Diante do contexto de crise hídrica e altas tarifas nas contas de luz, a energia solar fotovoltaica se tornou uma solução muito procurada por consumidores que desejam reduzir seus gastos com eletricidade e ficar livres da oscilação das bandeiras tarifárias.

Assim sendo, a demanda por projetos fotovoltaicos está crescendo exponencialmente no Brasil, dando abertura para o desenvolvimento do mercado de energia solar e a abertura de novas empresas no ramo. Só em 2021, foram mais de R$ 20 bilhões de investimentos, tornando esse setor um dos mais promissores para quem deseja abrir um novo negócio com grandes chances de faturamento.

O mercado de energia solar é bastante promissor
O mercado de energia solar é bastante promissor.

Também chamadas de integradoras, as empresas de energia solar fotovoltaica são especializadas na realização de projetos para residências, comércios, empresas, propriedades rurais, indústrias, etc.

Realizam todas as etapas envolvidas na instalação dos sistemas, como vistoria do local, dimensionamento segundo os padrões de consumo do cliente e homologação junto à distribuidora de energia. 


Confira a Live de MKT Digital para o Integrador


Confira no artigo a seguir o que você deve fazer para abrir sua empresa de energia solar de maneira legal. 

Invista em um bom curso de energia solar

Antes mesmo de começar a trabalhar com energia fotovoltaica, é importante focar em adquirir os conhecimentos principais da área. Para isso, invista em cursos e treinamentos com enfoque em geração de energia solar.

Comece pelos módulos mais básicos e introdutórios para construir uma boa base teórica sobre o tema. Em seguida, você pode fazer um curso para instalação de sistemas fotovoltaicos, já que essa provavelmente será uma das principais atividades da sua empresa.

Por fim, faça um curso voltado para o desenvolvimento de projetos, tendo em mente que o planejamento e o dimensionamento de energia solar serão algumas das operações que farão parte da sua rotina. 

Invista em um bom curso de energia solar
Invista em um bom curso de energia solar.

Essas são as três perspectivas primordiais para trabalhar com energia solar, que te darão entendimento e autoridade o suficiente para abordar o assunto com seus futuros clientes

A teoria é imprescindível em qualquer área, mesmo nas mais técnicas, mas também é importante que esteja sempre associada à prática. Por isso, durante a sua  formação, busque oportunidades para acompanhar a implementação de um sistema de energia solar, assim terá uma melhor noção de como aplicar os conhecimentos adquiridos. 

Mesmo depois que sua empresa já tiver sido criada e até quando ela conquistar reconhecimento e uma boa reputação no mercado, é preciso ter em mente que a capacitação é uma necessidade constante.

As tecnologias empregadas estão em constante transformação, por isso, mesmo após obter uma formação sólida, procure sempre por atualizações na área e mantenha-se atualizado a respeito. Clicando aqui você pode conferir nossa seleção especial dos melhores cursos em energia solar. 

Informe-se sobre a regulação atual 

Para abrir uma empresa de energia solar, é indispensável estudar sobre as regulamentações que regem o setor e seus profissionais.

As empresas de instalação de energia solar operam sob a modalidade da Geração Distribuída (GD), regulada principalmente pelas Resoluções Normativas 482 de 2012 e 687 de 2015 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Mais recentemente, também entrou em vigor o novo marco legal da energia solar, previsto na Lei 14.300/22.

Informe-se sobre a regulação atual 
Informe-se sobre a regulação atual. 

Todo profissional atuante no setor de energia solar precisa necessariamente estar a par dessas legislações, pois elas definem os procedimentos, prazos e demais requisitos para a conexão dos sistemas fotovoltaicos à rede e seu funcionamento seguro e eficaz.

Vale lembrar que existem diversas outras legislações a serem observadas por quem trabalha com energia elétrica. Portanto, fique atento aos demais requisitos e leis.

Providencie uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART)

Se você é engenheiro, já está familiarizado com o termo acima. Mas se essa não é sua formação, será preciso contratar um profissional de engenharia elétrica para abrir a sua empresa de energia solar. Isso pode ser realizado em regime CLT ou por meio de um contrato de prestação de serviços. 

O engenheiro elétrico é geralmente o responsável técnico pela elaboração do projeto fotovoltaico. Mais recentemente, os técnicos em eletrotécnica também passaram a ter seu documento (chamado de TRT – Termo de Responsabilidade Técnica) aceito para assinar os projetos. Além disso, também migraram para uma nova entidade da classe, o Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT). 

Qual passo a passo para abrir a minha empresa de energia solar?
Qual passo a passo para abrir a minha empresa de energia solar?

Técnico ou engenheiro, cabe ao profissional responsável assinar o projeto e falar em nome da empresa, o que é comprovado por meio da ART ou TRT. Esse tipo de documento é necessário para dar início à homologação do sistema de energia solar junto à distribuidora de energia local.

A principal diferença entre técnico e engenheiro nesse segmento é com relação à potência dos projetos que serão desenvolvidos por esses profissionais.

O técnico pode projetar e executar projetos de energia solar de até 800 kVA, enquanto que os engenheiros eletricistas não respondem a um limite de potência para sua atribuição. Sendo assim, é preferível que a empresa seja aberta por um engenheiro, de modo que não precise limitar o tamanho dos seus projetos. 

Faça o registro da empresa

Depois que abrir sua empresa de soluções para energia solar, é hora de registrá-la perante o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) da sua região. 

Segundo a Lei Federal nº 5.194/66 e a Resolução nº 336/89 do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), esse registro é obrigatório à “pessoa jurídica que se constitua para prestar ou executar serviços e/ou obras ou que exerça qualquer atividade ligada ao exercício profissional da Engenharia e outras áreas tecnológicas fiscalizadas pelo Sistema Confea/Crea”.

Faça o registro da sua empresa
Faça o registro da sua empresa.

Além disso, a empresa também deve ser registrada na Junta Comercial do Estado e inscrita na Secretaria da Fazenda, na Receita Federal e na prefeitura do município de atuação. Atente para as etapas e requisitos de cada um desses processos, pois cada localidade tem suas particularidades em relação às documentações.

Uma vez que sua empresa esteja regularizada, é hora de ir atrás de potenciais clientes e colocar a mão na massa. Para um negócio ter sucesso, é preciso colocar em prática algumas estratégias comerciais e administrativas importantes. Confira a seguir outras recomendações que farão toda a diferença para a sua empresa receber o devido reconhecimento no segmento de energia solar. 

Outras dicas para obter sucesso com sua empresa 

Para que sua empresa cresça e se desenvolva, é importante adotar algumas estratégias. 

Antes de tudo, certifique-se de manter sua concorrência à vista. Verifique quais são as principais empresas atuantes no setor da sua cidade ou região, entenda como funcionam e analise suas competências.

Aprenda com quem já está no mercado de energia solar
Aprenda com quem já está no mercado de energia solar

Procure identificar as falhas dos outros negócios de modo a aprender com elas, e investigue quais as principais necessidades e dúvidas dos clientes. A partir disso, você pode elaborar diferenciais interessantes para a sua empresa, garantindo a oferta de serviços mais eficientes

Além disso, também é importante adquirir conhecimento sobre o mercado de energia solar. Busque estar sempre por dentro das inovações do setor, invista na melhor capacitação para a sua equipe de trabalho e saiba quais são as últimas tendências procuradas pelos consumidores. 

Outra dica que fará toda a diferença é investir na presença online do seu empreendimento, com a criação de um website e perfis nas principais redes sociais. Reflita em quais plataformas digitais estão os clientes que você deseja alcançar, e use essa informação como um ponto de partida.

O site da sua empresa precisa ser bonito, de fácil navegação e com um bom desempenho. Se você não leva jeito, contratar uma agência de publicidade pode ser uma boa pedida. 

As parcerias também são um importante caminho para obter sucesso, e a Solfácil pode ser uma valiosa aliada nesse processo. Somos uma plataforma de financiamento totalmente online, projetada para você vender ainda mais. Clique aqui e saiba o que fazer para se tornar nosso parceiro. 

Posts Similares

Estórias Solares