Se engana quem pensa que apenas a incidência solar deve ser considerada na hora de fazer um projeto fotovoltaico, pois há diversos outros fatores que precisam ser levados em conta. O vento é um dos aspectos que impactam na geração de energia e na fixação dos painéis solares, e por isso não deve ser ignorado. 

Quer entender melhor qual pode ser a interferência do vento sobre o painel do seu sistema fotovoltaico? Confira no artigo a seguir. 

Como os ventos impactam os painéis solares? 

Antes de realizar a instalação dos painéis solares, o vento é um dos fatores mais importantes a serem levados em consideração. Como as placas que compõem um sistema fotovoltaico são planas e sem vazão, a força dos ventos pode projetar um peso excessivo sobre elas, causando danos e comprometendo o funcionamento do sistema. 

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

Como são equipamentos desenvolvidos para ficarem expostos às intempéries, os painéis solares são pensados para ter resistência aos danos causados por causa do vento. Em geral, são dispositivos seguros e firmes o suficiente para sobreviver a eventos climáticos variados.

Entenda a ação dos ventos em relação as placas solares
Entenda a ação dos ventos em relação às placas solares

No entanto, o que realmente faz a diferença quanto ao vento quase nunca é o próprio painel. Na maioria dos casos em que o vento causa danos a um sistema fotovoltaico, isso se dá devido a vulnerabilidades na sua estrutura de fixação ou no telhado no qual os painéis estão montados. 

A estrutura instalada nos telhados ou mesmo no solo para acomodar os equipamentos de energia solar tem um papel fundamental de resistência contra as ações da natureza.

Quando o vento sopra através de um telhado que acomoda um sistema fotovoltaico, passa por um pequeno espaço que normalmente fica entre os painéis e o telhado (ou entre os painéis e o solo, quando o sistema é instalado no chão), gerando uma pressão sobre os painéis, que sofrem uma elevação. Esse fenômeno pode ser capaz de arrancar os painéis de suas estruturas de fixação ou, nos casos mais extremos, causar danos no próprio telhado.

Sendo assim, a estrutura que vai acomodar os painéis solares precisa ser medida e mensurada adequadamente, de modo que possibilite túneis de vento, sendo assim forte o suficiente para aguentar fortes rajadas e tempestades. 

Por isso é tão importante investir em uma estrutura de boa qualidade, com garantia de fabricação. Essa é uma maneira de se resguardar contra possíveis acidentes. Além disso, também é fundamental contar com uma empresa experiente no mercado para realizar a instalação. É preciso considerar a velocidade do vento na área onde será implementado o projeto, para que a estrutura mais adequada seja escolhida. 

Importância na qualidade da estrutura e fixação das placas solares
Importância na qualidade da estrutura e fixação das placas solares

Áreas que enfrentam furacões, por exemplo, precisam de um cuidado ainda maior, já que os ventos podem chegar a velocidades de até 300 quilômetros por hora. Tornados podem trazer velocidades ainda mais altas, ameaçando danificar os telhados e até mesmo os sistemas de energia solar montados no solo. 

Por todas essas questões, se faz necessário o entendimento de como os sistemas de energia solar se sustentam. Assim, é possível realizar um planejamento de forma a possibilitar certa flexibilidade no caso de eventos extremos capazes de danificar partes da rede elétrica. 

Como dito no início deste texto, há uma série de aspectos que precisam ser considerados na hora de realizar um projeto fotovoltaico. Além do vento, a inclinação dos painéis também precisa ser levada em conta. Confira a seguir porquê. 

A inclinação também deve ser considerada

Além de possibilitar espaço para os túneis de vento entre os painéis e o telhado, a estrutura de fixação e suporte também tem o papel de proporcionar a inclinação ideal para as placas. Assim, garante que elas consigam captar a maior quantidade de luz solar possível, aumentando a sua eficiência e geração de energia. 

