O financiamento para energia solar é algo que tem se popularizado cada vez mais, especialmente depois do aumento no valor do kWh. Isso fez com que muitas famílias buscassem outras alternativas para conseguir economizar no fim do mês. Mas será que o valor fica muito alto?

Financiar um sistema de energia fotovoltaico pode ser mais simples do que muitos imaginam, especialmente com as empresas que são especializadas nesse tipo de crédito e que oferecem opções mais vantajosas como financiamento de 100% do projeto e taxas menores do que os bancos tradicionais.

Pensando em lhe auxiliar a entender como funciona um financiamento para energia solar, fizemos um post com uma simulação de um valor para uma família de 4 pessoas. Confira a seguir!

Simulação de financiamento para energia solar

Para fazer a simulação de financiamento para energia solar, é necessário levar em conta vários aspectos diferentes como: a quantidade de kWh gasto pela família, local de instalação, tipo de instalação, taxa mínima de conta de luz, valor de entrada, etc.

em algumas empresas a simulação é feita a partir do valor da sua conta de luz
Em algumas empresas a simulação é feita a partir do valor da sua conta de luz

Para simplificar, vamos imaginar que a taxa mínima de energia da sua cidade seja de R$50, normalmente a média de grande parte das cidades brasileiras. Supondo que em sua residência moram 4 pessoas, e que vocês consomem aproximadamente 380 kWh, a conta de energia será de um valor aproximado de R$350, dependendo do valor do kWh da região.

Um sistema de energia solar fotovoltaico que supre a demanda dessa residência tem um custo médio de R$18 mil, o que possibilita que a sua conta de luz venha apenas no valor mínimo da sua região. Afinal, o sistema irá gerar a mesma quantidade consumida.

Usando esses dados para fazer a simulação no site da Sol Fácil, que possui uma das menores taxas do mercado, sua parcela de financiamento do sistema solar sem entrada será de R$328,17 aproximadamente, dependendo da cidade, podendo ser dividido em 60 meses.

Ou seja, em 5 anos você terá quitado todo o seu financiamento da energia solar, e em aproximadamente mais 5 anos, terá recuperado todo o dinheiro que foi investido.

Depois disso, toda economia de energia será lucro, o que lhe resta aproximadamente 15 anos de ganhos apenas com o sistema fotovoltaico. Isso significa mais de R$40 mil de lucro sem levar em consideração a inflação do valor do kWh, o que faria com que sua economia fosse ainda maior.

Se você investir um valor de entrada, a parcela do financiamento ficará ainda menor e seu lucro maior, assim como a tendência é que seu payback também diminua.

Leia também O que é Payback e como calcular na energia solar?

O financiamento sempre vale a pena?

Depende do valor da sua conta de energia, kWh gasto no mês e taxa mínima da conta de luz. Em alguns locais, o motor de energia utilizado é o motor trifásico, o que faz com que a taxa mínima de disponibilidade seja de R$100. No nosso exemplo de um gasto de R$350 em conta de luz, a economia seria de R$250 mensais, o que ainda compensaria para a família.

o financiamento de energia solar só não vale a pena quando a residência consome pouca energia elétrica
o financiamento de energia solar só não vale a pena quando a residência consome pouca energia elétrica

Porém, imagine que a conta de luz de uma residência com motor trifásico seja de R$180: com a energia solar, a economia seria de apenas R$80, fazendo com que em muitos casos não compensem instalar um sistema de energia solar já que o retorno do investimento levaria mais tempo.

Leia também Quando não compensa energia solar? Como saber que o investimento é vantajoso para o seu caso?

Porém, se você não se encaixa nessa situação, as economias geradas com o sistema solar são muito altas, especialmente para empresas que possuem maquinários que ficam ligados constantemente. Em alguns casos, as empresas chegam a economizar mais de R$20 mil por ano, dependendo do tamanho do sistema solar instalado.

Quem pode financiar energia solar?

Qualquer pessoa pode financiar um sistema de energia solar fotovoltaico, tanto em bancos, quanto em instituições voltadas especialmente para esse tipo de crédito.

Porém, caso você opte por bancos, a maioria das agências oferecem esse tipo de crédito apenas para correntistas. Ou seja: você precisa ter uma conta e um relacionamento com aquele banco para solicitar o financiamento do seu sistema de energia solar.

Além disso, grande parte dos bancos não oferecem a possibilidade de financiamento de 100% do projeto, e você precisa arcar com os custos de pelo menos 20% do valor total.

Já empresas e instituições de crédito tendem a facilitar mais o financiamento, muitas vezes oferecendo até 100% do valor de subsídio, além de taxas menores.

Leia também Qual banco tem linha de crédito para energia solar? Qual o mais vantajoso?

Quais são os prazos para financiamento de energia solar?

Os prazos variam de acordo com cada banco e instituição, podendo chegar a 120 meses. No entanto, o mais comum é que essa linha de crédito seja parcelada em até 60 vezes, dependendo também do valor da entrada do financiamento. Em algumas situações, você consegue quitar seu financiamento em até 3 anos, especialmente se sua entrada for equivalente a 40% do valor do projeto ou mais.

Agora que você viu como funciona uma simulação de financiamento para energia solar, não deixe de entrar no site da Sol Fácil e fazer a sua simulação agora mesmo. Com isso, você consegue ter uma ideia de quanto irá economizar no final do mês e em quanto tempo conseguirá recuperar seu investimento.

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares