As tecnologias em prol de novas soluções para geração de energia estão em constante evolução, principalmente se tratando de fontes de energia limpas, renováveis e econômicas, como é o caso da energia solar fotovoltaica. 

Uma das grandes vantagens da geração de energia elétrica a partir dos raios solares é a possibilidade de gerar energia excedente. Essa energia pode ser convertida em créditos para serem descontados na conta de luz (sistema on grid), ou pode ser armazenada em baterias para consumo posterior (sistema off grid). 

Confira no artigo a seguir a diferença entre esses dois modelos e se vale a pena investir em um sistema híbrido, que combine ambas as modalidades. 

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

Sistema on grid, off grid e híbrido

Você sabia que, há alguns anos, a única opção possível para geração de energia solar era o sistema off grid? Isso se deve ao fato dos sistemas fotovoltaicos terem sido desenvolvidos inicialmente como uma alternativa às redes de distribuição de energia.

Casas com placas solares
Entenda como funcionam os tipos de sistema de energia solar

Seu intuito era justamente levar energia elétrica até os locais mais distantes, onde as redes de distribuição não conseguiam abastecer.  

Sendo assim, o modelo de funcionamento off grid foi feito para trabalhar de modo independente às redes convencionais de distribuição.

Por essa razão, garantem maior autonomia ao consumidor, que depende apenas de um sistema de baterias para armazenamento da energia excedente produzida. Ainda hoje continua sendo a principal alternativa para painéis fotovoltaicos instalados em regiões mais afastadas, como áreas rurais. 

Como já sabemos, a energia solar é uma das fontes mais promissoras de geração de energia elétrica. Ano a ano surgem novas alternativas, possibilidades e soluções, como é o caso também do sistema on grid e do sistema híbrido, que combina as duas formas de funcionamento. 

O sistema fotovoltaico on grid é conectado à rede de distribuição de energia. Sendo assim, continua recebendo o fornecimento de energia elétrica mesmo quando o sistema fotovoltaico não está em funcionamento. Esse é o modelo mais comum em projetos residenciais e corporativos localizados em áreas urbanas, com fácil acesso à rede. 

O modelo híbrido, por sua vez, combina as duas formas de operação simultaneamente: tanto através da geração de energia conectada à rede elétrica convencional, quanto por meio da integração a um sistema de baterias para backup.

Portanto, o sistema híbrido pode ser entendido simplesmente como a junção entre os modelos on grid e off grid. 

Prossiga com a leitura para conhecer as vantagens que o sistema híbrido oferece. 

As vantagens do sistema híbrido 

Ao combinar as modalidades on grid e off grid, o sistema híbrido foi desenvolvido para reunir as melhores vantagens de cada uma.

Ele possibilita a economia de energia elétrica e, consequentemente, diminuição dos custos, já que não depende apenas do abastecimento da rede convencional de energia. 

teclado com placas solares
Entenda as vantagens do sistema híbrido de energia solar

Além disso, o sistema híbrido também oferece maior confiabilidade para o funcionamento de cargas que não possam ter seu funcionamento interrompido, com autonomia em função da integração com o banco de baterias. 

Sistemas fotovoltaicos que trabalham exclusivamente com inversores on grid estão sujeitos a sofrer com quedas de energia da rede local. Esse já não é um problema para os sistemas híbridos, que contam com reserva de energia excedente por meio das baterias, o que evita esse tipo de imprevisto. 

Os sistemas híbridos são uma alternativa válida para quem procura independência energética total, no entanto, também é importante olhar para outras questões. 

O principal ponto que merece atenção é justamente o uso de baterias, equipamentos produzidos com complexa tecnologia que podem aumentar consideravelmente o custo inicial de um projeto.

Além disso, as baterias possuem vida útil que pode variar entre 7 a 15 anos, necessitando de manutenção para sua substituição e, consequentemente, gerando mais gastos. 

Como se trata de um sistema com instalação mais complicada, também demanda um espaço maior, adequado para o armazenamento das baterias. 

Levando todos esses aspectos em consideração, podemos concluir que o sistema híbrido nem sempre é a melhor opção para projetos mais simples, como é o caso da maioria das instalações fotovoltaicas para imóveis residenciais. Além disso, esse tipo de sistema exige um investimento financeiro maior quando comparado aos sistemas on grid. 

Optar por um sistema híbrido pode ser a escolha correta para projetos específicos, como no caso de locais com funcionamento de equipamentos que trabalham ininterruptamente. Como alguns exemplos, podemos citar hospitais, centrais de controle e comércios de grande porte (como shoppings e supermercados). 

Para tomar a melhor decisão para o seu projeto, leve em consideração as necessidades, expectativas e limitações envolvidas no empreendimento em questão. Boa parte dos casos pode ser devidamente suprida com a instalação de um sistema on grid, que tem custo inicial menor e instalação e manutenção mais simples de serem realizadas. 

Por fim, relembre a seguir as principais vantagens da energia solar e porque você deve investir em um sistema fotovoltaico. 

Vantagens da energia solar

Adquirir um sistema fotovoltaico é hoje um dos maiores investimentos que você pode fazer em prol da sua independência energética e visando a diminuição de gastos com energia elétrica. 

Casa com placa solar
Vantagens da energia solar

Um dado impressionante é que a produção de energia a partir de painéis fotovoltaicos é capaz de gerar até 95% de economia na sua conta de luz. Apesar de demandar um alto investimento, vale pontuar que atualmente há diversas facilidades e incentivos, como linhas de crédito, redução de impostos e opções de financiamentos.

Além disso, os sistemas fotovoltaicos possuem rápido retorno financeiro.

Dependendo do consumo do imóvel, pode levar em média apenas quatro anos para que o equipamento compense o investimento feito inicialmente, o que é muito positivo levando em consideração que a vida útil dos painéis solares é de 25 a 30 anos funcionando com aproximadamente 80% de eficiência.  

Ainda não está convencido?! Pois, saiba que os imóveis que contam com sistema de energia solar fotovoltaica acabam sendo mais valorizados, o que atrai compradores e favorece a revenda.  

Para além de todas as vantagens financeiras que oferece, a energia solar é uma energia limpa e renovável, que não polui e não afeta o meio ambiente. Ainda contribui com a redução dos impactos ambientais, já que quanto mais pessoas usando essa forma de geração de energia, menor a necessidade do uso de termelétricas em períodos de escassez hídrica, por exemplo. 

Quando o assunto é energia solar fotovoltaica, é fato que vantagens são o que não faltam! Independente se a sua escolha for pela energia solar on grid ou off grid, ou, ainda, por um sistema híbrido, os benefícios são diversos, fazendo valer a pena o investimento. 

Melhor parceira do Integrador

Muito mais que um banco, somos uma empresa parceira e oferecemos um ecossistema completo de soluções para o integrador de energia solar.

A Solfácil é uma plataforma tecnológica para financiamento de energia solar feita para você, integrador. Em nossa plataforma, você poderá controlar todos os seus projetos de financiamento e homologação em processos bem definidos.

Tudo 100% digital, para que você, parceiro integrador, consiga vender cada vez mais.

Sendo nosso parceiro, você terá acesso a uma solução financeira robusta que vai ajudar a viabilizar totalmente os seus projetos, pois seu cliente sempre terá uma opção de economia imediata com prazos de até 120 meses.

Posts Similares

Estórias Solares