Energia fotovoltaica X Aquecimento solar. O Sol é uma fonte de energia inesgotável, que felizmente tem sido cada vez mais explorada através de diversos tipos de tecnologias. Com o avanço científico, já é possível canalizar e transformar a energia dos raios solares em prol de facilidades do cotidiano, como para o aquecimento da água e produção de energia elétrica.

Ao entrar nesse assunto, é muito comum surgirem dúvidas a respeito das formas de captação da energia solar e suas aplicações. Confira no artigo a seguir a diferença entre energia fotovoltaica e aquecimento solar térmico. 

Energia fotovoltaica

Quando falamos em energia solar fotovoltaica, estamos nos referindo à conversão da energia solar diretamente para energia elétrica. Os módulos fotovoltaicos que compõem esse tipo de sistema convertem a energia dos fótons da luz do sol.

Veja porque usar a energia fotovoltaica
Veja porque usar a energia fotovoltaica

Esses módulos são conjuntos de células fotovoltaicas associadas em série e encapsuladas, responsáveis por transformar a luminosidade dos raios solares em energia elétrica. 

A energia dos módulos é gerada em corrente contínua e transportada para o inversor, que a converte em corrente alternada. Esse é o tipo de corrente de uso mais comum na maioria dos equipamentos elétricos residenciais, como máquina de lavar roupa, ventilador e liquidificador, entre outros. 

Se necessário, a energia gerada pelo sistema fotovoltaico pode ser consumida instantaneamente no local de sua instalação. Caso não tenha consumo, a energia excedente é injetada na rede da concessionária de energia, passando por um medidor que registra a energia que entra e a que sai da unidade consumidora.

Isso representa uma grande vantagem, pois a energia excedente é calculada e transformada em créditos.

Eles poderão ser usados quando o sistema não estiver gerando energia, quando a energia gerada não for suficiente para atender o consumo da residência ou, ainda, para desconto em contas de luz em outras propriedades com o mesmo dono e com a mesma distribuidora.

Agora confira a seguir como funciona o aquecimento solar

Aquecimento solar

O sistema de aquecimento solar é formado basicamente por um coletor solar e um reservatório térmico. Sua função é a de esquentar a água que é utilizada em casa, através de um procedimento que ocorre de forma simples.

A água fria que sai da caixa d’água é levada até o boiler por meio da tubulação, e depois para o coletor solar, que absorve a radiação térmica do sol em forma de calor, proporcionando o aquecimento da água. Quando a água já estiver aquecida, ela retorna ao reservatório térmico, onde fica armazenada para ser utilizada. 

Os aquecedores convencionais possuem um sistema de termossifão, que possibilita que a água aquecida (mais densa) seja “empurrada” pela água fria, promovendo facilmente a circulação do líquido. 

Esse processo de aquecimento é promovido por placas solares térmicas, geralmente instaladas no telhado para captar o calor do sol. Depois que isso acontece, o calor é transferido para a água que circula no interior das tubulações.  

Entenda como funciona o aquecimento solar
Entenda como funciona o aquecimento solar

O uso do aquecimento solar térmico em vez do chuveiro elétrico, por exemplo, pode reduzir drasticamente os gastos com consumo de energia, impactando diretamente na conta de luz. Vale lembrar que o chuveiro elétrico é um dos itens que mais consomem eletricidade nas residências. 

Qual a melhor tecnologia?

A principal diferença entre aquecimento solar e energia solar fotovoltaica está nas suas formas de aplicação.

O aquecimento solar tem o objetivo de aquecer a água, enquanto que a energia fotovoltaica foi desenvolvida para gerar energia elétrica para equipamentos e funcionalidades que dependem de eletricidade (o que pode incluir o aquecimento de água através de resistência elétrica). 

Quanto maior a radiação solar, maior será a quantidade de eletricidade produzida pelo sistema fotovoltaico, que poderá ser utilizada para o uso de qualquer tipo de aparelho elétrico. O seu pico de captação acontece em dias ensolarados, mas a energia continua a ser produzida também em dias nublados ou chuvosos.   

Ambas as tecnologias citadas neste artigo são destinadas a diminuir o impacto ecológico através de painéis de captação de luz e calor, aproveitando a fonte de energia solar.

No que diz respeito a vantagens, a energia fotovoltaica é uma solução mais completa, já que é capaz de gerar energia para qualquer equipamento, enquanto o aquecimento solar, como seu próprio nome sugere, tem uma função única e direcionada, que é a de aquecer a água.

A instalação de cada equipamento também tem suas particularidades. O sistema de aquecimento solar é uma instalação hidráulica caracterizado pela passagem de água aquecida em tubulações especiais (resistentes ao calor), revestimentos e sistemas de mistura de água quente e fria.

Se a residência não foi construída para receber um sistema de aquecimento solar, será necessário realizar uma obra para modificar a instalação das tubulações e dos misturadores de água, o que envolve, na maioria das vezes, quebrar paredes, teto e piso.

Além disso, os coletores solares térmicos trabalham com água em seu interior, e por isso são mais pesados. O reservatório térmico precisa ser instalado em um espaço adequado, e existem modelos que podem ficar acima do telhado da casa, o que costuma não ter um bom aspecto visual.

Entenda os benefícios dos tipos de energia solar
Entenda os benefícios dos tipos de energia solar

Já a instalação de um sistema solar fotovoltaico é elétrica e também engloba a instalação mecânica, por precisar da fixação dos módulos e do inversor, e é relativamente mais simples do que a instalação do sistema de aquecimento.

É possível instalar todos os cabos, de corrente contínua e alternada, e eletrodutos sem precisar quebrar as paredes do local. 

Para instalar um sistema solar fotovoltaico, não é necessário o uso de baterias, pois a própria rede é utilizada como uma espécie de bateria, dando estabilidade à utilização de energia na residência.

Esse aspecto também possibilita mais praticidade e uma economia muito grande com baixos custos de manutenção, já que não é necessário trocar baterias regularmente. Essas são apenas algumas das inúmeras vantagens dos sistemas fotovoltaicos on-grid.

Como pudemos ver, ambas as tecnologias possuem grandes vantagens relacionadas à economia e utilização de energia limpa e renovável, favorecendo a independência energética.

Se você pretende escolher uma delas para instalar em sua residência, é preciso avaliar o que de fato você procura. De qualquer modo, qualquer uma dessas opções vai revolucionar sua vida e o modo como sua casa funciona.

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares