? Então, continue a leitura para saber mais!

Como instalar energia solar em casa?

Existem alguns fatores que devem ser considerados ao iniciar o processo de instalação de energia solar em casa, como a contratação de uma equipe profissional ou a realização por conta própria.

Contudo, não é indicado que a instalação de energia solar seja feita por conta do próprio proprietário, pois é fundamental que todo o processo receba o acompanhamento e avaliação de uma equipe especializada no assunto. Além de ser uma atividade perigosa e que oferece riscos, é necessário obter autorização da distribuidora de energia através do processo de homologação da energia solar — que só pode ser solicitado por engenheiros e eletrotécnicos. 

instalação de painéis fotovoltaicos em um telhado
Casa com placas fotovoltaicas.

Geralmente, o procedimento padrão para instalação de um sistema fotovoltaico começa com a visita técnica da empresa contratada para realizar o serviço, de modo a formalizar o orçamento. Em seguida, será elaborado o projeto da instalação das placas solares, que será encaminhado para a distribuidora para realizar o processo burocrático de conexão do seu sistema à rede. 

Obtendo a autorização, a equipe fará a instalação do sistema no local mais adequado, evitando o máximo de sombras possível para aproveitar o potencial de incidência dos raios solares. 

Depois disso, é feita uma vistoria técnica por parte da distribuidora, para avaliar a instalação e fazer sua homologação, realizando a troca do medidor por um modelo bilateral para compensação de energia. Ao final desse processo, você já terá condições de produzir a sua própria energia renovável a partir da luz do sol, sem poluir o planeta e obtendo uma economia considerável nas suas contas de luz.

A seguir, veja os principais erros na instalação de painéis fotovoltaicos.

Leia também: Como instalar energia solar em sua casa?

Veja 7 comuns erros na instalação de painéis fotovoltaicos

Com o mercado de energia solar cada vez mais aquecido, é fundamental que, para obter os melhores resultados com a instalação de painéis solares, tudo deverá ser feito da melhor maneira possível. Pensando nisso, selecionamos aqui 7 erros comuns que acontecem durante a instalação de painéis fotovoltaicos que, geralmente, resultam em problemas diversos. Veja:

7. Pisar sobre os painéis

Sabemos que os painéis solares são feitos para resistir até mesmo a impactos como o de chuvas com granizo e de ventos fortes, mas entre esse tipo de situação e o impacto do peso de um humano sobre a estrutura, há uma distância considerável. Então, definitivamente, não é recomendado pisar ou até mesmo se apoiar sobre os painéis solares, pois isso pode danificá-los.

Ainda que existam muitos vídeos e fotos de pessoas pisando nos módulos enquanto realizam a sua instalação ou manutenção, essa não é uma prática segura. Os serviços dessas filmagens foram provavelmente realizados por profissionais despreparados e, muitas vezes, sem a capacitação adequada para fazer o manuseio correto das placas solares.

homem instalando painéis fotovoltaicos
A verdade é que qualquer impacto pode causar microfissuras nas células fotovoltaicas que, geralmente, são invisíveis a olho nu e só podem ser detectadas através de ferramentas especializadas. Ainda assim, podem comprometer o desempenho do sistema fotovoltaico como um todo, ou até mesmo causar um incêndio, em casos extremos. 

Os painéis fotovoltaicos são fabricados com materiais resistentes para conseguirem suportar as adversidades do clima, mas, isso, de maneira alguma, significa que seja seguro pisar sobre eles. Por isso, é fundamental contratar uma empresa com mão de obra qualificada — e que garanta a correta instalação de todo o sistema fotovoltaico —, ter um bom dimensionamento da estrutura para fixação e que os instaladores se locomovam ao redor dos painéis, e não sobre eles.

Leia mais: Pode pisar em cima dos painéis solares?

6. Uso de ferramentas inadequadas

Outra prática indevida que, infelizmente, pode ser comumente vistas em instalações de painéis fotovoltaicos, é a fixação e instalação dos componentes por meio de ferramentas inadequadas para tal. Existem muitos motivos que os técnicos podem utilizar para tentar justificar a ausência das ferramentas indicadas, como seu esquecimento, a perda ou a quebra de um dos utensílios, mas, lembre-se: nenhuma justificativa deverá ser considerada!

Vejamos, os painéis devem ser devidamente fixos para evitar que a estrutura se desmanche, fique com fios desencapados ou apresente ligações soltas. Já a crimpagem dos cabos, por exemplo, quando feita com um alicate não indicado, pode fazer com que os conectores fiquem soltos, ocasionando em pontos quentes e focos de incêndio no sistema da sua casa. 

instalação de string box
Qualquer tipo de instalação elétrica (inclusive os sistemas para geração de energia solar fotovoltaica) precisa seguir as orientações para prevenir situações de choques elétricos e oferecer proteção contra efeitos térmicos e incêndios, sobrecorrente e sobretensão.

