Quem usufrui frequentemente dos benefícios do ar-condicionado já deve estar acostumado com o alto valor nas contas de luz, uma vez que o aparelho é um dos principais responsáveis pelo consumo mensal de energia elétrica de um imóvel.

Em decorrência disso, o setor busca desenvolver alternativas que tornem o uso do ar-condicionado menos impactante, tanto para o bolso dos consumidores quanto para o meio ambiente. Confira a seguir o que é o ar-condicionado solar, um dos lançamentos com esse objetivo. 

Como funciona o ar-condicionado solar?

Esse tipo de aparelho opera de maneira semelhante aos modelos de ar-condicionado tradicionais. 

O processo de refrigeração do ar é parecido com o que é realizado pelas geladeiras: um fluido refrigerante é bombeado em ciclos de compressão e expansão, de modo a absorver o calor, que vai da área mais quente para a área mais fria.

O ar-condicionado comprime o fluido em um líquido ainda mais quente, e o envia para as serpentinas que ficam do lado de fora da edificação, onde o calor absorvido é liberado.  

Esse processo consome bastante energia, que normalmente advém da rede elétrica da distribuidora. Como o ar-condicionado fica geralmente ligado durante algumas horas no dia, o gasto é ainda maior. 

Em 2010, a LG lançou o modelo LG F-Q232LASS, um ar-condicionado híbrido, que funcionava com energia solar e elétrica.

Ar-condicionado solar da LG
Ar-condicionado solar da LG

O painel solar de 70 Watts acoplado em sua estrutura era capaz de produzir apenas 3,5% da energia consumida pelo ar-condicionado (algo equivalente a 2000 Watts). Sendo assim, a função de energia solar era pouco eficiente. Esse aparelho não chegou a ser comercializado no Brasil, e foi descontinuado pouco tempo depois nos países onde foi disponibilizado. 

A multinacional chinesa Gree também atua na produção de aparelhos de ar-condicionado fotovoltaicos, como o GMV-Solar. O objetivo da empresa é atender à crescente demanda por esses equipamentos que geram economia de energia, por isso investe na tecnologia fotovoltaica para condicionadores de ar desde 2013.

A Gree é considerada a multinacional que mais investe em pesquisa e desenvolvimento na China, contando globalmente com mais de 10 mil engenheiros, 12 institutos de pesquisas, 72 centros de pesquisas e mais de 727 laboratórios.

O GMV-Solar desenvolvido pela Gree utiliza tecnologia solar fotovoltaica associada a um sistema inteligente, combinando redução do consumo de eletricidade. O principal diferencial fica por conta do sistema de controle, que alterna automaticamente entre cinco modos de operação, baseados nas condições de disponibilidade de energia solar e demanda do equipamento de ar-condicionado.

O equipamento recebe a energia gerada pelo painel solar e garante uma eficiência de até 99,04% na conversão entre geração fotovoltaica e alimentação do compressor.

Vale pontuar que as possibilidades para economizar no uso do ar-condicionado não se limitam a essa única opção. A tecnologia fotovoltaica é muito flexível, como veremos no próximo tópico. 

Outras formas de aliar energia solar ao uso do ar-condicionado

A solução mais comum para quem não abre mão do conforto que o ar-condicionado proporciona (mas deseja economizar nas contas de luz) é o investimento em painéis solares. 

Ainda que seja possível fazer com que um aparelho de ar-condicionado funcione exclusivamente a partir da energia solar, essa talvez não seja uma opção viável financeiramente. Isso porque seria necessário investir em vários painéis solares para prover energia para um único item, devido ao alto consumo deste tipo de aparelho.

Ar-condicionado somado a placas de energia solar: economia na certa
Ar-condicionado somado a placas de energia solar: economia na certa

Além disso, vale lembrar que o ar-condicionado é muito usado também durante a noite e nos dias chuvosos, ocasiões nas quais os painéis não conseguem suprir totalmente a sua demanda energética. 

Por conta disso, a solução mais indicada para utilizar a energia solar em prol do abastecimento de aparelhos de ar-condicionado é a instalação de um sistema fotovoltaico completo, conectado à rede pública de distribuição de energia. Assim, todo o imóvel será contemplado pela tecnologia fotovoltaica, podendo obter uma economia de energia de até 95% nas contas de luz. 

Durante os dias de sol, os painéis solares possuem um pico de produção de energia devido à luz solar. Nesse momento, os equipamentos podem suprir toda a demanda do aparelho de ar-condicionado e até mesmo gerar mais energia do que é consumida. Mas em períodos noturnos, por exemplo, será necessário utilizar a energia advinda da distribuidora.

Uma das partes mais interessantes de um sistema fotovoltaico é que a energia produzida em excesso é injetada na rede de energia, gerando créditos energéticos que poderão ser descontados posteriormente na sua conta de luz, provendo ainda mais economia. 

Falando nisso, vale lembrar algumas das outras vantagens oferecidas pelo uso de energia solar. Confira a seguir. 

Outras vantagens oferecidas pela energia solar

Os benefícios na geração de energia solar vão muito além da economia nas contas de luz no final do mês. Essa é uma tecnologia moderna, versátil e que oferece vantagens em diversos aspectos. 

Outras vantagens oferecidas pela energia solar
Outras vantagens oferecidas pela energia solar

Edificações que têm um sistema fotovoltaico são mais valorizadas e atraem mais compradores, sendo uma opção ainda mais interessante para quem deseja vender o imóvel no futuro.

Outro fator que justifica a instalação da energia solar no imóvel todo no lugar de usá-la apenas no ar-condicionado é a vida útil do sistema. Com um sistema fotovoltaico, você adquire uma tecnologia que possui durabilidade estimada entre 25 a 30 anos, ou até mais, mantendo as manutenções em dia. 

Um dos principais aspectos que valem a pena ser pontuados é que estamos falando de um sistema com payback garantido.

Isso significa que todo o dinheiro investido retornará para você, já que a economia acumulada ao longo dos primeiros anos é capaz de superar o valor aplicado. Basta pôr na ponta do lápis todo o investimento de compra e instalação e a manutenção simples que demanda para chegar à conclusão de que a energia solar acaba saindo mais barata do que a energia comprada da distribuidora de rede elétrica. 

Além do mais, não é apenas o ar-condicionado que consome bastante energia em uma residência ou comércio. Além dele, há diversos outros equipamentos que podem fazer um bom proveito da energia solar, como o chuveiro elétrico, máquina de lavar roupa, geladeira e refrigeradores comerciais, fogão elétrico de modelo cooktop e itens de iluminação em geral. 

Por fim, como se trata de uma energia limpa e sustentável, não é preciso se preocupar com a exploração de recursos naturais não-renováveis ou com a emissão de resíduos na natureza. A energia solar é atualmente uma das principais soluções ecológicas para geração de energia, e o setor brasileiro tem muito a crescer nos próximos anos. 

São inúmeros os benefícios da energia solar residencial
São inúmeros os benefícios da energia solar residencial

Por isso, agora é o momento ideal para investir nessa tecnologia. Adquirir um sistema fotovoltaico para atender a demanda energética do seu imóvel é uma excelente forma de reduzir o consumo de energia elétrica, incluindo os gastos com ar-condicionado e demais aparelhos elétricos e eletroeletrônicos. 

Se gostou desse artigo, deixe sua opinião nos comentários abaixo e compartilhe-o com outras pessoas para divulgar as vantagens da energia solar.

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Confira aqui o story do post!

Posts Similares

Estórias Solares