Cada detalhe faz a diferença para uma instalação perfeita dos painéis solares
Cada detalhe faz a diferença para uma instalação perfeita dos painéis solares

A inclinação ideal das estruturas que servirão para acomodar os painéis fotovoltaicos varia de acordo com a latitude de cada localidade, e também quanto ao tipo de sistema fotovoltaico. 

A orientação do telhado e das estruturas também influência na captação do máximo de energia ao meio dia solar e horas próximas, que são os momentos de maior irradiação solar. Para saber como descobrir a orientação do telhado, clique aqui. Ou prossiga a leitura para conferir sobre as exigências segundo os códigos de construção. 

Importante considerar os códigos de construção

No caso de áreas com furacões frequentes, o governo local precisa implementar políticas para determinar um nível de durabilidade das estruturas que serão instaladas nos telhados das edificações. 

Importante observar as orientações de cada região, para uma maior durabilidade do equipamento
Importante observar as orientações de cada região, para uma maior durabilidade do equipamento

Em algumas regiões das Filipinas, Austrália e Mar do Caribe, por exemplo, os painéis solares devem ser instalados para suportar ventos de até 80 m/s. São lugares que a temporada anual de furacões traz ventos extremos.

Nesses casos, é fundamental que os profissionais que trabalham com a instalação de tecnologias solares testem os painéis e equipamentos de fixação, suporte e acomodação, para assim garantir que permaneçam ancorados ao telhado, mesmo ao enfrentar ventos de furacões. 

Isso mostra a importância de confiar o seu projeto fotovoltaico a uma empresa que considere as condições climáticas da região onde você mora. Esse tipo de informação não pode ser ignorada, do contrário pode colocar toda a instalação em risco. 

A maioria dos instaladores solares segue as diretrizes de engenharia definidas pelo governo em seu livro de padrões de cargas mínimas de projeto. Os códigos de construção garantem que os instaladores solares locais cumpram os padrões e cálculos nacionais de construção.

Além disso, cada tipo de cobertura precisa de uma estrutura de fixação adequada. Saiba mais a seguir.

Estruturas de fixação adequadas para cada tipo de telhado

As estruturas de fixação são tão importantes quanto as próprias placas solares. Tanto um quanto outro precisam ser escolhidos priorizando sua qualidade e resistência. O mau desempenho desses equipamentos pode invalidar o investimento realizado em prol da tecnologia para geração de energia solar.  

É extremamente importante confiar seu projeto a uma empresa responsável e competente
É extremamente importante confiar seu projeto a uma empresa responsável e competente

São responsáveis por fixar os módulos solares sobre o telhado, laje ou diretamente ao solo, oferecendo a resistência estrutural ideal ao sistema. Embora não estejam diretamente envolvidos na geração elétrica, os componentes da estrutura são uma das partes mais importantes de um sistema fotovoltaico.

Lembre-se que é a qualidade dessa estrutura que vai garantir que os seus painéis solares funcionem de maneira estável durante toda a sua vida útil, que geralmente é em torno de 25 anos.

Para cada tipo de telhado, há um suporte específico adequado para proporcionar segurança à sua placa. Pesquise a respeito e consulte a empresa responsável pela instalação do sistema fotovoltaico, certificando-se de adquirir as estruturas adequadas para garantir a melhor e mais segura fixação. 

É importante ter esses cuidados desde o início do projeto de energia solar, pois, como deu para notar, farão toda a diferença na garantia da durabilidade dos equipamentos como um todo. Sabendo da relevância disso para o seu sistema fotovoltaico, fica mais fácil exigir o serviço adequado e ideal para a sua realidade.

Energia Solar em sua Casa com Solfácil

Nós temos uma linha de financiamento revolucionária que permite que você troque o custo da sua conta de luz por um ótimo investimento em sistema de energia solar.

É isso mesmo! Temos uma rede de parceiros instaladores em todos os estados do Brasil que executam o projeto de energia solar em sua residência e você paga em até 144 parcelas com juros acessíveis. Tão acessíveis que a prestação mensal fica até 30% inferior à economia de energia que você tem com o sistema.

Confira aqui o story do post!

Posts Similares

Estórias Solares