Quais são as vantagens da energia solar? O que é sistema fotovoltaico para geração de energia? Qual o valor médio de um investimento desse porte? Vale a pena optar pelo uso de energia renovável?

Estes são alguns dos questionamentos de quem busca optar pela instalação de painéis solares para obter energia solar.

Contexto atual e as vantagens da energia solar

A pandemia do COVID-19 trouxe algumas dificuldades, além dos problemas em relação ao risco eminente da saúde pública, a crise energética ganhou força em alguns países. Assim, a sociedade precisou buscar por alternativas para geração de energia – sendo que esta sofreu uma alta considerável no preço.

Uma das alternativas encontradas pelos brasileiros foi a obtenção de energia por fonte renovável e, mais especificamente, na energia solar. Para que esse meio seja utilizado em imóveis residenciais, é preciso analisar as vantagens de investimento para instalação de painéis solares.

cropped-energia-fotovoltaica.jpg

Tal modalidade de geração própria de energia, pode trazer inúmeros benefícios para quem optar pela instalação de painéis fotovoltaicos, conforme demonstrado nas 10 vantagens da energia solar elencadas a seguir.

10. Reciclagem de painel solar

As vantagens da energia solar podem ser destacadas pela obtenção de energia renovável, como também do material de fabricação das placas fotovoltaicas. Compostas de placas de vidro, elementos condutores e células fotovoltaicas, possibilitam a sua reciclagem com chance de reaproveitamento praticamente integral da sua matéria-prima.

De acordo com a International Renewable Energy Agency (IRENA), em relatório elaborado em 2016, painéis com vida útil de 30 anos podem liberar um estoque de matérias-primas estimadas em 78 milhões de toneladas até 2050.

9. Rápido retorno do investimento

O uso de gerador de energia por método fotovoltaico pode ser considerado como vantagem a curto e longo prazo no sentido econômico. Como retorno a curto prazo, é analisada a conta de luz após a instalação da placa para geração de energia.

Saiba as diferenças das energias solares
Saiba as diferenças das energias solares

Em paralelo, a longo prazo pode ser considerada a vantagem de geração de energia própria com tarifação abaixo da produção de energia elétrica padronizada.

8. Auxílio de linhas de crédito

Os gastos despendidos com investimento para compra de painel solar e sua instalação pode ser considerados relativamente altos para algumas pessoas.

Com isso, alguns bancos e a Solfácil disponibilizaram linhas de crédito para auxiliar os brasileiros a obter recursos de instalação de sistema fotovoltaico e, consequentemente, amenizar os impactos nas hidrelétricas – responsáveis por grande parte de distribuição de energia elétrica, atualmente fragilizadas pela escassez de reservatório.

7. Uso de energia solar em áreas isoladas

No Brasil, há diversas comunidades isoladas, sem acesso à energia elétrica e internet. Um exemplo de regiões isoladas são algumas áreas remotas da Amazônia, onde foi realizado o projeto “Energia Solar para Inclusão Digital” do Instituto Mamirauá patrocinado pela Huawei por meio do Instituto Cooperforte, e o programa Floresta Ativa da ONG Projeto Saúde&Alegria patrocinado por entidades privadas e órgãos públicos.

Ambos dos projetos possuem um único objetivo: beneficiar regiões isoladas com a implementação de tecnologias para garantir acesso a tratamento de água, saneamento, energia e uso de internet. Contribuindo para o desenvolvimento das comunidades ribeirinhas, os projetos utilizam de meios renováveis como o uso de painéis fotovoltaicos.

Imagem retirada do site do Instituto Mamirauá
Imagem retirada do site do Instituto Mamirauá

6. Baixa manutenção com o uso da energia solar

Considerada como uma obtenção de energia de baixa manutenção, os painéis solares, em razão da sua vida útil, precisam apenas de manutenções regulares para limpeza do equipamento.

A limpeza é ideal para que a produção de energia seja realizada de forma eficiente, sendo que o acúmulo de sujidades no painel pode reduzir a sua produtividade.

5. Desconto na tributação do IPTU

O tributo relativo ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) é devido por todo proprietário de imóvel localizado na zona urbana. Com o objetivo de incentivar as propostas de sustentabilidade, algumas prefeituras implantaram o IPTU Verde, visando garantir descontos ao contribuinte que aderir à prática sustentável em sua propriedade.

Não há um padrão para estabelecer as medidas, ficando a livre critério dos governantes decidir os requisitos a serem cumpridos pelo munícipe.

Atualmente, o assunto é objeto da PEC 13/2019 e está em tramitação no Senado Federal. O projeto de emenda constitucional prevê a alteração do art. 156 da Constituição Federal para estabelecer critérios ambientais para cobrança do IPTU e desonerar a parcela do imóvel com vegetação nativa.

4. Aumento da empregabilidade

O aquecimento do mercado de investimentos em energia solar pode refletir, também, na empregabilidade de aproximadamente 270 mil trabalhadores. Em entrevista para a CNN Rádio, o presidente da ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída), afirma:

“A geração de 10 gigawatts de potência operacional da fonte solar que o Brasil atingiu vai representar investimento de R$ 42 bilhões no setor, e criar 270 mil empregos em dois anos.”

Carlos Evangelista, presidente da ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída), em entrevista para a CNN Rádio.
Publicada em 24.08.2021.

A empregabilidade poderá atingir tanto o setor de geração distribuída quanto centralizada, atuando nas áreas de produção e instalação dos respectivos sistemas.

3. Valorização do imóvel residencial

A popularização do conceito de energia limpa também reflete no mercado imobiliário. No ano de 2015, em pesquisa realizada pelo Departamento de Energia do Laboratório Nacional Lawrence Bakerly da Califórnia (EUA) analisando mais de 22 mil imóveis a venda, concluiu-se que as construções com sistema fotovoltaico obtiveram uma valorização de $15,000 dólares na época.

Assim, a procura por uma arquitetura sustentável pode ser baseada na certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), criada para utilização como indicativo de empreendimento sustentável. Recentemente, o Brasil ocupou o 7º lugar no ranking da certificação, sendo a listagem de propriedades disponibilizada pelo GBCB (Green Building Council Brasil). Sendo assim, os brasileiros estão cada vez mais preocupados em adquirir imóveis sustentáveis.

Casa residencial com instalação de gerador de energia solar.

2. Economia na conta de luz

Um dos principais motivos na alta da procura de geradores fotovoltaicos está no fato de reduzir os gastos com a conta de luz. De acordo com a ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), a redução no valor mensal pode ser mensurada em até 95% do total gasto.

Desse modo, sendo considerada uma das principais vantagens de optar por esse meio, em razão da atual bandeira tarifária estar classificada como escassez hídrica – a taxa mais alta dos últimos anos e acima da bandeira vermelha patamar 2.

1. Energia limpa, renovável e sustentável

A energia solar passou a ser mais comentada a partir do momento em que intensificaram-se as campanhas de energia limpa.

Esse conceito é relacionado diretamente com as fontes renováveis (solar, eólica, geotérmica, maremotriz, biomassa e hidráulica), as quais produzem energia sem emissão de poluentes e, consequentemente, sem impactar o meio ambiente.

Além do fator de sustentabilidade, apesar do investimento ser considerado de valoração relativamente alta, a possibilidade de uso é infinita e inesgotável.

Com o avanço da tecnologia e as possibilidades de utilizar de meios não poluentes para obter energia, a sociedade está buscando, cada vez mais, optar pelo uso de energia limpa.

Diante das vantagens mencionadas, a fintech SolFácil, criada no ano de 2015, foi desenvolvida para possibilitar o financiamento de instalação de sistema de energia solar em imóveis residenciais, comerciais e industriais.

Com o propósito de oferecer parcelas 30% mais baratas do que a conta de luz tradicional, oferece os planos para pessoa física e jurídica, estabelecendo limite de crédito a ser usado e condições de pagamento favoráveis. Além disso, disponibiliza online uma calculadora de simulação do investimento.

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Posts Similares

Estórias Solares