A energia solar é a energia obtida a partir da luz e do calor do Sol, e pode ser explorada através de diversas tecnologias, como aquecimento solar e energia solar fotovoltaica, entre outras. 

Além de não agredir o meio ambiente, a geração de energia solar é obtida por uma fonte renovável, sempre que houver irradiação solar. As tecnologias que tornam isso possível estão cada vez mais avançadas, com aumento de procura em todo o mundo. 

Confira com mais detalhes no artigo a seguir como a energia solar é gerada, sendo possível através de forma direta ou indireta. Boa leitura! 

Como a energia solar é obtida? 

A obtenção da energia solar começa a partir do momento em que a luz do sol é captada pelas placas solares, quando os fótons penetram no interior das células fotovoltaicas. O posicionamento adequado do equipamento pode fazer toda a diferença, de modo que a absorção seja otimizada. 

Saiba como é obtida a energia solar
Saiba como é obtida a energia solar

Após captada pelos painéis, a energia solar é direcionada para o inversor solar, que realiza a conversão da eletricidade gerada, tornando-a compatível com as propriedades da rede elétrica convencional. Uma vez convertida, a energia gerada já pode ser utilizada como fonte de alimentação para o funcionamento de qualquer equipamento, eletrodoméstico ou máquina. 

O sistema pode gerar energia excedente, e quando se trata do modelo on grid direciona essa sobra de energia para a rede concessionária de energia, gerando os créditos energéticos.  

A obtenção da energia solar pode ocorrer de duas formas, de maneira direta ou indireta. Você sabe a diferença entre elas? 

A energia solar obtida de forma direta se dá por meio de células fotovoltaicas, que são comumente fabricadas com um material semicondutor chamado de silício cristalino.

Quando a luz do sol atinge as células, é diretamente transformada em eletricidade. Isso acontece quando os fótons presentes nos raios solares incidem sobre os átomos das células fotovoltaicas, proporcionando a emissão de elétrons, o que gera corrente elétrica. 

Já a energia solar indireta é captada através da construção de usinas em áreas de grande insolação, com centenas de coletores solares espalhados.

A maior parte das usinas de energia solar no Brasil estão localizadas na região nordeste, como a Usina Solar de São Gonçalo (PI) e o Parque Solar Ituverava (BA). A disponibilidade de radiação solar depende não só das condições atmosféricas, mas também de fatores como a latitude local, hora do dia e dia do ano.

Levando tudo isso em conta, é possível ajustar a posição do coletor ou painel solar de acordo com a latitude e o período do ano, de modo a garantir o maior aproveitamento da radiação solar. 

A principal diferença entre a energia solar indireta e a direta está no processo de captação. Enquanto a energia solar indireta é obtida em uma área de usinas implementadas para a captação solar, a direta é produzida a partir de um sistema fotovoltaico instalado em um imóvel por meio dos painéis solares.

Painéis solares instalado em um imóvel
Painéis solares instalado em um imóvel

Agora que já distinguimos as duas formas de obtenção de energia solar, confira a seguir as principais vantagens dessa alternativa. 

Quais as maiores vantagens da energia vinda do sol? 

Uma das mais conhecidas vantagens acerca da dessa fonte de energia é o fato de ser um recurso totalmente renovável. Ao contrário do petróleo, por exemplo, que é um recurso que eventualmente irá se esgotar, a energia solar advém de uma fonte de energia constante e consistente, que é a luz do sol. 

Isso também está ligado ao fato de ser uma fonte de energia limpa, que não polui a natureza nem causa impactos ambientais, o que é um grande problema quando falamos de energia obtida através de combustíveis fósseis. O dióxido de carbono (gás liberado durante a queima desse tipo de combustível) é o principal responsável pelo aquecimento global.

Outro aspecto que a faz uma alternativa ecológica é que os equipamentos fotovoltaicos podem ser reciclados. Os painéis e as células que os compõem são fabricados com placas de vidro, elementos condutores e metálicos, materiais que possuem facilidade de reaproveitamento.

Cerca de 97% dos componentes utilizados em sistemas fotovoltaicos podem ser recuperados. 

Partindo para a parte técnica, as vantagens também são inúmeras para quem decide adquirir seu próprio sistema fotovoltaico. Para começar, eles são fáceis de instalar. Apesar de exigirem mão de obra qualificada, são instalados em apenas um dia e ocupam pouco espaço. Além disso, demandam pouca manutenção.

Como não possui peças móveis, quase não há desgaste mecânico, e duram mais de 25 anos com limpezas que podem ser realizadas anualmente pelo próprio usuário. 

Agora falando sobre os custos, a energia solar fotovoltaica é o sistema de autogeração mais barato, segundo a Bloomberg New Energy Finance. Atualmente, é possível ter um sistema solar completo para alimentar uma residência pelo preço, aproximadamente, de um carro popular.

Após alguns anos de uso, o valor investido acaba retornando, já que o sistema garante descontos de até 95% na conta de luz. Sendo assim, a economia no valor das contas acaba abatendo o valor do investimento. 

Veja as vantagens de se utilizar a energia solar
Veja as vantagens de se utilizar a energia solar

Levando em conta a vida útil de um sistema fotovoltaico (que é de 25 a 30 anos), o seu custo acaba valendo muito a pena. Considerando todo o investimento de compra e instalação e a manutenção simples que demanda, a energia solar acaba saindo mais barata do que a energia comprada da distribuidora de rede elétrica. 

Por fim, outra grande vantagem da energia solar é a possibilidade de ser usada em áreas isoladas da rede elétrica. É uma das melhores alternativas nesses casos, já que é muito mais barata quando comparada a geradores a diesel ou óleo combustível.

Com tantas vantagens, ela tem tudo para crescer cada vez mais e obter um número crescente de adeptos. 

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares