Apesar dos aumentos constantes na tarifa do sistema elétrico brasileiro, o alto consumo e desperdício de energia elétrica também são fatores que resultam em contas de luz mais pesadas para o bolso dos consumidores.

Quando o assunto é desperdício, está principalmente nas mãos das indústrias (as maiores consumidoras de energia do país) mudar seus hábitos e planejar as melhores formas de economizar energia.

Segundo a estimativa da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia (Abesco), entre os anos de 2015 e 2017 o desperdício de energia custou ao Brasil 61,7 bilhões de reais.

Além do fator financeiro, o uso inadequado da eletricidade tem impactos ambientais: o desperdício de energia elétrica faz com que recursos naturais fiquem sobrecarregados.

Confira a seguir quais são as possíveis causas de desperdício de energia em sua indústria, e as melhores práticas para evitar que isso aconteça.  

O que pode levar ao desperdício de energia? 

As indústrias são responsáveis por cerca de 40% da eletricidade consumida no Brasil.  Para minimizar os gastos, é importante avaliar propostas para eficiência energética nas indústrias.

Veja o que pode levar ao consumo excessivo de energia elétrica em indústria
Veja o que pode levar ao consumo excessivo de energia em sua indústria

Motores elétricos, refrigeração, ar comprimido e iluminação representam mais de 50% dos custos em energia elétrica da sua indústria, segundo informações da Confederação Nacional de Indústrias (CNI).

Além disso, também é importante ficar de olho nas esteiras em linhas de produção que carregam um número de produtos menor do que a sua real capacidade. Isso faz com que a máquina utilize praticamente a mesma energia para o trabalho de menor porte, reduzindo o desempenho da produção.

Prossiga para o próximo tópico para saber como evitar o desperdício. 

Como evitar o desperdício de energia elétrica na indústria?

Conforme vimos acima, motores, ar comprimido e iluminação estão entre os principais itens de uma produção que favorecem o desperdício de energia. Há algumas boas práticas que podem mudar esse cenário, de modo a fazer um uso mais consciente da energia elétrica e evitar o desperdício. 

Cuidados com os motores e máquinas

Com relação aos motores, é importante sempre verificar se eles estão funcionando entre 75% e 90% da sua potência nominal.

Isso é determinante para evitar o baixo fator de potência, que pode ser causado por vários motivos, como motores e transformadores superdimensionados, maquinários que operam “em vazio” ou com pequenas cargas e excesso de energia reativa capacitiva, entre outros.

Na maioria das vezes, o baixo fator de potência resulta em aumento na corrente total que circula nas redes de distribuição de energia elétrica. Isso pode prejudicar a estabilidade e as condições de aproveitamento dos sistemas elétricos, levando a perdas na rede, queda de tensão e cobranças de excedentes reativos.

Uma forma de manter um melhor controle sobre isso é adotar, sempre que possível, variadores eletrônicos de velocidade. Também conhecido como fonte de alimentação de frequência variável, esse equipamento é um conversor eletrônico de potência, que permite o controle da velocidade de rotação de um motor.

Ainda com relação aos motores, é fundamental realizar todas as manutenções preventivas no tempo adequado para evitar que as máquinas fiquem mal calibradas ou mal reguladas, o que também contribui com o desperdício de energia.

Cuidado com os motores e maquinas para que não venham a consumir mais energia do que o necessário
Cuidado com os motores e maquinas para que não venham a consumir mais energia do que o necessário

Além disso, dê prioridade para instalar as máquinas e motores em ambientes com ventilação e iluminação natural, diminuindo a necessidade do uso de lâmpadas e climatizadores. 

Sempre que possível, confira a necessidade do uso dos equipamentos. Mesmo quando estão em stand by, alguns equipamentos consomem bastante energia. Mantê-los ligados sem necessidade é um dos motivos recorrentes que podem levar ao aumento do consumo de energia elétrica.

Se determinada máquina não está sendo operada, não há necessidade de mantê-la ligada. 

Para evitar que isso aconteça, otimize os seus processos para que nenhum maquinário fique ligado e ocioso. Isso vale não apenas para a linha de produção, mas também para os setores administrativos, já que toda economia conta e pode fazer a diferença na conta de luz no final do mês.

Sempre que possível, atualize seus equipamentos, pois máquinas antigas e obsoletas também são uma fonte constante de problemas, desperdício de energia e gastos que poderiam ser evitados.

Investir em equipamentos novos, modernos e mais econômicos para o seu  chão de fábrica certamente pode trazer economia a longo prazo, com redução do número de manutenções, paradas e, claro, com um consumo de energia menor, garantindo maior produtividade. 

Atenção ao sistema de ar comprimido 

O próximo passo é atentar para as condições do ar comprimido. Revise periodicamente os ramais de distribuição do ar comprimido, eliminando ramais que não estão mais em uso. Mantenha os filtros sempre limpos, e verifique periodicamente as condições do compressor. 

Além disso, também é importante evitar variações de diâmetros e curvas em excesso no sistema. Com frequência, inspecione a rede de distribuição, procurando por vazamentos e eliminando-os. Por fim, verifique se a tomada de ar de admissão do seu compressor está fora da casa das máquinas. 

Uso consciente da energia elétrica na iluminação

Como já mencionado neste artigo, explorar a iluminação natural é uma das melhores saídas para evitar o desperdício de energia. É preciso aproveitá-la ao máximo, e há algumas formas que facilitam essa prática. 

Pinte os ambientes internos de cores claras, pois isso diminui a necessidade do uso de iluminação artificial. O mesmo vale para os equipamentos, móveis e demais objetos que fazem parte do ambiente, que preferencialmente também devem ser de tons claros.

Instale domus de iluminação, que também ajudam a favorecer a incidência da luz solar no local e têm um desempenho consideravelmente superior às janelas. 

Uso de opções que ajudam na iluminação do ambiente, e dispensem o uso de energia
Uso de opções que ajudam na iluminação do ambiente, e dispensem o uso de energia

Para o consumidor (especialmente empresas do setor industrial, onde as lâmpadas chegam a ficar acesas continuamente por cerca de 12 horas diárias), é importante optar por modelos mais econômicos, sustentáveis e duráveis. Substitua as lâmpadas pelos modelos de LED, que têm até 50 mil horas de vida útil. 

Mas se você deseja ter uma economia ainda mais significativa nas contas de luz da sua empresa, a solução ideal está no investimento de energia solar. Essa é uma excelente forma de reduzir as despesas com energia elétrica em indústrias, já que a energia solar é capaz de suprir até mesmo as grandes demandas. 

Vale pontuar que essa tecnologia exige um grande investimento inicial, mas o custo-benefício compensa. Como a economia nas contas de luz é cumulativa, possibilita o retorno financeiro com apenas alguns anos de uso.

Para conseguir um resultado ainda melhor, invista em equipamentos de boa qualidade, e garanta o bom desempenho do seu sistema fotovoltaico por pelo menos 25 anos.  Além da economia nas contas de luz, a energia solar diminui o uso dos recursos naturais, sendo uma forma de gerar energia limpa, sustentável e ecológica.

Atualmente, é possível obter um sistema fotovoltaico a partir de linhas de financiamento oferecidas por diversos bancos. Para conhecer melhor os benefícios da energia solar para o setor industrial.

Energia Solar em sua Indústria com Solfácil

Nós temos uma linha de financiamento revolucionária que permite que você troque o custo da sua conta de luz por um ótimo investimento em sistema de energia solar.

É isso mesmo! Temos uma rede de parceiros instaladores em todos os estados do Brasil que executam o projeto de energia solar em sua indústria e você paga em até 144 parcelas com juros acessíveis. Tão acessíveis que a prestação mensal fica até 30% inferior à economia de energia que você tem com o sistema.

Story referente ao post

Posts Similares

Estórias Solares