Para isso, existem ferramentas que farão o serviço por completo. Caso contrário, muito provavelmente você terá placas com rendimento comprometido ou redução de vida útil do seu sistema de energia solar. Quer evitar esses e outras consequências de erros na instalação de painéis fotovoltaicos? 

É bastante simples: você pode tentar montar, por conta própria, um kit de ferramentas para ser utilizado integralmente, ou como apoio, pelos técnicos responsáveis pela instalação dos painéis na sua residência. Além disso, você pode entrar em contato com a companhia momentos antes da instalação acontecer, para se certificar que todas as ferramentas corretas estão sendo trazidas pela equipe técnicas. 

5. “Pular” a verificação do telhado

Sem dúvida, o telhado será um dos espaços mais importantes durante a fixação de painéis fotovoltaicos na sua residência. Por isso, um erro que destacamos é referente ao espaço. Existem profissionais e equipes que, muitas vezes, não analisam a condição dos telhados. Isso mesmo, que “pulam” essa etapa por acreditarem que, como a maior parte do trabalho será feito neles, não haverá necessidade de inspecioná-lo. 

inspeção do telhado
A equipe responsável pela fixação dos painéis deve fazer a análise do telhado antes e após a instalação dos módulos fotovoltaicos.

É importante considerar que, muitas vezes, os telhados de um prédio ou casa não foi projetado para aguentar peso extra. Por isso, eles vão exigir uma avaliação criteriosa para analisar o espaço, assim, garantindo que os painéis não danifiquem o espaço em questão. Outro ponto é que, em telhados com telhas quebradas, em estado frágil ou com infiltração, o funcionamento dos painéis será comprometido. 

Para evitar esse erro, será crucial que a equipe responsável pela fixação dos painéis faça a análise do espaço momentos antes, e após a instalação das placas, assim, podendo antever problemas no telhado ou analisar se o processo de instalação ocorreu bem.

4. Instalar os painéis em locais com SPDA

Em espaços com muita incidência de raios, geralmente, é feita a instalação de um sistema de proteção a descarga atmosférica (SPDA) para garantir a segurança das pessoas e áreas ao redor, especialmente em prédios industriais e comerciais.

Mas, ao se instalar um sistema fotovoltaico em algum espaço que possua um SPDA, será fundamental solicitar uma análise prévia do sistema para garantir que a área da fixação fotovoltaica esteja protegida. 

raios
Em geral, quanto maior for a extensão dos painéis solares instalados, maiores são os riscos de sofrerem descargas elétricas. Para amenizar as consequências, há medidas de proteção contra descargas atmosféricas e outros surtos elétricos.

Sem essa verificação, é possível que os painéis fotovoltaicos (neste caso, desprotegidos) sejam atingidos pelas tais descargas atmosféricas de raios, colocando em risco a vida das pessoas próximas. Além disso, essas descargas podem queimar os painéis ou outros equipamentos eletrônicos do espaço, já que a corrente de surto será dissipada para dentro da edificação, já que não poderá ser contida pelo SPDA. 

Leia também: Como proteger seu sistema fotovoltaico de descargas elétricas!

3. Não considerar os diferentes tipos de corrente 

Caso você não saiba, a maior parte dos equipamentos e aparelhos eletrônicos só funcionam com o auxílio da Corrente Alternada (CA), um tipo de eletricidade que os sistemas fotovoltaicos não conseguem produzir por conta própria e, para isso, precisam de um inversor de energia para converter a força corrente. O inversor, então, converterá a Corrente Contínua (CC) em CA para o seu uso.

Leia também: Vai instalar inversor solar? Confira informações essenciais antes de iniciar!

Já em uma instalação de um sistema fotovoltaico, será muito importante contar com a proteção necessária na entrada do inversor, em CC, e na sua saída, já em CA. Para isso, será fundamental utilizar fusíveis, disjuntores, chave seccionadora e outros dispositivos de proteção contra surtos de energia. Quanto aos aparatos de segurança, todos eles devem permanecer em locais separados. 

inversor solar
Basicamente, o inversor solar é o aparelho que fica responsável pela missão de transformar a energia gerada pelo painel fotovoltaico de energia corrente contínua para energia corrente alternada. 

Em outras palavras, você deverá também contar com eletrodutos, caixas de proteção, bandejamentos e outros componentes para isolar essas peças das demais. Além disso, a proteção dos trechos das correntes, tanto alternativa quanto contínua, devem ser dimensionadas corretamente, com os dispositivos próprios para cada uma delas. 

Por exemplo, o uso indevido de fusíveis ou disjuntores de CA para fazer a proteção nas string box, que utilizam CC, é terminantemente proibido, podendo colocar em risco todos os componentes presentes na instalação.

2. Tentar sobredimensionar o sistema fotovoltaico

Inicialmente, ao realizar o dimensionamento de um sistema fotovoltaico (estudo e a análise das especificidades da área em que o equipamento será instalado), será considerada a potência dos módulos e do inversor, ou do conjunto de inversores. Desta forma, a geração dos módulos vai variar concordando com as condições nas quais eles se submeterão, utilizando a potência dos módulos superior à potência do inversor da área.

