A energia solar é considerada hoje uma das melhores soluções para redução de custos e promoção da sustentabilidade e consciência ambiental. Quem deseja adotar essa tecnologia e garantir essas e outras vantagens precisa investir em um projeto de energia solar, que envolve a aquisição e instalação de um sistema fotovoltaico. 

O profissional responsável por esse processo é o projetista solar. Quer conhecer o seu trabalho e entender a importância dessa figura para o seu projeto? Confira no artigo a seguir.

O que faz um projetista solar?

Levando em consideração o alto investimento financeiro que um projeto fotovoltaico exige, é claro que o consumidor deseja contar com o profissional mais capacitado na área para garantir que o melhor serviço possível seja realizado. Esse profissional é o projetista solar, que conhece a tecnologia solar como a palma da sua mão.

Projetista solar
Projetista solar

Seu principal objetivo, como o próprio nome da função já descreve, é projetar os sistemas solares fotovoltaicos e apresentar o projeto de forma clara e objetiva. O projetista solar precisa fazer cálculos técnicos a respeito da potência e análises de faturas e estimativas de retorno financeiro para o consumidor. 

Além de toda a questão técnica, o projetista também fica encarregado com a parte de documentação, que envolve a homologação do sistema fotovoltaico junto à concessionária de energia.

Esse processo é imprescindível, pois regulariza a geração de energia solar e possibilita a concessão dos créditos energéticos através da conexão do sistema com a rede pública de distribuição de energia. 

Um bom projetista precisa ter conhecimentos em elétrica e saber dimensionar projetos através de softwares próprios para isso. Além disso, é fundamental que o profissional esteja por dentro das regulamentações que envolvem a geração distribuída e a fonte fotovoltaica.

Apesar de parecer um procedimento simples, o planejamento de um projeto fotovoltaico envolve uma série de cálculos e considerações que são indispensáveis para obter um serviço de excelência.

Esse trabalho precisa ser valorizado, pois espera-se que um sistema solar fotovoltaico dure por pelo menos 25 anos. Para garantir uma instalação segura e bem feita, com funcionamento eficaz e que atenda às expectativas do consumidor, é preciso contar com um bom projetista solar. 

Para ficar ainda mais por dentro do assunto, confira no próximo tópico como é o processo de desenvolvimento de um projeto fotovoltaico. 

Como é feito um projeto de energia solar?

A elaboração de um projeto de energia solar demanda um vasto conhecimento sobre o conjunto de equipamentos que compõem o sistema fotovoltaico. O kit de energia solar é composto basicamente por cinco itens:

O sistema fotovoltaico montado
O sistema fotovoltaico montado
  • Painel solar: formado pelo conjunto de módulos fotovoltaicos que convertem a luz solar em energia elétrica; 
  • Inversor solar: que direciona a energia gerada e a energia excedente para a rede da concessionária de energia; 
  • Caixa de junção (string box): para proteger o sistema contra instabilidades e falhas elétricas; 
  • Estruturas de suporte e ancoragem: equipamentos usados para fixar os módulos sobre o telhado;
  • Cabeamento: formado por cabos e conectores que fazem a conexão elétrica entre os demais componentes do sistema. 

O projetista precisa selecionar itens com potências capazes de suprir o consumo elétrico mensal do cliente, dessa forma otimizando o rendimento energético do seu imóvel. Como vimos anteriormente, é preciso levar vários aspectos em consideração até chegar nesse momento. 

Para identificar a potência necessária para o abastecimento, o projetista faz o dimensionamento do sistema fotovoltaico. Esse procedimento envolve os cálculos da energia produzida pelos equipamentos conforme a incidência de radiação solar no lugar escolhido para a instalação.

Feita essa estimativa, é preciso determinar a potência do sistema, a tensão e o número de módulos fotovoltaicos necessários para alcançá-la. 

A próxima etapa envolve a inspeção técnica da unidade consumidora. Através de visitas técnicas, o projetista desenvolve uma análise preliminar do projeto e coleta informações para fazer o cálculo do dimensionamento.

Também é nesse momento que são definidos os requisitos para instalação e fixação dos equipamentos de suporte e ancoragem, que podem variar de acordo com o tipo de telhado.

Outros elementos fornecidos pela inspeção técnica são a orientação e incidência solar do telhado, tipo de ligação elétrica do imóvel, incidência de sombras e o cálculo da área na qual as placas solares serão inseridas.

O projetista também precisa estar atento à viabilidade de instalação do inversor fotovoltaico, que não pode ficar sob muita incidência solar.

A incidência de luz solar é extremamente importante num projeto de energia solar
A incidência de luz solar é extremamente importante

Com todas essas informações reunidas, é possível fazer estimativas acerca do retorno financeiro e sobre o cálculo de rendimento energético do sistema. Esses dados devem ser registrados no documento de acesso à rede para microgeração distribuída que, futuramente, será enviado à distribuidora. 

Na próxima etapa, é realizado o dimensionamento final, quando são fornecidos todos os detalhes sobre o projeto fotovoltaico. Entre as informações presentes no documento a ser enviado à distribuidora, devem constar conclusões sobre:

  • o consumo médio, o quanto de energia deseja gerar com o sistema;
  • a eficiência da célula fotovoltaica e do material de sua composição;
  • o levantamento do consumo médio anual de energia elétrica da residência;
  • a especificação do inversor e outros equipamentos; 
  • a orientação, localização e espaço físico dos módulos; 
  • o dimensionamento com as características do módulo, quantidade e forma de arranjo dos módulos; 
  • informações solarimétricas disponíveis para a área de instalação.

Com toda a documentação do projeto de Sistema Fotovoltaico Conectado à Rede (SFCR, ou on grid), é hora de iniciar o processo de solicitação do acesso à rede de distribuição de energia.

É preciso apresentar alguns documentos, como a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do responsável técnico pela instalação do sistema de microgeração e pelo projeto elétrico, certificado de conformidade do inversor e uma lista de unidades consumidoras.

A distribuidora irá analisar o projeto de energia solar e, se tudo estiver dentro das conformidades segundo às normas de segurança, autoriza a instalação.

Em seguida, o projetista fará uso de softwares para consultar os principais modelos de inversores e painéis disponíveis no mercado, e dados meteorológicos que ajudam a estimar o volume de energia que é produzido pelo sistema.

Esse tipo de tecnologia é uma ferramenta valiosa na hora de fazer a análise de sombreamento, calcular o dimensionamento inicial, o posicionamento dos painéis e a radiação solar e definir os painéis fotovoltaicos. 

Como pudemos observar, o projetista solar é um profissional que reúne diversos conhecimentos especializados e complexos sobre o setor de energia solar. A implementação de um sistema fotovoltaico não envolve apenas a instalação em si, mas diversas outras etapas durante o processo que são fundamentais para garantir sua segurança e eficiência. 

Sendo assim, não pense duas vezes: contratar um projetista é imprescindível para ter um serviço de qualidade e assegurar que seu investimento valha a pena. 

Melhor parceira do Integrador

Muito mais que um banco, somos uma empresa parceira e oferecemos um ecossistema completo de soluções para o integrador de energia solar.

A Solfácil é uma plataforma tecnológica para financiamento de energia solar feita para você, integrador. Em nossa plataforma, você poderá controlar todos os seus projetos de financiamento e homologação em processos bem definidos.

Tudo 100% digital, para que você, parceiro integrador, consiga vender cada vez mais.

Sendo nosso parceiro, você terá acesso a uma solução financeira robusta que vai ajudar a viabilizar totalmente os seus projetos, pois seu cliente sempre terá uma opção de economia imediata com prazos de até 120 meses.

Posts Similares

Estórias Solares