Um dos investimentos que mais tem crescido no Brasil é a energia solar fotovoltaica, já que além de ajudar a economizar na conta de luz, ainda contribui para anos de lucros, que podem ultrapassar R$50 mil em 20 anos.

Uma das saídas que muitas famílias têm usado é o financiamento para esse tipo de investimento, mas será que o financiamento para instalação de projetos solares é muito difícil?

A energia solar começou a ganhar popularidade no Brasil em 2012, e teve seu ápice com a inauguração de dezenas de usinas solares em 2017. A partir daí, o segmento vem crescendo cada dia mais, e hoje a geração distribuída já se tornou a realidade de mais de 300 mil famílias e empresas por todo o nosso país.

Confira a seguir se é difícil conseguir o financiamento da energia solar com os bancos e quais outras saídas para financiar seu projeto.

Financiamento para instalação de projetos solares é muito difícil?

O financiamento de energia solar tem se tornado algo cada vez mais fácil. Em julho de 2019, a redução no preço final dos sistemas fotovoltaicos era de quase 9%. Hoje, vários bancos e instituições oferecem taxas mais baixas e condições mais favoráveis para os beneficiados.

hoje, o financiamento para instalação de projetos solares tornou-se um investimento mais acessível
Hoje, o financiamento para instalação de projetos solares tornou-se um investimento mais acessível

Existe até mesmo a possibilidade de financiamento de 100% do projeto, incluindo os equipamentos e a mão de obra do sistema, o que faz com que o investimento seja ainda mais vantajoso ao equiparar as parcelas com o valor da antiga conta de luz.

Como fazer para o financiamento valer mais a pena?

Uma dica importante para que o financiamento seja um bom negócio, é fazer com que sua parcela seja igual ou menor ao valor da sua conta de energia. Assim, com a economia na conta de luz, você paga o financiamento sem precisar mexer no seu bolso.

Imagine que hoje sua conta de energia seja no valor de R$350. Com seu sistema fotovoltaico, você passou a pagar apenas a taxa mínima de R$40.

Isso lhe gera uma economia de R$310, que será usado para pagar a parcela do financiamento, que pode ser parcelado em até 10 anos dependendo da instituição.

As vantagens ficam ainda melhores, quando depois de receber seu payback de investimento, você começa a gerar lucro com sua energia solar. Como os painéis solares têm vida útil de 25-30 anos, depois de conseguir recuperar o valor investido, toda a economia será lucro.

Leia também O investimento em energia solar é muito alto e não compensa o retorno?

Onde financiar energia solar?

Hoje em dia, existem diversos bancos e instituições financeiras com linhas de créditos voltadas especialmente para a instalação de energia solar.

Caixa

Além de ser possível financiar o projeto de energia solar pelo ConstruCard, a Caixa também lançou um programa voltado especialmente para a energia sustentável, chamado de Caixa Energia Renovável. Por meio do crédito, você consegue financiar até 100% do valor do projeto dependendo da renda que tiver, com taxas de juros de 1,18% ao mês.

Santander

O Santander também possui um programa para energia solar, chamado de CDC Sustentável Solar, que também possibilita os beneficiados a financiar 100% do valor do projeto com parcelas de até 60 vezes. Porém, os juros tendem a ser maiores do que o programa da Caixa.

Bradesco

O crédito do Bradesco oferece condições vantajosas para quem deseja financiar energia solar, com taxas a partir de 0,99% ao mês e possibilidade de financiamento de 100% do valor para quem for correntista da empresa.

embora a taxa do Bradesco seja relativamente baixa, é necessário ter uma renda elevada e um alto nível de relacionamento com a empresa
Embora a taxa do Bradesco seja relativamente baixa, é necessário ter uma renda elevada e um alto nível de relacionamento com a empresa

Porém, as taxas de juros variam de acordo com a renda de cada indivíduo e nível de relacionamento com a empresa.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil possui uma linha de crédito voltada para as empresas chamada de Proger Urbano Empresarial, que possui taxas específicas para cada caso e condições financeiras das empresas.

Sicredi

Além de poder parcelar seu financiamento em até 120 vezes, a Sicredi oferece financiamento para os equipamentos e instalação de projetos solares tanto para pessoas físicas, como para pessoas jurídicas. Seu grande diferencial é a possibilidade de parcelar em até 10 anos, o que a maioria das instruções não oferecem.

Sicoob

A Sicoob oferece uma linha de crédito para pessoas físicas e jurídicas chamada Engecred, com prazos de até 72 meses para pagar e carência de até 6 meses para a primeira parcela. Na linha de crédito é possível parcelar montagem, instalação e equipamentos de todo o projeto.

SolFácil

A SolFácil é uma instituição financeira com uma das taxas mais vantajosas do mercado, já que trabalha com o CET – Custo Efetivo Total. Isso quer dizer que além da taxa de juros, que é uma das menores do mercado de menos de 1% ao mês, você também fica sabendo dos valores usados em tributos e quaisquer outros custos envolvidos no financiamento.

o financiamento com a SolFácil pode ser feito de até 100% do projeto
O financiamento com a SolFácil pode ser feito de até 100% do projeto

No site da SolFácil você consegue inclusive fazer uma simulação do financiamento para verificar as condições, já que é possível financiar também 100% do projeto. Ou seja, sem necessidade de entrada.

Leia também Qual o melhor banco para financiamento de energia solar?

Agra que você viu que financiamento para instalação de projetos solares não é algo difícil atualmente, não deixe de procurar as empresas que oferecem a melhor taxa de juros e condições de pagamento. Com isso, além de economizar até 95% da conta de luz, você ainda contribui para a sustentabilidade do meio ambiente.

Faça a sua simulação de financiamento de energia solar sem entrada no site da Sol Fácil!

Resumo do post

Posts Similares

Estórias Solares