Quem está habituado ao uso de ar-condicionado sabe o quanto esse equipamento é determinante para promover conforto e bem-estar nos dias mais quentes. No entanto, o funcionamento desses aparelhos exige um alto consumo de energia elétrica, o que acaba interferindo diretamente na conta de luz. 

Como já sabemos, a energia solar é uma das principais alternativas para obter economia nas faturas. Por conta disso, tem aumentado a busca por tecnologias que reúnam a praticidade dos aparelhos de ar-condicionado com a economia promovida pela energia solar. Confira mais detalhes no artigo a seguir! 

Como funciona um aparelho de ar-condicionado?

Esse equipamento funciona combinando as seguintes funções: ventilação, aquecimento, circulação, arrefecimento e filtragem do ar. O ar-condicionado possui um ventilador interno, que coleta o ar do ambiente e o faz passar por uma serpentina com temperaturas baixíssimas, onde o ar é refrigerado através da troca de calor. 

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

Com as altas temperaturas enfrentadas na maior parte do território brasileiro (sobretudo nos dias de verão), é comum que o uso desse aparelho aumente consideravelmente, o que significa um acréscimo significativo nas contas de luz. Sendo assim, ao mesmo tempo, em que confere conforto aos seus usuários, esse equipamento também representa uma preocupação quanto aos custos elevados na fatura no fim do mês.  

Como funciona um aparelho de ar-condicionado?
Como funciona um aparelho de ar-condicionado?

A quantidade de energia consumida por um aparelho ar-condicionado dependerá da sua potência, do tamanho do ambiente a ser refrigerado e, principalmente, do seu tempo de funcionamento. Em geral, o consumo desse equipamento pode ser calculado através da seguinte equação: 

Potência elétrica = Tensão nominal x Corrente nominal 

O resultado dessa equação deverá ser multiplicado pela quantidade de horas de funcionamento do aparelho. Mesmo que seja utilizado apenas nas horas de sono, por exemplo, o consumo médio de energia de uma residência pode mais do que dobrar. 

Para quem usa ar-condicionado com frequência em casa, o custo médio pode chegar a R$ 1.500 por ano, representando cerca de 12% do gasto total de energia doméstica. Esse equipamento tem um consumo de energia similar ao de um chuveiro elétrico, com a diferença de que tende a ficar ligado por muito mais tempo. 

Imagine a possibilidade de economizar a eletricidade consumida nos aparelhos de ar-condicionado. Considerando os dados informados acima, seria uma economia muito bem vinda, não é mesmo?! 

E não são apenas os custos financeiros do equipamento que são prejudiciais, mas também a sua alta demanda energética, que causa impactos muito negativos ao meio ambiente. Para se ter uma noção, o uso de energia elétrica para abastecer aparelhos de ar condicionado nos Estados Unidos contribui com a emissão, a cada ano, de cerca de 140 milhões de toneladas de dióxido de carbono na atmosfera.

Os números são impressionantes e motivo de preocupação mundial. Assim, é importante e urgente que os consumidores dos mais diversos tipos se dediquem a buscar formas alternativas de geração de energia, de modo a diminuir o impacto do consumo de energia na natureza.

Nesse cenário, a exploração de energia solar pode ser a solução. Mais recentemente, diversas empresas de tecnologia estão investindo na criação de aparelhos de ar-condicionado desenvolvidos para funcionar com energia solar. Confira a seguir alguns desses lançamentos curiosos. 

Ar-condicionado solar da LG

Em julho de 2010, a empresa LG lançou na Coréia do Sul um modelo de ar condicionado movido a energia solar. O modelo, denominado LG F-Q232LASS, se trata de um aparelho híbrido, ou seja, que funciona com energia solar e elétrica.

Ar-condicionado solar da LG
Ar-condicionado solar da LG

O aparelho possui um painel solar de 70 Watts, capaz de produzir apenas 3,5% da energia que o ar-condicionado consome, que é algo próximo a 2000 Watts. Como é de se imaginar, o propósito da LG ao desenvolver esse aparelho não é de fato gerar uma grande economia de luz ao usuário, mas sim divulgar as vantagens da energia solar e a preocupação da empresa com o meio ambiente. 

Esse aparelho não chegou a ser comercializado no Brasil, e já foi descontinuado nos países onde foi disponibilizado. 

Ar-condicionado solar da Gree 

Em 2015, a Gree lançou no Brasil a linha Inverter de aparelhos de ar-condicionado fotovoltaicos. A empresa tem apostado na energia solar com o objetivo de proporcionar um consumo reduzido para seus usuários. 

