Uma triste realidade do brasileiro é saber que o chuveiro elétrico é um dos grandes vilões na conta de eletricidade: imagina como sobreviver ao inverno sem o aparelho na hora dos banhos?

Felizmente, considerando a forte demanda do público, muitos fabricantes de eletrodomésticos começaram a desenvolver modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia. E aqui você conhecerá alguns deles.

O dilema de todos os invernos é quase o mesmo na casa da maior parte dos brasileiros: tomar ou não banho de água quente? Embora a resposta para a pergunta pareça simples — e bem óbvia — os ajustes nas contas de luz estão fazendo com que as pessoas deem uma pensada a mais antes de ligar a água quente do chuveiro. 

Sabendo que é uma delícia tomar banhos quentes no inverno, muitos fabricantes começaram a desenvolver um produto que atendesse à demanda do mercado. Mas, apesar dos prazeres, as contas de luz começaram a pesar bastante, fazendo com que muitas pessoas começassem a desenvolver um peso na consciência ao girar a torneira.


Confira a Live de MKT Digital para o Integrador


Considerando todas as mudanças socioeconômicas, muitas marcas, então, decidiram comercializar modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia que os demais aparelhos já disponíveis: assim, tentando satisfazer um mercado ávido pela tecnologia de uso no inverno, mas que também fosse consciente quanto ao gasto de energia.

Neste post, você vai conhecer alguns modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia, além de compreender como os chuveiros elétricos podem ser vilões da conta de luz e medidas que vão ajudar você e seus familiares a economizarem ainda mais. Continue para ler mais!

Por que o chuveiro elétrico consome tanta energia?

Em qualquer lar, o chuveiro elétrico pode ser, facilmente, um dos aparelhos que mais contribui com o valor geral da conta de energia. Isso porque, segundo estimativas, seu uso é responsável por até 30% do valor gasto com eletricidade. Isso acontece, pois, o aparelho vai demandar de muita potência para aquecer água — recurso bastante utilizado durante um banho.

Sem contar que, dependendo do modelo e do tempo de utilização, o chuveiro elétrico é capaz de ultrapassar até mesmo o consumo de energia de um equipamento de ar-condicionado, que são muito mais robustos e utilizados por uma duração de tempo maior, por exemplo.

Já nos períodos mais frios e de inverno, mencionados anteriormente, o aumento no consumo de energia elétrica por meio do aparelho pode inflacionar os valores mensais com eletricidade ainda mais, pois, banhos com águas mais quentes faz com que o chuveiro regule a passagem da corrente elétrica e gastam mais energia durante o processo de aquecimento da água.

O quanto você gasta de energia elétrica com o chuveiro?

Em primeiro lugar, é importante afirmar que a potência de um chuveiro elétrico vai variar conforme a sua utilização. No “modo inverno”, utilizado nos períodos mais frios do ano, por exemplo, é comum que o seu uso consuma entre 4,5 mil a 6 mil watts. Enquanto isso, no modo “verão”, seu uso diminui de 2,1 mil a 3,5 mil watts.

banho de chuveiro
Há uma grande variedade de chuveiros comerciais, que podem apresentar potências variadas, mas a mais utilizada é geralmente a de 5.400 Watts (W).

Considerando os valores acima, em seguida, vamos calcular o consumo dos aparelhos considerando a hora/gasto. Ou seja, pegamos os valores de consumo de acordo com a potência dos aparelhos e dividimos por 1000. Logo depois, utilizamos a seguinte regra:

Consumo = (potência em watt/1000) x (tempo) número de horas = total em KWh

Ou seja, será necessário dividir por mil e depois multiplicar o resultado pelo número total de horas de utilização do chuveiro elétrico. Um exemplo para resumir melhor:

Suponhamos que o seu banho seja tomado com um chuveiro elétrico com potência de 5.500 W durante duras horas. Ao todo, ele consumirá o valor de 11 kWh, resultado da equação 5.500w/1000 X 2 = 11 kWh.

Uma forma de impedir um gasto tão absurdo com um simples banho é adquirir um dos modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia.

Leia também: Como economizar energia no chuveiro elétrico?

Conheça 10 chuveiros elétricos que consomem menos energia

Buscar um chuveiro elétrico é quase obrigatório durante o inverno. O problema é que o uso excessivo do aparelho vai comprometer — e muito — o valor da sua conta de luz. Estimativas e estudos indicam que o aparelho é responsável por 25% a 35% do valor total referente a uma conta de eletricidade. 

mulher tomando banho com chuveiro elétricoSSUCv3H4sIAAAAAAAEAJ2QzW7DIBCE75X6DhZnW8IQu6GvEvWwgZWLSkwFOFUU+d3DnyXOvTHf7ACzz/e3riNX8FqSz+6ZVNTamM0HB0HbNWLaV45KB+s0mAQT27NDfICwefTpiookBFzibIE1f7xzKbo7jGzGRLQI6Rvmt2tmB9r7fyfL4euoAguu8pE/3BRxaBBKkUsZJT9/Ad2trXbXCm2jYVPaNi3vVoJJAd7c/Ou01OvSxGz4RtduLK7c3hqw2pB/UosRFVea5MhHxinlM+MnJtg80jqgVbLZh5gEVXRQKNhwwokNME/ngYnxjIxGh05xLfsLttPLJvsBAAA=
Como o chuveiro elétrico está entre os eletrodomésticos que mais consomem eletricidade em uma residência, é importante considerar a possibilidade de aderir a alguns novos hábitos para evitar os altos valores da conta de luz.

Contudo, o mercado disponibiliza modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia comparado com os mais tradicionais ou os facilmente encontrados nos lares. Mas antes que você pense que basta adquirir um dos modelos para esbanjar nos banhos, não é bem por aí!

Os aparelhos que selecionamos são seguros e contam com certificações do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e do Selo Procel, garantindo a sua economia nos banheiros, mas, como qualquer outro aparelho eletrônico, seu uso exagerado vai acabar influenciando no valor da conta de luz.

Chuveiros elétricos que consomem menos energia: o que faz um chuveiro ser econômico?

Antes de apresentarmos os dez modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia, é importante ressaltar que, para montar essa seleção, tivemos que considerar alguns fatores responsáveis por tornar as escolhas coerentes e dignas de indicação, como, por exemplo, a potência de cada aparelho. 

mulher tomando banho de chuveiro freepik
Não é à toa que o chuveiro elétrico é considerado o terror da conta de luz. Ele é o principal equipamento quando o assunto é consumo de energia residencial, já que é utilizado todos os dias e por todos os integrantes da casa. No inverno, então, a tendência é que os banhos sejam mais quentes e mais longos, o que pode interferir no consumo final. 

Diferente do que muitos costumam pensar, a potência será muito mais importante durante o consumo de energia do que a voltagem do aparelho (seja de 127v ou de 220v — contudo, é importante ressaltar que, entre essas duas opções, a de 127 será menos potente no aquecimento da água). O importante é ter em mente que, quanto maior a potência de um eletrodoméstico, maior será o seu gasto energético. 

Porém, existem outros fatores que vão interferir diretamente no consumo de energia, como a quantidade de banhos que uma pessoa tomar por dia ou a duração de cada um deles, além da demora do aparelho em aquecer a água. No geral, indicamos aparelho com potência média e um mecanismo de aquecimento eficaz, além de outras orientações básicas, como a adoção de banhos conscientes e o uso do aquecimento apenas quando necessário.

A seguir, conheça 10 modelos chuveiros elétricos que consomem menos energia.

1. Chuveiro Lorenzetti Acqua Duo Ultra

Uma das marcas mais disputadas do mercado de chuveiros elétricos, a Lorenzetti disponibiliza o o modelo Acqua Duo Ultra — também uma das opções mais procuradas entre os adeptos dos banhos quentes. Com design elegante, o modelo chama atenção por oferecer um jato dois em um: ducha e chuveiro. 

Chuveiro elétrico Lorenzetti Acqua Duo Ultra
Um dos grandes destaques do Chuveiro elétrico Lorenzetti Acqua Duo Ultra é a dispensa do uso de um pressurizador. (Créditos da imagem: Lorenzetti/Divulgação)

No modo ducha, o jato de água é mais concentrado e forte. Enquanto no modo chuveiro, o jato permite que você tenha um banho muito intenso, mas, ao mesmo tempo, de forma leve e com maior alcance.  A potência do chuveiro de 127 Volts é de 5500 W, enquanto o modelo de 220 Volts conta com os de 6800 W e 7800 W — que podem elevar a temperatura do banho de 31,9 °C e 36,8 °C.

Outros grandes destaques do Acqua Duo Ultra são: a dispensa de necessidade do uso de um pressurizador (bomba para aumentar a pressão da água), disponibilidade em diferentes cores, compatibilidade com o aquecimento solar, comando eletrônico de temperaturas, haste de ajuste e boa elevação máxima de temperatura. 

2. Ducha Eletrônica Corona Flex

Desenvolvida pela marca Corona visando proporcionar bem-estar na hora do banho — mas sem impactos muito graves às contas de luz —, a ducha Flex Eletrônica é capaz de oferecer banhos quentes com qualidade e conforto aos seus usuários.

Ducha Eletrônica Corona Flex
A Ducha Eletrônica Corona Flex oferece multitemperaturas na hora do banho. (Créditos da imagem: Corona/Divulgação)

Seu sistema inteligente também ativa a resistência, em casos de falta de água quente proveniente de outras fontes de aquecimento, seja a gás ou energia solar, no chuveiro. O tipo de chuveiro multitemperatura tem potência de 6500 W, é composto por 90% de plástico e 10% de metal, e possui pressão de funcionamento máxima de 40 MCA.

Além disso, ele acompanha mangueira com ducha manual, é compatível com sistema DR, possui resistência de troca rápida e independentes, e se mantêm protegido contra super aquecimento e choques.

3. Chuveiro Elétrico Lorenzetti Top Jet Turbo

Outro modelo da marca Lorenzetti, o Top Jet Turbo oferece um dos melhores custo-benefício do mercado para chuveiros elétricos. Ele dispõe de um controle eletrônico de temperatura, possibilitando um ajuste do aquecimento de água de forma precisa e gradual — sem mudanças abruptas ou necessidade de desligar o equipamento para retornar à temperatura original.

Chuveiro eletrônico Top Jet Turbo 7500W 220V branco Lorenzetti
Chuveiro eletrônico Top Jet Turbo conta com haste de comando para facilitar seu manuseio. (Créditos da imagem: Lorenzetti/Divulgação)

Quanto ao seu caráter de economia de energia, o Top Jet Turbo possui em resistência tem formato de refil, que pode ser facilmente instalada, e está disponível nas seguintes potências: 5500W (127V) ou 6800W e 7500W (220V). Sem contar que ele possui apenas 28 centímetros de profundidade, não ocupando muito espaço no box do banheiro (ideal para ambientes muito apertados).

Outros destaques do Top Jet Turbo são: compatibilidade com aquecimento solar e a presença de uma haste de comando.

4. Hydra Fit Eletrônica Branca

Presença marcante no portfólio da Hydra, a ducha Fit Eletrônica conta com um espalhador médio projetado para quem gosta de bons banhos com a quantidade certa de água — visando evitar o desperdício. Ela também possui um sistema de controle de temperatura totalmente eletrônico que permite a troca de temperatura gradualmente, sem a necessidade de ter que desligar o aparelho, e potência de 5500W (127V).

chuveiro elétrico que economiza Hydra Fit Eletrônica Branca
A regulagem fina por meio da haste oferece acesso às potências dos mais variados tipos da Fit Eletrônica. (Créditos da imagem: Hydra/Divulgação)

Já a haste que a acompanha (fica ao alcance das mãos do usuário) ajuda a controlar a temperatura da água de forma prática, proporcionando um banho muito mais agradável e econômico. Para limpá-la, também não há muito segredo: basta desenroscar e retirar o espalhador para realizar a limpeza da ducha. 

Além disso, a Hydra Fit Eletrônico acompanha uma “baby ducha”, que facilita o banho das crianças — ideal para os papais e mamães de plantão.

5. Ducha Hydra Safira Elétrico

Outra boa opção da Hydra para quem busca chuveiros elétricos que consomem menos energia é o Hydra Safira, que conta com um recurso interno para controlar o uso de eletricidade: durante um tempo excessivo de banho, ele vai disparar um alarme para chamar a atenção do usuário.

Ducha Hydra Safira Elétrico
O Hydra Safira conta com um dispositivo de alerta para notificar usuários que estejam tomando banhos por mais de dez minutos. (Créditos da imagem: Hydra/Divulgação)

Esse mecanismo se dá por meio de um anel de LED, localizado próximo ao espalhador de água, que vai acender uma luz azul quando o chuveiro estiver em uso por mais de dez minutos. Outra vantagem do Hydra Safira é o painel digital que mostra quanto litros de água foram utilizados no banho, assim como a sua temperatura. 

O Hydra Safira conta com potência máxima de 6400W, na opção de 220V: simplesmente um modelo ideal para quem quer controlar o uso do chuveiro elétrico para evitar surpresas na hora de receber a conta de luz.

6. Ducha Advanced Eletrônica Lorenzetti

Conhecida como um dos carros-chefe da Lorenzetti, a Ducha Advanced também passou a ganhar uma versão eletrônica. Ideal para todos os dias do ano, não somente em períodos de baixas temperaturas, o chuveiro elétrico conta com um controle eletrônico que permite a seleção gradual e precisa de temperatura para o seu banho.

Ducha Advanced Eletrônica Lorenzetti
Ducha conta com botão de giro que regula a potência e facilita o controle da temperatura, além de ser compatível com aquecimento solar. (Créditos da imagem: Lorenzetti/Divulgação)

Com um design inovador, o aparelho também possui um grande espalhador que proporciona um bom volume de água durante o seu banho. E entre outros destaques, a ducha também acompanha uma haste que vai facilitar sua vida para quando você decidir mudar a temperatura enquanto estiver embaixo do chuveiro.

E quanto a termos de economia de energia, o produto é compatível com aquecedores solares.

7. Chuveiro Elétrico Lorenzetti Jet Turbo

Outro produto da Lorenzetti, o chuveiro elétrico Jet Turbo tem jato inteligente — como seu nome já deixa claro — e multidirecional, além de um sistema de comando multitemperaturas que permite a regulagem entre quatro temperaturas pressurizadas e outras quatro não pressurizadas.

Chuveiro Elétrico Lorenzetti Jet Turbo
Modelo foi desenvolvido com pressurizador integrado, garantindo o aumento de volume e pressão da água. (Créditos da imagem: Lorezentti/Divulgação)

Com um bom custo-benefício para aquisição, o modelo também é muito bem classificado por aquele que o utilizam em casas onde a pressão da água é fraca, ou em banheiros que chuveiro fica próximo da caixa d’água — o modelo já vem com um pressurizador, ajudando a aumentar o volume e a pressão de água. 

Já em relação à sua potência, o modelo utiliza 5500W na versão de voltagem de 127V, e 7800W na versão de 220V.

8. Chuveiro Lorenzetti Maxi Ducha

Uma das opções mais em conta da Lorenzetti, a Maxi Ducha é para quem quer economizar na hora de adquirir um chuveiro elétrico e na hora de realizar o pagamento da conta de luz no final do mês. Mesmo com seu valor muito mais baixo que os modelos apresentados até aqui, a Maxi Ducha oferece durabilidade, além de duração superior em relação a outros aparelhos disponíveis no mercado.

Chuveiro Lorenzetti Maxi Ducha
(Créditos da imagem: Lorezentti/Divulgação)

Disponível apenas na potência 5500W, o modelo, no entanto, não é indicado para ambientes ou locais muito frios, pois, sua capacidade de elevação da temperatura não é tão alta: ela pode atingir até 21 °C em sua versão de 127V e até 25,7 °C no modelo com voltagem de 220V.

Além disso, outra grande vantagem, em termos econômicos, do chuveiro elétrico Maxi Ducha Lorezentti é a sua compatibilidade com aquecedores solares.

9. Chuveiro Elétrico Hydra Optima Music

E quem não adora cantar no chuveiro? Pensando nisso, a Hydra desenvolveu o chuveiro elétrico Hydra Optima Music, com direito a entrada para cartão MicroSD/SD e USB, além de um rádio, para você colocar suas músicas para tocar enquanto toma seu banho. Porém, lembre-se que, mesmo se tratando de um dos modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia no mercado, ele deve ser usado com cautela. 

Chuveiro Elétrico Hydra Optima Music
O modelo é facilmente instalado. Segundo o fabricante, basta enroscar o “engate fácil” direto na parede, encaixar a ducha, girar e pronto. (Créditos da imagem: Hydra/Divulgação)

Quanto à economia de energia, o modelo conta com potência padrão de 5500W nos modelos 127V, além de outras duas opções para 220V, 6800W e 7700W, adequando-se muito bem a ambientes frios ou quentes. Além disso, ele também vem com um controle eletrônico de temperaturas e um visor digital.

E finalizando a lista de grandes atributos do modelo, o Hydra Optima Music também é facilmente instalado, além de ser acionado por meio de um controle remoto — que é responsável por alterar a temperatura do seu banho. 

10. GranDucha Eletrônica Fame

E para encerrar a nossa lista com os modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia disponíveis no mercado, a Granducha da Fame é a opção ideal para quem não faz tanta necessidade de uma ducha elétrica, mas gosta de aproveitar as oportunidades que têm para usar uma.

GranDucha Eletrônica Fame
(Créditos da imagem: Fame/Divulgação)

Com potência de 3.500w, o modelo também conta com duas opções de voltagem: 220v e 127v, com a primeira sendo mais potente no momento para esquentar água. Além disso, a Granducha conta com um espalhador largo que pode armazenar um grande volume de água, além de outros atributos como: sistema eletrônico de controle de temperatura, resistência blindada e compatibilidade com aquecimento solar.

Esse modelo é muito indicado para quem gosta de banhos com muita vazão de água, ou para moradoras de locais onde o clima não exija banhos extremamente quentes.

Leia também: Quanto custa 1h de chuveiro elétrico ligado?

Como economizar com chuveiros elétricos que consomem menos energia?

É importante aprender a economizar energia, especialmente neste momento tão instável, enquanto parte do mundo ainda tenta se reerguer após a crise generalizada causada pelo novo coronavírus. Embora você tenha visto que existem opções no mercado disponíveis para quem não quer abrir mão de um banho quentinho, mas se preocupa com os gastos de eletricidade, existem outros pontos que você deve conhecer.

Você sabe como economizar energia com chuveiro elétrico? Apesar de parecer fácil, adquirir um aparelho que consome menos energia que os normais é apenas o primeiro passo para observar a sua conta de luz diminuindo. Junto à compra, uma série de novos passos devem ser tomados para o bem do seu bolso — e do meio ambiente: como, por exemplo, evitar banhos demorados, prestar atenção nas torneiras abertas, entre outros.

A seguir, conheça algumas formas de economizar energia mesmo após ter adquirido um chuveiro elétrico econômico.

Como economizar energia mesmo usando o chuveiro elétrico?

Existem alguns truques e artimanhas muito inteligentes que podem ser aplicados para quem tem interesse de diminuir os gastos com eletricidade, mesmo utilizando um aparelho como o chuveiro elétrico. Tais quais: 

Está se ensaboando? Então feche o chuveiro! 

Embora antiga, essa dica é muito eficiente. Enquanto estiver lavando os cabelos ou ensaboando o corpo, feche o registro de água. Além de ajudar a economizar na conta de luz no final do mês, você também vai atuar contra o desperdício de água — o meio ambiente vai te agradecer!

Procure tomar banhos mais curtos

Economizar água e energia pode ser um resultado rápido do ato simples de evitar tomar banhos demorados. Não estamos sugerindo que você vire o Cascão, da “Turma da Mônica”, contudo, é indicado que os banhos durem, no máximo até 10 minutos. Ao reduzir o tempo em baixo do chuveiro, você vai acabar gastando menos energia e, novamente, ajuda o meio ambiente.

Utilize o “modo verão” do seu chuveiro elétrico

Uma vez que o inverno chegue ao fim, não será mais necessário o uso da água quente do chuveiro elétrico, não concordam? Por isso, você pode alterar as configurações do eletrodoméstico escolhendo o modo “verão”. 

mulher tomando banho de chuveiro
O modo inverno de um chuveiro elétrico tem potência máxima e pode gerar um prejuízo considerável na fatura. Portanto, deixe essa opção para ser usada apenas nos dias mais frios.

Além da garantia de uma chuveirada fresquinha, o “modo verão” também ajuda a poupar os gastos das contas de luz, melhora a circulação sanguínea no corpo, é capaz de diminuir as dores musculares, além de diminuir o cansaço.

Troque a resistência quando necessário

Caso a resistência do seu chuveiro elétrico queime, ou sofra outros tipos de danificação, trate de realizar a troca por uma nova e nunca, mas nunca, reutilize a antiga. O método de reutilização de resistências pode ser algo perigoso, visto que o ato pode causar um curto-circuito durante o banho, e após queimada, a resistência vai consumir muito mais energia que o normal.

Opte pelo sistema solar de aquecimento solar

Um dos principais benefícios de aderir ao sistema de aquecimento solar é, sem dúvida alguma, a economia geral. Aliás, em alguns lares, a economia com gastos de energia é tanta, que muitos brasileiros recuperam o dinheiro investido no sistema fotovoltaico rapidamente.

sistema de aquecimento solar
Os módulos fotovoltaicos que compõem esse tipo de sistema convertem a energia dos fótons da luz do sol, por meio de células responsáveis por transformar a luminosidade dos raios solares em energia elétrica.

É estimado que a economia nas contas de luz com a adesão de um sistema de energia solar pode chegar a 50% — isso mesmo, metade do valor de uma conta original. Sem contar que o sistema solar de aquecimento ajuda a preservar o meio ambiente e ainda valoriza o seu imóvel.

Viu como é possível economizar nas contas de energia, mesmo com a utilização de chuveiros elétricos? Embora o mercado tenha passado a dispor de modelos de chuveiros elétricos que consomem menos energia, um processo de educação deve ser aplicado para economizar. Além disso, você pode investir em sistemas de energia solar para diminuir ainda mais as contas referentes ao uso de eletricidade.

Como a Solfácil pode lhe auxiliaR

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares