Circulam pelas web, diversos registros de pessoas pisando ou andando sobre os painéis solares. Se você já viu alguma foto ou vídeo dessas cenas por aí, provavelmente deve ter se perguntado se isso é de fato permitido.  

Os módulos solares são projetados para suportar diversos tipos de intempéries climáticas, mas será que realmente são resistentes a ponto de aguentar impactos mecânicos tão intensos sem sofrer danos em sua estrutura? Confira a resposta para essa pergunta no artigo a seguir.

Os painéis solares são resistentes?

Sabemos que os painéis solares são feitos para resistir até mesmo a impactos como o de chuvas com granizo e de ventos fortes, mas entre esse tipo de situação até ter o peso de um humano sobre a estrutura há uma distância considerável.

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

Sim, painéis solares são resistentes. Mas entenda como respeitar seus limites
Sim, painéis solares são resistentes. Mas entenda como respeitar seus limites

Então definitivamente não é recomendado pisar ou até mesmo se apoiar sobre os painéis solares, pois isso pode danificá-los. 

Ainda que existam muitos vídeos e fotos de pessoas pisando nos módulos enquanto realizam a sua instalação ou manutenção, essa não é uma prática segura. Os serviços dessas filmagens foram provavelmente realizados por profissionais despreparados e sem a capacitação adequada para fazer o manuseio correto das placas solares.  

Os painéis fotovoltaicos são fabricados com materiais resistentes para que consigam suportar as adversidades do clima, mas isso de maneira alguma significa que seja seguro pisar sobre eles. Por isso, é fundamental contratar uma empresa com mão de obra qualificada, e que garanta a correta instalação de todo o sistema fotovoltaico. 

O que acontece se as placas forem danificadas?

  A verdade é que qualquer impacto pode causar microfissuras nas células fotovoltaicas. Essas fissuras geralmente são invisíveis a olho nu, e só podem ser detectadas através de ferramentas especializadas. Ainda assim, podem comprometer o desempenho do sistema fotovoltaico como um todo, ou até mesmo causar um incêndio, em casos extremos. 

Uma análise térmica deve ser realizada durante o comissionamento do sistema, de modo a comprovar que as placas solares fotovoltaicas não possuem nenhum tipo de fissura, dando máxima garantia da qualidade do serviço realizado. Sem essa análise, o defeito dificilmente será percebido. 

Entenda o que ocorre quando uma placa é danificada
Entenda o que ocorre quando uma placa é danificada

Ao detectar danos ocorridos durante a instalação, é preciso entrar em contato com a empresa para negociar os prejuízos e tentar solucionar o problema da melhor forma. 

Saiba mais a seguir sobre como funciona a análise térmica realizada durante o comissionamento e porque ela é tão importante. 

Como funciona a identificação de danos? 

Um simples descuido durante a instalação das placas fotovoltaicas pode ser o suficiente para danificá-las. Se o profissional responsável pela tarefa se apoiar sobre um módulo isso pode ser o suficiente para gerar microfissuras, comprometendo todo o desempenho do sistema. 

Para evitar esse tipo de problema, a termografia deve ser realizada durante o comissionamento. Nesse momento, são feitos alguns testes e inspeções após a construção da usina solar, com o objetivo de identificar inconsistências e defeitos nas instalações e nos equipamentos fotovoltaicos.

A termografia é um procedimento no qual é feita uma fotografia com uma câmera de infravermelho, capaz de identificar a temperatura em toda a extensão da superfície do módulo fotovoltaico.

Pontos e áreas quentes, também chamado de “hotsposts”, podem ser um indício de que há algum problema na parte afetada. É claro que, além das ferramentas adequadas, a experiência e a atenção do profissional responsável são essenciais para a detecção de possíveis problemas. 

Esse método pode revelar a existência de pontos quentes que são causados por células fotovoltaicas defeituosas. Tais defeitos também podem ser resultado de problemas de fabricação, o que é pouco provável quando os módulos são comprados de fornecedores confiáveis.

Todos os módulos são devidamente inspecionados ainda na fábrica, ao final da linha de produção, antes de serem enviados aos clientes.

Veja como funciona a identificação de possíveis danos a placas solares
Veja como funciona a identificação de possíveis danos a placas solares

Quando são identificados hotsposts e defeitos nas placas fotovoltaicas, são geralmente resultados de impactos sofridos no transporte ou principalmente na instalação. Isso pode acontecer quando os próprios instaladores não tomam os devidos cuidados com os módulos, pisando sobre eles, derrubando-os ou empilhando uns sobre os outros. 

É preciso cautela ao manusear os módulos fotovoltaicos, pois qualquer tipo de impacto pode causar microfissuras nas peças. Como os danos são geralmente imperceptíveis e só podem ser detectados através de ferramentas especializadas, é muito importante que o comissionamento seja feito adequadamente.  

Para não correr o risco de adquirir módulos com defeito de fábrica, é fundamental optar por fabricantes e fornecedores confiáveis. Para garantir uma compra segura, procure por equipamentos com certificação segundo as normas internacionais, que também são obtidas a partir de inspeções específicas, como o teste de eletroluminescência. 

Quer conferir outros cuidados essenciais para prolongar a vida útil do seu painel solar? Saiba mais no próximo tópico. 

Quais cuidados é preciso ter com os painéis solares?

Alguns cuidados durante a manutenção dos painéis solares podem fazer toda a diferença no seu desempenho. 

Expostos ao sol e às circunstâncias climáticas, os sistemas fotovoltaicos acabam acumulando poeira, poluição e dejetos, o que pode, com o tempo, interferir na geração de energia.

Sendo assim, é recomendado realizar uma limpeza adequada de acordo com a frequência de chuvas. Em localidades com pouca chuva, por exemplo, o ideal é fazer limpezas duas vezes ao ano.  

Certifique-se de desligar o sistema fotovoltaico antes de iniciar a limpeza, e evite usar substâncias corrosivas para realizá-la, pois esse tipo de produto pode deteriorar o material dos módulos. A limpeza deve ser realizada preferencialmente do chão, usando equipamento longo que alcance o telhado sem risco de impacto sobre os módulos. 

Como os painéis são bastante sensíveis, empregar uma força intensa sobre eles pode acabar danificando-os. Ainda que seja possível que o próprio usuário realize esse tipo de manutenção, o mais seguro é sempre optar pela contratação de profissionais especializados para fazê-la. 

Também é importante atentar para a bateria do sistema, uma vez que nela fica armazenada toda a energia gerada pelo sistema fotovoltaico. Caso ela descarregue, pode causar problemas à vida útil.

Cuidados que se deve ter com painéis solares
Cuidados que se deve ter com painéis solares

O ideal é ter equipamentos para monitorar essa situação, que devem ser instalados segundo recomendação da própria empresa responsável pela instalação dos painéis. Uma vez identificado qualquer problema com a bateria, chame um especialista para ajudá-lo.  

Da mesma forma, recomendamos ficar de olho no funcionamento dos inversores. Ainda que necessitem de menor manutenção, vale a pena atentar, pois esses equipamentos são os responsáveis por converter a energia solar gerada de corrente contínua para alternada, alimentando os utensílios elétricos usados no dia a dia.

Os inversores devem ser mantidos em ambientes secos e longe da sujeira. Verifique também se o cooler para refrigerar o equipamento está funcionando adequadamente. 

Em geral, sistemas solares fotovoltaicos demandam pouca manutenção, fazendo valer ainda mais a pena o investimento nessa alternativa de geração de energia. Clique aqui para saber mais. 

Melhor parceira do Integrador

Muito mais que um banco, somos uma empresa parceira e oferecemos um ecossistema completo de soluções para o integrador de energia solar.

A Solfácil é uma plataforma tecnológica para financiamento de energia solar feita para você, integrador. Em nossa plataforma, você poderá controlar todos os seus projetos de financiamento e homologação em processos bem definidos.

Tudo 100% digital, para que você, parceiro integrador, consiga vender cada vez mais.

Sendo nosso parceiro, você terá acesso a uma solução financeira robusta que vai ajudar a viabilizar totalmente os seus projetos, pois seu cliente sempre terá uma opção de economia imediata com prazos de até 120 meses.

Posts Similares

Estórias Solares