O financiamento da energia solar tem sido o alvo de várias famílias brasileiras, especialmente depois da crise hídrica que nosso país vem enfrentando e do aumento das taxas do kWh. Afinal, o uso da luz do sol como fonte de energia elétrica pode gerar uma economia de até 95% do valor da conta de luz. Mas você conhece o banco que tem linha de crédito para energia solar?

Hoje, diversos bancos trabalham com o financiamento para sistemas de energia solar e geração distribuída, e a maioria oferece condições e taxas mais em conta para esse tipo de investimento. A boa notícia é que as parcelas podem ser calculadas de acordo com sua economia na conta de luz. 

Confira a seguir quais os principais bancos que oferecem crédito para financiamento de energia solar!

Qual banco tem linha de crédito para energia solar?

Caixa

A Caixa é o principal banco que os brasileiros buscam quando pretendem fazer um financiamento, e utilizam especialmente a linha de crédito Construcard para financiar esse tipo de investimento.

A taxa de juros dessa modalidade é de 1,95% ao mês, e a parcela pode ser divida em até 240 vezes por pessoas físicas ou jurídicas.

o financiamento pela Caixa pode ser feito por meio do Construcard ou pelo programa Caixa Energia Renovável
o financiamento pela Caixa pode ser feito por meio do Construcard ou pelo programa Caixa Energia Renovável

A simulação pode ser feita no site do banco, e você pode avaliar qual o melhor valor de entrada para que as parcelas fiquem no valor da sua economia com seu sistema de energia solar.

No entanto, atualmente a Caixa lançou uma nova linha de crédito chamada de Caixa Energia Renovável, que garante o financiamento de até 100% do projeto de energia solar com taxas de juros de R$1,18% ao mês.

Santander

Outro banco que oferece crédito para energia solar é o Santander por meio do Santander Financiamentos, que pode ser dividido em até 60 vezes para pessoas físicas e jurídicas que sejam ou não correntistas.

A taxa vai variar de acordo com os prazos, entrada, valor total do financiamento e condições que o beneficiado escolher.

BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social possui crédito para grandes projetos de energia solar, e disponibiliza até 80% do valor total do investimento com uma taxa de 7,5% ao ano.

No entanto, a entrada deve ser de, no mínimo, 20% do valor total dos custos, tendo ainda a possibilidade de emissão de debêntures, onde o BNDES se compromete a adquirir até 50% do valor total.

com o financiamento do BNDES você consegue subsídio para até 80% do valor total do projeto
com o financiamento do BNDES você consegue subsídio para até 80% do valor total do projeto

Os debêntures são títulos de crédito representativos de empréstimos que uma empresa faz junto com outras empresas ou pessoas físicas, fazendo com que o financiamento seja mais vantajoso pelas taxas mais baixas.

Banco do Nordeste

O FNE Sol é uma linha de crédito para energia solar criada pelo Banco do Nordeste para micro e minigeração de energia solar para empresas, cooperativas, associações e produtores rurais da região e do norte do Espírito Santo e Minas Gerais.

As taxas variam de acordo com a modalidade escolhida pelo beneficiado, mas o financiamento pode ser dividido em até 144 meses sem necessidade de entrada, já que a FNL Sol financia até 100% desse tipo de obra.

SICREDI

A Sicredi também possui uma linha especial para quem deseja financiar energia solar, seja o beneficiado pessoa física ou jurídica. Nessa modalidade, as taxas variam entre 1-3% ao mês e o financiamento pode ser dividido em até 60 meses, de acordo com as análises de crédito e valor de entrada.

No site de um dos filiados da Sicredi, a BV financeira, é possível fazer uma simulação para avaliar a melhor taxa de juros, valor da parcela e entrada.

Desenvolve SP

Em São Paulo, o governo criou uma linha de financiamento à economia verde com a finalidade de reduzir até 20% da emissão de CO2 na cidade, e nesse projeto também está incluso o financiamento de sistemas de energia solar.

No entanto, essa linha só pode ser usada para pequenas e médias empresas que ficam na região, em parcelas de até 120 vezes com taxas de juros de 0,53% ao mês.

PRONAF

Com uma taxa de 2,5-5,5% ao ano, o Programa Nacional De Fortalecimento da Agricultura Familiar, que é voltada para pequenos agricultores, oferece uma linha de crédito para energia solar no valor de até R$300 mil, e o grande diferencial é que o agricultor só começa a pagar a primeira parcela depois de 3 anos da aquisição do crédito.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil também oferece crédito para quem deseja instalar energia solar fotovoltaica, e utiliza o Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT – para os investimentos. A taxa de juros do programa varia de acordo com a entrada e condições do financiamento, que pode ser dividido em até 72 meses com um limite de R$1 milhão para o valor do sistema de energia solar.

O Banco se limita a arcar com apenas 80% dos custos e só pode ser usado para empresas.

No entanto, o Banco do Brasil também oferece linhas de crédito para pessoas físicas por meio do programa BB crédito energia renovável, onde é possível financiar seu sistema de energia solar em até 60 meses e você pode começar a pagar somente depois de 180 dias de ter contratado a linha de crédito.

as taxas do financiamento pelo Banco do Brasil variam de acordo com a entrada e renda do beneficiado
as taxas do financiamento pelo Banco do Brasil variam de acordo com a entrada e renda do beneficiado

A taxa também depende das condições contratadas e do valor da entrada.

Banco da Amazônia

Com o intuito principal de estimular a energia solar no norte do país, a linha de crédito do Banco da Amazônia é feita para empresas de pequeno à grande porte, com uma taxa de juros que vai de 0,59% até 1,02% ao mês, que varia de acordo com o valor da entrada e também o tamanho da empresa. 

Nessa linha de crédito, é possível dividir o financiamento em até 144 meses, com a possibilidade de até 48 meses de carência.

Agora que você viu qual o banco que tem linha de crédito para energia solar, não deixe de fazer uma simulação para avaliar as taxas de juros e os valores de entrada, além do valor da parcela. Com isso, fica mais fácil verificar qual banco oferece a melhor condição para você, a fim de que a parcela do financiamento seja equivalente à economia gerada com seu sistema de energia solar.

Fique por dentro de como funciona o financiamento de energia solar no Brasil, e como esse modelo pode ser benéfico em sua residência ou empreendimento.

E pensando em facilitar a vida dos nossos clientes a Solfácil oferece hoje os melhores prazos e valores de financiamento do mercado.

Entre em nosso site e faça a sua simulação de financiamento de energia solar sem entrada no site da SolFácil de forma simples e rápida.

Temos uma linha de financiamento inovadora que te permite investir em um sistema de energia solar sem gastar nada a mais.

Posts Similares

Estórias Solares