Ar-condicionado solar da Gree
Ar-condicionado solar da Gree

O foco principal da empresa se concentra na demanda de grandes centros comerciais, redes hoteleiras, hospitais, escolas, shopping, obras da construção civil, frigoríficos e indústrias.

Apesar de parecer uma boa opção de investimento nesses casos, os aparelhos da Gree não contemplam consumidores menores, como os residenciais e comércios de pequeno a médio porte. Qual a alternativa para esses casos? Confira no próximo item sobre o uso da energia solar fotovoltaica tradicional para abastecimento desse tipo de equipamento. 

É possível usar energia solar no ar-condicionado?

Essa é sim uma das muitas possibilidades de uso da energia solar fotovoltaica, que, além de ser econômica, é também muito prática e versátil. No entanto, para ter um aparelho de ar-condicionado movido somente à energia solar, seria necessária uma grande quantidade de painéis solares e de baterias, tornando o custo muito elevado.

Isso se deve ao fato desses aparelhos terem um alto consumo de energia. Além disso, o ar-condicionado é utilizado também em dias chuvosos e durante a noite, situações nas quais os painéis não conseguiriam suprir totalmente a sua demanda de energia.

Sendo assim, investir em energia solar exclusivamente para manter os aparelhos de ar-condicionado funcionando é uma solução considerada pouco viável financeiramente.  

A solução mais indicada para utilizar a energia solar na alimentação de um ar-condicionado é a instalação de um sistema fotovoltaico conectado à rede pública, com o objetivo de abastecer toda a demanda energética do imóvel, ou ao menos uma parte dela. Nesses casos, é possível obter até 95% de economia na conta de luz. 

É possível usar energia solar no ar-condicionado?
É possível usar energia solar no ar-condicionado?

Ao implementar um sistema solar fotovoltaico conectado à rede pública em sua casa ou empresa, também é possível garantir parte do abastecimento de energia necessário para o funcionamento dos aparelhos de ar-condicionado.  

Durante um dia de sol, os painéis solares atingem seu pico de energia devido à luz advinda dos raios solares. Nesse momento, sua produção de energia pode até suprir toda a demanda do aparelho de ar-condicionado, dependendo da potência do seu sistema fotovoltaico. No entanto, durante os dias de chuva ou à noite será necessário utilizar a energia da rede pública

Para empresas e comércios, que geralmente operam durante o dia, investir em energia solar fotovoltaica pode ser a solução perfeita para garantir economia nas contas de luz. Em dias quentes e com forte incidência solar, os painéis geram bastante energia, muitas vezes mais do que suficiente para suprir o consumo de energia.

O excedente é injetado para a rede da distribuidora, e retorna na forma de créditos energéticos, como desconto em sua conta de energia elétrica nas ocasiões em que os painéis solares não conseguem suprir a energia. 

É necessário usar créditos de energia solar em dias chuvosos e nublados
É necessário usar créditos de energia solar em dias chuvosos e nublados

O que se conclui disso tudo é que, como o consumo de energia de aparelhos de ar-condicionado é muito elevado, não compensa a instalação de um sistema fotovoltaico apenas para atender a sua demanda. Mesmo os aparelhos desenvolvidos para funcionar com energia solar não cumprem exatamente a sua função, já que a maior parte do abastecimento fica por conta da energia elétrica. 

Sendo assim, investir em um projeto fotovoltaico para atender todo o imóvel é uma excelente forma de reduzir o consumo de energia elétrica proveniente da rede pública, gerando descontos atrativos em sua conta de energia. Quer conferir mais vantagens sobre a energia solar? Clique aqui e fique por dentro.

Melhor parceira do Integrador

Muito mais que um banco, somos uma empresa parceira e oferecemos um ecossistema completo de soluções para o integrador de energia solar.

A Solfácil é uma plataforma tecnológica para financiamento de energia solar feita para você, integrador. Em nossa plataforma, você poderá controlar todos os seus projetos de financiamento e homologação em processos bem definidos.

Tudo 100% digital, para que você, parceiro integrador, consiga vender cada vez mais.

Sendo nosso parceiro, você terá acesso a uma solução financeira robusta que vai ajudar a viabilizar totalmente os seus projetos, pois seu cliente sempre terá uma opção de economia imediata com prazos de até 120 meses.

Posts Similares

Estórias Solares