O aumento na conta de luz pode ocorrer por diversos fatores, que envolvem desde crises nas fontes de energia elétrica e até mesmo o mau uso de aparelhos eletrônicos que podem ser grandes vilões no valor da sua fatura. Mas você sabe por que sua conta de luz triplicou nos últimos meses?

Uma das reclamações mais frequentes quando o assunto é conta de luz é o aumento que as faturas vêm sofrendo. Isso especialmente devido à mudança na bandeira depois de uma intensa crise hídrica que, que obrigou a ANEEL a criar a bandeira preta, uma das mais altas da história.

No entanto, existem outros fatores que podem e impactam diretamente no valor da sua conta no final do mês e é sobre eles que falaremos a seguir. Confira!

Conta de luz triplicou: entenda o motivo

Aumentos e inflação

Um dos principais motivos do aumento é a inflação elétrica, que afeta diretamente o preço cobrado pelas empresas de distribuição de energia, fazendo com que a conta de luz passe a custar até 3 vezes o valor que era pago antigamente. Isso acontece especialmente pelos custos que o setor elétrico possui para conseguir distribuir energia para todos os estados do país.

o custo para gerar energia é impactado diretamente pela inflação
O custo para gerar energia é impactado diretamente pela inflação

Junto, ainda são considerados os custos de dívidas do setor. Só em 2017, por exemplo, foi repassado para os consumidores uma dívida elétrica de mais de R$62 bilhões para ser paga ao longo de 8 anos, explicando porque a energia está cada vez mais cara.

Reajustes anuais

Outro fator que impacta diretamente no valor da conta de luz no final do mês são os reajustes que a ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica – faz todos os meses. Para isso, a empresa considera:

  • o custo da energia em quilowatts-hora – kWh;
  • a distribuição de energia e como ela chega nas residências;
  • os encargos do serviço;
  • o transporte da energia do local em que ela é gerada até o local de distribuição.

É por meio desses reajustes que os prestadores de serviços elétricos conseguem continuar atendendo a população e fazer melhorias necessárias para expandir a área de alcance, ou melhorar os serviços prestados.

Bandeiras tarifárias

As bandeiras também impactam diretamente no valor da conta de luz, e quanto menos fonte para transformar em energia, mais cara ela fica e mais escura a bandeira se torna.

Ou seja, a bandeira verde é usada durante os períodos de chuva em que a água nos reservatórios estão em níveis o suficiente para suprir a demanda, enquanto as bandeiras vermelhas são aplicadas durante crises hídricas em que é necessário acionar outro tipo de geração de energia, normalmente mais cara, para conseguir suprir a demanda.

Uma ótima opção para não ser impactado nas bandeiras tarifárias é a utilização da energia solar. Saiba mais sobre o que é a energia solar fotovoltaica!

Mau uso de aparelhos

Você sabia que utilizar os aparelhos domésticos sem se preocupar com o impacto que eles podem causar na conta de luz pode ser um dos maiores erros para quem deseja economizar no final do mês? Isso porque existem aparelhos que tendem a consumir mais energia elétrica que outros, especialmente aqueles que esquentam como chuveiro e secadores, por exemplo.

o ar condicionado pode fazer com que sua conta aumente muito se o aparelho ficar ligado várias horas seguidas todos os dias
O ar condicionado pode fazer com que sua conta aumente muito se o aparelho ficar ligado várias horas seguidas todos os dias

Embora seja quase impossível parar de utilizá-los, você pode tomar algumas medidas para economizar no final do mês.

Geladeira

Evite abrir a geladeira várias vezes ao dia, e prefira sempre pegar tudo o que precisa de uma só vez. Isso porque deixar ela aberta durante poucos minutos gasta menos energia do que abrir e fechar várias vezes em um curto período de tempo.

Máquina de lavar

Prefira juntar as peças para lavar todas de uma vez, evitando ligar a máquina mais de duas vezes na semana. Com isso, a máquina funciona com toda a sua capacidade em intervalos maiores, reduzindo o consumo de energia.

Isso acontece porque, se você parar para analisar os ciclos da sua máquina, poderá notar que eles duram o mesmo tempo, independente se ela está cheia ou com a capacidade mínima. A diferença é que ela demora mais para encher e para esvaziar.

Ou seja, você gasta quase a mesma quantidade em kWh no mínimo que também é gasto no nível máximo.

Televisão

É muito comum deixarmos a televisão ligada quando saímos do cômodo, e isso pode fazer com que o consumo de energia fique mais alto no final do mês. Lembre-se de sempre desligar o aparelho quando terminar de assistir e se possível, retirá-lo da tomada para gerar ainda mais economia.

Ar condicionado

Você com certeza já ouviu falar que o ar condicionado é um grande vilão da conta de luz, não é? Existe uma estimativa que o ventilador pode consumir até 90% menos energia elétrica do que o ar condicionado, e pode ser uma excelente troca quando for possível.

Quando o uso do aparelho for de extrema necessidade, tenha certeza de que o filtro está limpo e que as janelas e portas do ambiente estejam fechadas para evitar que o ar quente entre e o aparelho tenha que trabalhar mais, gerando um aumento do consumo.

Ferro de passar roupa

Assim como a máquina de lavar, também é uma ótima estratégia juntar várias peças de roupas para passar apenas uma ou duas vezes na semana.

o ideal é usar o ferro para passar toda a roupa uma vez na semana
O ideal é usar o ferro para passar toda a roupa uma vez na semana

Como o ferro é um aparelho que trabalha com o calor, tende a usar mais energia elétrica toda vez que é ligado, já que ele precisa aumentar a temperatura rapidamente.

Chuveiro

Um dos campeões para o aumento da conta de luz é o chuveiro, que pode consumir aproximadamente 20% do total da sua conta de luz.

A estimativa é que durante o verão o aparelho consuma até 30% menos do que no inverno, e uma dica é não demorar muito no banho e escolher horários mais quentes para usá-lo quando possível. Assim, você não precisa colocar a temperatura da água no máximo.

Computadores

Se você não utiliza o computador para trabalhar, uma forma de economizar energia e usar o aparelho de uma maneira mais econômica é evitando deixá-lo no stand-by, incluindo seu monitor. Isso porque a tela do seu computador pode representar até 70% do consumo elétrico da máquina, e uma boa opção para evitar o desperdício é configurá-lo para desligar sozinho depois de 15-30 minutos sem ser utilizado.

Caso você saiba que fará uma pausa maior do que 1 hora, desligue completamente o aparelho e tire-o da tomada.

Carregadores

Você sabia que os carregadores de celular e notebook consomem energia mesmo quando a carga do aparelho está em 100%? Isso porque o carregador puxa energia elétrica para que a carga não diminua, o que faz com que o consumo de energia possa subir e muito no final do mês.

os carregadores podem puxar energia mesmo depois que o celular já está com 100% de bateria
Os carregadores podem puxar energia mesmo depois que o celular já está com 100% de bateria

Após ver porque sua conta de luz triplicou e aprender algumas dicas para economizar, não deixe de ficar de olho no seu consumo e na quantia cobrada. Isso porque em alguns casos, contas muito altas podem significar erros na leitura, e é necessário contestar caso isso aconteça.

Você conhece a energia solar fotovoltaica e sabe como ela funciona? Aprenda mais sobre essa fonte de energia limpa e renovável no site da Sol Fácil!

Resumo do post em Story

Posts Similares

Estórias Solares