Por isso, o sobredimensionamento do sistema fotovoltaico (estratégia no qual os módulos superdimensionados em relação à potência do inversor, para otimização do sistema) deve contar com uma análise prévia e minuciosa de caso a caso, analisando as condições climáticas, região e outros pontos importantes.

mulher calculando
É possível realizar um sobredimensionamento, quando a potência do inversor é menor que a do sistema fotovoltaico. Nesse caso, se a demanda energética do cliente aumentar por algum motivo depois que o sistema estiver instalado, há a possibilidade de expandir o sistema. Isso é feito com a substituição do inversor por um de maior potência. 

Durante a instalação dos módulos, muitos acreditam ser capaz de realizar o sobredimensionamento para “poupar” custos, porém, não é assim que a banda toca! Por exemplo, um sistema instalado em uma região da Europa — região com muitos países em clima temperado —, é feito de forma totalmente distinta quando comparada às instalações no Brasil.

Assim, ao dimensionar a área de instalação no nosso país, comparando com o modelo europeu, é possível causar problemas no sistema, reduzindo a vida útil do inversor. 

Assim, é correto afirmar que, durante o processo de dimensionamento do inversor, é fundamental estar atento ao dimensionamento das strings, para que a tensão do conjunto dos módulos fotovoltaicos não ultrapasse a tensão indicada de suportabilidade de entrada do aparelho inversor. Em caso da tensão ultrapassar o volumo permitido, existe uma grande possibilidade do equipamento queimar.

1. Não seguir o planejamento de instalação dos painéis fotovoltaicos

Sem dúvida alguma, o maior de todos os erros na instalação de painéis fotovoltaicos é o não cumprimento do planejado. Como assim? 

Bom, retomando o que vimos inicialmente neste post, antes de iniciar o processo de instalação dos painéis, primeiramente, será elaborando um projeto que considera a área escolhida para a instalação, o ângulo do sol, fontes ou obstáculos de sombreamento e outros detalhes necessários para que a instalação ocorra no melhor local e da melhor maneira

desenvolvimento de projeto de energia solar
Para identificar a potência necessária para o abastecimento, o projetista faz o dimensionamento do sistema fotovoltaico. Esse procedimento envolve os cálculos da energia produzida pelos equipamentos conforme a incidência de radiação solar no lugar escolhido para a instalação.

Contudo, muitos profissionais decidem por não seguir as instruções ou o planejamento traçado para uma obra: chegando ao local, eles optam por mudar a área da instalação ou adicionam outros elementos à fixação dos painéis. Por qualquer motivo que aconteça isso, seu resultado será a incidência de enormes problemas e dificuldades técnicas com o equipamento.

Leia também: Por que precisa de projetista para seu projeto de energia solar?

Primeiramente, ao instalar painéis em um local que não tenha sido definido anteriormente, é possível colocá-lo em uma área com pontos de sombreamento. Assim, prejudicando a quantidade de energia que será gerada naquele ponto, assim como o comprometimento do sistema de modo geral. Isso sem contar que, ao se desconsiderar pontos do planejamento inicial, possivelmente, o sistema seja prejudicado a longo prazo.

Pelos motivos supracitados e outros a mais, é essencial seguir o planejamento arisca para manter a qualidade do projeto de instalação de painéis fotovoltaicos na sua residência. Por isso, é importante ressaltar as instruções e conscientizar as orientações do projeto com a equipe e com a empresa contratada para a realização do serviço. 

Também é importante ressaltar que, em caso dos instaladores encontrarem falhas no projeto, é essencial acionar a equipe responsável pelo mesmo, para ela conseguir atualizar e modificar os pontos, desta forma, permitindo a instalação correta do equipamento.

Quer evitar erros na instalação de painéis fotovoltaicos? Contrate uma equipe especializada em energia solar!

Ao realizar a instalação de painéis fotovoltaicos na sua residência, certifique-se sempre de optar por uma empresa qualificada, com reconhecimento e experiência no setor, assim, para não ter “surpresas” nada agradáveis em momentos posteriores.  

Uma das etapas mais importantes nesse momento é observar se a edificação possui infraestrutura adequada para receber um sistema de energia fotovoltaica. Também é preciso avaliar se no local há muita incidência de sombras e ventos, como acontece a circulação de ar e o espaço total da superfície disponível para instalação dos módulos fotovoltaicos.

Considerar esses detalhes é imprescindível para garantir que nada comprometa a eficiência do sistema, o que pode resultar em produção de pouca energia e insatisfação do usuário. 

A empresa escolhida por você fará a instalação do sistema de energia solar fotovoltaica com base em todos esses passos e considerações, com o intuito de garantir o melhor funcionamento das placas e a maior eficiência possível na produção de energia elétrica. 

Como a Solfácil pode lhe auxiliaR

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares