A energia solar tem se tornado uma das principais formas de geração distribuída no Brasil. O desenvolvimento crescente do setor solar como um todo e o espaço ocupado por essa fonte de energia na matriz energética do país fez com que o Brasil entrasse no grupo dos 20 países líderes em capacidade instalada de energia solar no mundo. 

Por ser extremamente versátil, essa tecnologia se adequa facilmente a diversos perfis de consumidores. Isso inclui também o agronegócio, já que a energia solar oferece muitas vantagens, entre elas a diminuição do custo de produção. 

Confira no artigo a seguir como a energia solar tem se tornado um grande destaque no agronegócio brasileiro. 

Agronegócio e energia solar

Os contínuos aumentos na conta de luz e a instabilidade acerca das tarifas fazem com que cada vez mais negócios recorram a fontes de energia alternativas como a energia solar. Mais do que uma forma de economizar, a tecnologia fotovoltaica é também um investimento, já que tem se mostrado mais vantajosa do que as opções mais competitivas de renda fixa. 

Agronegócio e energia solar
Agronegócio e energia solar

O agronegócio é um dos setores que mais investem em energia solar atualmente. Ocupa o terceiro lugar com maior número de conexões e potência instalada, ficando atrás apenas da energia solar fotovoltaica residencial e comercial. São mais de 64 mil sistemas de energia solar rural, resultando em mais de 1,2 gigawatt (GW) de potência instalada.

E a tendência é que esses números continuem impressionando, pois não páram de crescer. Em 2020, o país registrava 29.334 sistemas de energia solar rural instalados, e esse número mais do que dobrou em menos de dois anos. 

O ano de 2012 foi um grande marco histórico na história da energia solar no Brasil, pois foi quando entrou em vigor a Resolução Normativa nº 482 da ANEEL. Através dela, o consumidor brasileiro passou a ter a possibilidade de gerar a sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis. 

Desde então, já foram investidos cerca de R$ 3,4 bilhões em energia solar no agronegócio. Atualmente, o setor rural é responsável por 13,1% de toda a potência solar distribuída instalada no país. 

As expectativas não poderiam ser melhores. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a geração distribuída deve atrair, até 2050, cerca de R$ 140 bilhões em novos investimentos ao país e reduzir em R$ 150 bilhões os custos com as termelétricas.

E é claro que o agronegócio tem muito a se beneficiar com isso. Há vários segmentos e atividades realizadas no campo que podem usufruir de redução drástica em seus gastos de energia por meio de um sistema fotovoltaico. Confira a seguir algumas aplicações possíveis para o setor. 

Utilidades da energia solar para o agronegócio

Não é por acaso que o número de sistemas solares fotovoltaicos instalados no campo teve um crescimento notável nos últimos anos.

Utilidades da energia solar para o agronegócio
Utilidades da energia solar para o agronegócio

A área rural é muito propícia para receber a instalação de sistemas fotovoltaicos, uma vez que na maioria das vezes dispõe de espaços amplos e recebe boa incidência solar. Além disso, a energia solar pode ser utilizada em diversas aplicações em prol do agronegócio. 

A irrigação é uma delas. Essencial para a agricultura, essa atividade é realizada por meio de pivôs que precisam de bastante energia elétrica para garantir seu bom funcionamento. A irrigação precisa ser constante, bem planejada e seguindo o cronograma adequado. 

Assim como em qualquer outro contexto, a energia solar é uma importante aliada também para prover iluminação para o agronegócio. Quem trabalha na área sabe bem os gastos astronômicos que isso envolve, já que muitas vezes os campos precisam estar bem iluminados durante a noite para otimizar a produção.

Esse é um ótimo exemplo de uso para os créditos energéticos (no caso de sistemas on grid) ou para a energia armazenada em baterias (quando o sistema é off grid). Para saber a diferença entre esses dois tipos de sistemas fotovoltaicos, clique aqui.

As cercas elétricas para proteção do gado ou demarcação de terras é outra utilidade importante para a energia solar, já que também demandam abastecimento contínuo de energia elétrica.

A energia solar é infindável e pode ser usada e até vendida
A energia solar é infindável e pode ser usada e até vendida

Demais atividades como refrigeração e ordenha também são beneficiadas. Uma boa quantidade de energia é necessária para manter o funcionamento de máquinas como refrigeradores e ordenhadeiras mecânicas.

Ainda está em dúvida com relação aos benefícios que a energia solar pode conferir a sua produção rural? Confira mais detalhes no próximo tópico. 

Quais as vantagens no uso da energia limpa?

A economia ou redução dos custos é sempre um dos principais fatores a serem observados quando um empreendedor está de olho em um novo investimento para o seu negócio. A boa notícia é que, se tratando da energia solar, essa é também uma das principais vantagens. 

A economia gerada nas contas de luz pela energia solar pode chegar até 95%, com o pagamento apenas da taxa pela conexão com a distribuidora de energia. Sendo assim, as despesas com eletricidade vão cair surpreendentemente com a instalação de um sistema fotovoltaico bem dimensionado, que atenda a demanda de toda a sua propriedade rural. 

Quais as vantagens no uso da energia limpa?
Quais as vantagens no uso da energia limpa?

Os benefícios com relação à parte financeira não param por aí. Com a geração da própria energia solar, o consumidor fica imune à inflação energética. Esse é um dos principais motivos de preocupação de muitos brasileiros, já que a conta de energia elétrica aumenta mais e mais a cada ano.

Na área rural, o cenário pode ser ainda pior, ultrapassando o valor da inflação. A solução para não sofrer os impactos desse aumento é a instalação de um sistema fotovoltaico, que ajuda a conta de luz a se manter estável e com valor previsível.

O payback dessa tecnologia é outra vantagem que vale a pena ser considerada, já que o retorno do investimento é muito rápido: o valor investido retorna entre 4 e 7 anos, em forma de economia com energia. Depois disso, o consumidor ainda terá pelo menos cerca de 20 anos de energia gerada a partir da luz do sol, já que um sistema fotovoltaico tem vida útil de pelo menos 25 anos.

Também vale pontuar que há diversas linhas de financiamento específicas para viabilizar projetos de energia fotovoltaica, tornando esse tipo de investimento ainda mais acessível. Os bancos estão cada vez mais interessados em oferecer facilidades que incentivam a sustentabilidade, já que se trata de um conceito que beneficia a todos.

Atualmente, as soluções ecologicamente conscientes significam um ótimo ponto a favor de negócios e empresas de diversos setores.

Investir na instalação de um sistema fotovoltaico para o seu agronegócio não apenas vai contribuir com o seu crescimento, mas também vai possibilitar que isso aconteça sem a emissão de poluentes, o que é um grande atrativo principalmente para os investidores ou clientes em potencial.

Por fim, a manutenção do equipamento é muito simples, o que também ajuda a atrair cada vez mais interessados em aderir à energia solar. O principal tipo de manutenção a ser feita é a preventiva, que consiste basicamente em uma boa limpeza dos painéis solares a cada seis meses ou um ano, dependendo da região e do acúmulo de sujeira no local.

Todas essas vantagens são inerentes a qualquer aplicação da energia solar, para todos os perfis de consumo e em diversos contextos mercadológicos. Como pudemos ver ao longo deste artigo, o agronegócio é um setor que pode ser especialmente beneficiado com o investimento nessa tecnologia, já que ela se configura também como uma forma de apostar no desenvolvimento do seu empreendimento como um todo.

Ficou interessado? Clique aqui para conhecer algumas linhas de financiamento que podem facilitar o processo para adquirir seu sistema fotovoltaico.

Energia Solar em Propriedades Rurais com a Solfácil

Nós temos uma linha de financiamento revolucionária que permite que você troque o custo da sua conta de luz por um ótimo investimento em sistema de energia solar.

É isso mesmo! Temos uma rede de parceiros instaladores em todos os estados do Brasil que executam o projeto de energia solar na sua propriedade rual e você paga em até 144 parcelas com juros acessíveis. Tão acessíveis que a prestação mensal fica até 30% inferior à economia de energia que você tem com o sistema.

Confira aqui o story do post!

Posts Similares

Estórias Solares