A energia solar por assinatura surge como uma alternativa mais acessível para possibilitar a exploração desse tipo de tecnologia por parte também de quem não possui condições financeiras para investir em um sistema fotovoltaico próprio.

Mesmo com o crescimento do setor solar no Brasil, implementar um sistema como esses ainda sai por pelo menos 15 mil reais. 

Confira no artigo a seguir como está o cenário atual de energia solar no Brasil e como funciona a energia solar por assinatura. 

Como é o setor de energia solar no Brasil?

A regulamentação do setor e a promoção de incentivos fiscais por parte do governo fizeram com que a procura por projetos fotovoltaicos tenha aumentado muito nos últimos anos.

Os sistemas fotovoltaicos estão tendo uma maior procura, principalmente energia solar por assinatura
Os sistemas fotovoltaicos estão tendo uma maior procura

Atualmente, a geração de energia solar própria já alcançou a marca de 6 gigawatts de potência no Brasil, segundo informações divulgadas pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

A crise hídrica atual é provavelmente uma das principais justificativas para explicar esse aumento na procura por tecnologias alternativas para produção de energia elétrica.

O risco de racionamento de energia e a inconstância no valor das contas de luz são fatores que causam muita apreensão nos lares brasileiros. E é nesse contexto que entra a energia solar, como uma solução viável para evitar esse tipo de inconveniência. 

Levando em conta que a implementação de sistemas fotovoltaicos individuais ainda exige um investimento elevado, os planos de assinatura de energia solar se mostram muito atrativos.

Essa é uma forma de democratizar o acesso a esse tipo de tecnologia, em simultâneo, em que contribui com a diminuição significativa de poluentes no meio ambiente.

No entanto, essa opção ainda não se encontra presente em todos os estados do nosso país. Em São Paulo, por exemplo, ainda não é possível contar com esse serviço, mas tudo indica que esse cenário deve mudar em breve, pois o setor está em constante desenvolvimento e evolução. 

Continue a leitura para compreender o funcionamento dos planos de assinatura de energia solar.

Como funciona a energia solar por assinatura?

O setor solar está constantemente investindo em novas formas de geração e compartilhamento de energia, como é o caso dos planos de assinatura. As empresas que oferecem esse tipo de serviço atendem residências, comércios e indústrias, com a proposta de promover economia e sustentabilidade. 

Os planos de assinatura funcionam a partir dos créditos obtidos pelas fazendas solares. A assinatura é feita no momento em que o usuário aluga uma parte de uma fazenda ou empreendimento solar, e com isso passa a ser favorecido com os benefícios da geração de energia diretamente na sua fatura. 

As fazendas solares comercializam a energia gerada para as distribuidoras de energia, repassando parte dos créditos para os consumidores que possuem assinatura.

Está cada vez mais comum ver fazendas de energias
Está cada vez mais comum ver fazendas de energias

A energia solar possui um custo consideravelmente inferior ao da energia hídrica, por exemplo, e isso possibilita que os planos de assinatura sejam mais em conta do que o abastecimento realizado por hidrelétricas.

Os empreendimentos que oferecem o serviço, constroem fazendas solares em locais com altos índices de insolação para aproveitar todo o potencial dos raios solares.

A energia produzida é injetada diretamente na rede da distribuidora de energia, por meio de consórcios ou cooperativas que serão beneficiados com a compensação da energia gerada diretamente nas contas de luz dos seus associados. 

Uma das maiores vantagens em aderir a esse formato é que o consumidor não precisa realizar investimentos nem se preocupar com as manutenções. Assim, aproveita o que há de melhor na energia solar, obtendo uma economia que varia entre 5% a 22% nas faturas de luz.

Os planos de assinatura são uma das formas possíveis de exploração da geração compartilhada, modalidade reconhecida na Resolução Normativa nº 687 de 2015 da Agência Nacional de Energia  Elétrica (ANEEL).

Estimativas apontam que esse formato evita a emissão de milhares de toneladas de gases que causam o efeito estufa, além de promover uma economia de milhões de reais ao ano. 

Prossiga para o próximo tópico para relembrar outras vantagens envolvidas na geração de energia solar. 

Quais são as vantagens de investir em energia limpa?

A redução no valor da conta de luz é, sem dúvidas, um dos maiores atrativos a favor da energia solar, seja para quem prefere instalar seu próprio sistema em seu imóvel, ou para quem opta pelos planos de assinatura.

Essa forma de geração de energia promove mais estabilidade quanto aos valores nas faturas mensais, podendo chegar em uma economia de até 95% do valor total da conta. 

O fato de ser uma alternativa ecologicamente consciente é outro fator importante. A energia solar não causa danos ao meio ambiente nem libera resíduos. Acaba saindo na frente em comparação às demais formas de geração de energia, como as hidrelétricas e as termelétricas, por exemplo.

A praticidade na geração de energia solar também é algo que deve ser levado em consideração. Esse tipo de tecnologia requer pouca manutenção, feita a cada seis meses ou anualmente, principalmente como forma de prevenir danos aos equipamentos.

A manutenção deve ser feita poucas vezes no sistema de energia solar por assinatura
A manutenção deve ser feita poucas vezes

Mas essa é uma preocupação para os consumidores que preferem investir para ter seu próprio sistema fotovoltaico. Quem adere aos planos de assinatura não precisa se preocupar com isso. 

Além de exigir uma manutenção mínima, o projeto fotovoltaico possui alta durabilidade, com vida útil de em média 25 a 30 anos. Seus equipamentos resistentes são feitos para suportar a luz do sol, chuvas, ventos e demais adversidades sem que isso prejudique a geração de energia. 

Quem escolhe implementar um sistema em sua residência ou empresa usufrui de uma vantagem única, que é a valorização do imóvel. Investir em energia renovável é uma das formas mais rápidas e simples de modernizar qualquer edificação.

No caso do sistema fotovoltaico, conta com equipamentos de alta tecnologia, deixando a construção com um visual mais moderno e revolucionando o consumo de energia no local. Após a instalação, o imóvel tem valorização imediata, pois garante certa autonomia energética, atraindo assim a atenção dos compradores. 

Todas essas vantagens e facilidades contribuem com o crescimento do setor no país, consequentemente aumentando a capacidade instalada para geração de energia solar em todo o território brasileiro. Essa tecnologia se tornou um grande diferencial competitivo para pequenas, médias e grandes empresas, que já se beneficiam do uso da energia solar. 

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares