O mercado de energia solar está sempre inovando e apresentando novos produtos, adaptações e possibilidades de aplicação dessa tecnologia. A mini placa solar é mais um equipamento lançado para diversificar as formas de uso da energia solar. Você já ouviu falar dela? 

O item funciona de maneira semelhante aos painéis solares convencionais, convertendo a luz do sol em energia elétrica. A principal diferença fica por conta da menor capacidade de geração de eletricidade, devido à pouca quantidade de células fotovoltaicas que a mini placa solar comporta. 

Confira mais detalhes sobre a mini placa solar e sua aplicação no artigo a seguir. 

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

O que é a mini placa solar e como ela funciona? 

Como seu próprio nome já sugere, a mini placa solar se trata de uma versão reduzida do painel solar convencional utilizado na formação de sistemas solares fotovoltaicos. Em conjunto com outros equipamentos que fazem parte do sistema, essas placas são responsáveis pela captação da energia do sol e geração de energia elétrica.

As minis placas solares funcionam como uma placa fotovoltaica tradicional!
As mini placas solares funcionam como uma placa fotovoltaica tradicional!

Independente do seu tamanho, as placas solares são compostas por células fotovoltaicas, que são responsáveis por transformar a luz do sol em energia elétrica através do efeito fotovoltaico. 

Esse efeito acontece quando um material semicondutor (como o silício, por exemplo, muito utilizado na fabricação de módulos fotovoltaicos) é exposto a algum tipo de radiação eletromagnética, como a luz solar.

Por terem tamanho reduzido, as mini placas também possuem menor quantidade de células fotovoltaicas em sua composição quando comparadas a um modelo tradicional. Os modelos grandes geralmente possuem entre 60 a 71 células, com potência de até 335 Watts, enquanto que sua versão mini pode ter algumas células apenas, com poucos Watts de potência.

Essas células são o principal componente dos módulos fotovoltaicos. Como são extremamente frágeis, precisam ser encapsuladas e protegidas em uma placa solar para diminuir sua exposição ao sol e às intempéries.

Os módulos de maior qualidade disponíveis no mercado contam com várias camadas de proteção e isolamento, proporcionando a proteção adequada às células em seu interior. 

Uma particularidade interessante deste item é que a energia gerada por ele alimenta diretamente o utensílio e/ou sistema ao qual está conectado. Os painéis solares convencionais não têm essa autonomia, pois dependem do inversor para que sua energia possa ser adaptada e utilizada em uma casa ou empresa.

Saiba mais a seguir sobre a utilidade da mini placa.  

Para quê serve a mini placa solar? 

Assim como os modelos maiores dos equipamentos de energia solar, a mini placa também representa uma boa alternativa de fonte renovável para obter eletricidade sem a emissão de gases de efeito estufa. Devido ao seu tamanho reduzido, no entanto, não é possível utilizá-la para alimentar uma edificação, como uma casa ou empresa.   

As minis placas solares podem ser consideradas portáteis!
As mini placas solares podem ser consideradas portáteis!

Enquanto as placas dos sistemas fotovoltaicos medem até 2 metros de comprimento e pesam cerca de 3 quilos, sua versão mini mede apenas alguns centímetros, pesando menos de 1 quilo. Por serem pequenas, têm também um custo bem mais em conta do que um painel solar comum. 

Em função do seu tamanho, são consideradas portáteis, e podem ser facilmente utilizadas para alimentar pequenas cargas com baixo consumo de energia. Essa versatilidade é um dos grandes diferenciais da mini placa solar em relação aos módulos fotovoltaicos tradicionais.

Sendo assim, servem para dispositivos como calculadoras de bolso, relógios, lanternas, câmeras, rádios e demais dispositivos portáteis. Quando combinadas com o uso de baterias, podem ser usadas para alimentar laptops e telefones celulares

São indicadas também para pequenas aplicações isoladas da rede elétrica, como para alimentar pequenas bombas d’água, sistemas caseiros de irrigação para jardins, luzes de emergência, entre outros.

Outra funcionalidade muito comum das mini placas é para o abastecimento de postes de iluminação pública. Nesse caso, elas funcionam em conjunto com sistemas de armazenamento que garantem seu funcionamento por até 3 dias sem sol. 

Na cidade de Campinas, no estado de São Paulo, as mini placas têm sido usadas para promover mais luz e segurança à população do Jardim Chapadão.

Tudo começou em 2017, quando a Praça Osvaldo Aranha foi reformada e a prefeitura optou por usar a tecnologia solar como fonte de energia para o seu novo sistema de iluminação pública. Assim, cada um dos 114 postes com lâmpadas LED que foram instalados no terreno foi equipado com uma mini placa solar. 

Mini placa solar portátil.
Mini placa solar portátil.

A energia gerada durante o dia pelas placas é enviada para um dispositivo de armazenamento através de cabos subterrâneos. Esse dispositivo conta com um timer para o acionamento e desligamento das luzes no momento adequado. 

Não é genial?! O projeto foi um enorme sucesso, e garante benefícios tanto para os moradores do bairro quanto para a própria prefeitura, que deixou de ter gastos com a eletricidade da praça, já que agora ela é totalmente abastecida com energia solar. 

Outro grande case de destaque das mini placas solares se deu em Maceió, quando um grupo de alunos de eletrônica do Instituto Federal de Alagoas decidiu usar o dispositivo para um projeto pioneiro nas praias brasileiras em 2018.

Placas de 20 centímetros foram acopladas a guarda-sóis, para assim gerar energia para alimentar telefones, tablets e demais equipamentos portáteis. 

A incidência dos raios solares nessa região do país é muito abundante. Sendo assim, as placas têm rendimento máximo durante o dia, gerando energia o suficiente para manter celulares e caixas de som portáteis carregados através de cabos USB disponíveis para quem precisa.

Como já é de se imaginar, o sucesso do projeto foi enorme, e o conceito tem a possibilidade de ser implementado nas demais praias do estado. 

Quais as vantagens e desvantagens desse equipamento?

Como já deu para notar, a mini placa solar não deixa nada a desejar em comparação às placas convencionais. São uma excelente fonte de energia limpa, renovável e gratuita, com produção totalmente silenciosa, manutenção quase nula e vida útil de cerca de 25 anos.

Uma mini placa solar pode ser útil em diversos momentos.
Uma mini placa solar pode ser útil em diversos momentos.

Além disso, são extremamente práticas, podendo ser utilizadas em praticamente qualquer lugar. Por terem tamanho reduzido, são mais fáceis de manusear e gerenciar do que os modelos tradicionais, além de serem mais versáteis.

São um utensílio interessante de se ter, principalmente para quem gosta de viajar, já que podem ser facilmente embaladas e transportadas para prover energia mesmo em locais remotos e sem acesso à rede elétrica.

Uma de suas desvantagens fica por conta de, assim como as demais placas solares, possibilitarem a geração de energia apenas durante o dia. Como são pequenas, possuem baixa eficiência na conversão da luz em energia, e por isso tem seu uso restrito à alimentação de cargas menores. 

Em comparação a outras formas de obtenção de eletricidade, as tecnologias para geração de energia solar oferecem vantagens diversas e por isso têm conquistado cada vez mais espaço no mercado. 

Melhor parceira do Integrador

Muito mais que um banco, somos uma empresa parceira e oferecemos um ecossistema completo de soluções para o integrador de energia solar.

A Solfácil é uma plataforma tecnológica para financiamento de energia solar feita para você, integrador. Em nossa plataforma, você poderá controlar todos os seus projetos de financiamento e homologação em processos bem definidos.

Tudo 100% digital, para que você, parceiro integrador, consiga vender cada vez mais.

Sendo nosso parceiro, você terá acesso a uma solução financeira robusta que vai ajudar a viabilizar totalmente os seus projetos, pois seu cliente sempre terá uma opção de economia imediata com prazos de até 120 meses.

Confira aqui o story do post!

Posts Similares

Estórias Solares