O uso de aparelhos de ar-condicionado no Brasil é algo muito recorrente, sobretudo nos dias de verão. É uma solução válida para promover conforto e bem-estar nos dias mais quentes, mas ainda assim é motivo de preocupação devido ao seu alto consumo de energia e o impacto que isso gera nas contas de luz no fim do mês. 

Em função disso, a energia solar acaba sendo uma das soluções mais cogitadas para obter economia, inclusive para o abastecimento desse tipo de equipamento. Você sabia que o ar-condicionado também pode funcionar a partir da energia solar fotovoltaica?

Confira a seguir como o ar-condicionado funciona e como alimentá-lo com energia solar. 

Como é o funcionamento do ar-condicionado? 

Com as altas temperaturas enfrentadas sobretudo nos dias de verão no Brasil, o uso do ar-condicionado se torna recorrente, representando um acréscimo significativo nas contas de luz. Como esse equipamento é um dos motivos de preocupação quanto ao consumo de energia, vale a pena compreender como ele funciona para utilizá-lo de maneira mais consciente. 

Como é o funcionamento do ar-condicionado? 
Como é o funcionamento do ar-condicionado? 

O trabalho do ar-condicionado funciona a partir de algumas funções, sendo elas: ventilação, aquecimento, circulação, arrefecimento e filtragem do ar. O equipamento coleta o ar do ambiente por meio de um ventilador interno, que o faz passar por uma serpentina com temperaturas baixíssimas, onde o ar é refrigerado por meio da troca de calor. 

É através desse processo que o ar-condicionado tem condições de conferir conforto e bem-estar aos seus usuários, independente da estação do ano ou do horário do dia. Como se trata de um procedimento que requer um alto consumo de energia, acaba gerando custos elevados na fatura do fim do mês também. 

A quantidade de energia consumida por um aparelho como esses vai depender da sua potência, do tamanho do ambiente onde está instalado e, principalmente, do seu tempo de funcionamento.

Esse último aspecto é determinante, pois, para se ter uma noção, o consumo de energia de um ar-condicionado é similar ao de um chuveiro elétrico (que também é um grande vilão nas contas de luz), no entanto, tende a ficar ligado por muito mais tempo, geralmente durante horas a fio. 

O consumo de um ar-condicionado é similar ao gasto pelo chuveiro na temperatura quente
O consumo de um ar-condicionado é similar ao gasto pelo chuveiro na temperatura quente

Mesmo quando utilizado apenas nas horas de sono, por exemplo, o consumo médio de energia de uma residência pode mais do que dobrar. Para quem usa ar-condicionado com frequência em casa, o custo médio pode representar cerca de 12% do gasto total de energia doméstica. 

Por conta disso, a economia com o ar-condicionado através da energia solar parece ser uma boa opção. Mas será que isso é possível? Saiba mais no próximo tópico. 

É possível suprir o ar-condicionado apenas com energia solar? 

Levando em consideração o alto consumo de energia para alimentar os aparelhos de ar-condicionado, muitas pessoas cogitam investir em energia solar exclusivamente para abastecê-los. Mas será que isso vale mesmo a pena? 

Como estamos falando de um aparelho potente, que consome bastante energia e precisa de estabilidade para funcionar adequadamente, seria necessário realizar a instalação de pelo menos 7 painéis solares apenas para suprir o consumo de um único aparelho.

Além disso, seria preciso investir também em baterias para o armazenamento da energia excedente, permitindo o funcionamento durante a noite e em dias chuvosos. Assim, o ar-condicionado funcionaria exclusivamente a partir de energia solar.

Por conta do alto investimento envolvido, essa não é uma opção financeiramente viável. Qual seria, então, a melhor solução? Continue a leitura para descobrir. 

Qual a melhor solução para economizar com o ar-condicionado?

A energia solar fotovoltaica é, de fato, uma solução interessante para obter economia nas contas de luz de um local, seja comercial, residencial ou rural. Por que então não investir em um projeto fotovoltaico que contemple todo o imóvel? 

Qual a melhor solução para economizar com o ar-condicionado?
Qual a melhor solução para economizar com o ar-condicionado?

Optando por essa alternativa, você obtém uma série de vantagens. Para começar, o desconto nas faturas pode chegar a 95%, uma economia que pode ajudar a pagar as parcelas do sistema fotovoltaico. A energia solar serve para abastecer não apenas os aparelhos de ar-condicionado, mas todos os aparelhos eletrodomésticos e eletrônicos, em geral, além da iluminação e sistemas de segurança. 

Essa é também uma forma de gerar e usar energia de forma sustentável, já que não envolve a exploração de recursos naturais esgotáveis e também não gera resíduos no meio ambiente. Ao contrário do petróleo, por exemplo, que é um recurso que eventualmente irá se esgotar, a energia solar advém de uma fonte de energia constante e consistente, que é a luz do sol. Outra vantagem ecológica é o fato de que boa parte dos equipamentos fotovoltaicos podem ser reciclados. 

O sistema fotovoltaico é composto por itens que são de fácil e rápida instalação, ocupando pouco espaço e demandando pouca manutenção. Como não possui peças móveis, quase não há desgaste mecânico, e duram décadas com limpezas que podem ser realizadas anualmente pelo próprio usuário. 

Os créditos energéticos gerados a partir dos sistemas fotovoltaicos on-grid é outro ponto positivo, já que possibilita o desconto nas contas de luz. Quando os painéis solares geram mais energia do que a que é consumida, o excedente é injetado na rede pública e posteriormente abatido nas contas de luz, gerando uma economia ainda maior. 

Não é só o ar-condicionado que é o vilão da história
Não é só o ar-condicionado que é o vilão da história

Além do ar-condicionado, vale lembrar que há outros equipamentos que também consomem bastante energia em sua residência ou comércio, e que podem fazer bom uso da energia solar. Os principais deles são: 

  • Chuveiro elétrico;
  • Aparelhos ligados em stand by (como TV e micro-ondas);
  • Máquina de lavar roupa;
  • Fogão elétrico no estilo cooktop;
  • Geladeira e refrigeradores comerciais;
  • Luminárias e abajures.

Outro fator que justifica a instalação da energia solar no imóvel todo no lugar de usá-la apenas no ar-condicionado é a vida útil do sistema. Com um sistema fotovoltaico, você adquire uma tecnologia que possui durabilidade estimada entre 25 a 30 anos, ou até mais. 

Além disso, esse sistema tem um payback garantido, ou seja, todo o dinheiro investido retornará para você, já que a economia acumulada ao longo desses anos supera (e muito!) o valor investido. Considerando todo o investimento de compra e instalação e a manutenção simples que demanda, a energia solar acaba saindo mais barata do que a energia comprada da distribuidora de rede elétrica. 

Com tantas vantagens, a energia solar tem tudo para crescer cada vez mais e obter um número crescente de adeptos. A melhor parte é que seus benefícios não são restritos: incluem diversos tipos de consumidores e garantem o abastecimento de uma enorme variedade de equipamentos cujo funcionamento precisa de energia – incluindo, é claro, os aparelhos de ar-condicionado! 

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares