O uso da energia solar no Rio de Janeiro está avançando a cada dia mais. Segundo um levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), em 2021, o número de sistemas de energia solar instalados mais que dobrou em todo o estado. Ao todo, o volume de conexões geradas a partir de fontes solares catapultou de 27 mil em maio de 2021 para 57 mil em maio de 2022 — representando um aumento de 114%.

De acordo com os dados da Absolar, hoje, o estado do Rio de Janeiro conta com 421,6 megawatts (MW) em operação distribuídas entre residências, empreendimento, espaços públicos e industrias. Em maio de 2021, a capacidade era de 251 MW. 

O ranking da associação também aponta que, de todos os estados brasileiros com maior índice de potência solar instalada, o Rio estava na oitava posição. Contudo, somente ele corresponde à 4% de toda a potência instalada nacionalmente. 

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

Desde 2012, o volume de investimentos em energia solar acumulado cresceu de  R$ 1,3 bilhão para R$ 2,3 bilhões, sendo diretamente responsável pela geração de mais de 12 mil empregos e a arrecadação de mais de R$ 525,3 milhões aos cofres públicos do estado.

Leia também: É possível colocar energia solar em prédio com telhado ocupado?

Os dados do uso da energia solar no Rio de Janeiro estão presentes no Mapa da Produção de Energia Solar, apresentado pelo governo em parceria com a Absolar.

Em reunião entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais com representantes da Absolar, das concessionárias Light, Enel e Energisa, da Codin e a Agência Estadual de Fomento (AgeRio), além de empresários do setor, o governo também anunciou que vai disponibilizar mais de R$ 80 milhões em projetos para investimento em energia solar nos municípios do estado.

A AgeRio também informa que esses ficarão em um fundo exclusivo para beneficiar prioritariamente hospitais, casas populares e produtores rurais.

Uso de energia solar no Rio de Janeiro

O estado já conta com a instalação de painéis solares em diversos pontos turístico e até mesmo em cemitérios, como no caso do Crematório e Cemitério da Penitência, no Caju, que, em 2022, instalou sete usinas solares no empreendimento.

O sistema é formado por 586 módulos fotovoltaicos e conta com uma potência total de 299,34kWp — voltagem necessária para abastecer mais de 200 residências por mês.

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

 

Confira aqui o story do post!

Posts Similares

Estórias Solares