Conta de luz triplicou: entenda o motivo

O aumento na conta de luz pode ocorrer por diversos fatores, que envolvem desde crises nas fontes de energia elétrica e até mesmo o mau uso de aparelhos eletrônicos.

Aumentos e inflação

Um dos principais motivos do aumento é a inflação elétrica, que afeta diretamente o preço cobrado pelas empresas de distribuição de energia, fazendo com que a conta de luz passe a custar até 3 vezes

Reajustes anuais

Outro fator que impacta diretamente no valor da conta de luz no final do mês são os reajustes que a ANEEL faz todos os meses. Para isso, a empresa considera:

O custo da energia em quilowatts-hora - kWh; A distribuição de energia e como ela chega nas residências; Os encargos do serviço; O transporte da energia do local em que ela é gerada até o local de distribuição.

Bandeiras tarifárias

A bandeira verde é usada durante os períodos de chuva em que a água nos reservatórios estão em níveis o suficiente para suprir a demanda. 

Enquanto as bandeiras vermelhas são aplicadas durante crises hídricas em que é necessário acionar outro tipo de geração de energia, normalmente mais cara, para conseguir suprir a demanda.

Mau uso de aparelhos

Existem aparelhos que tendem a consumir mais energia elétrica que outros, especialmente aqueles que esquentam como chuveiro e secadores, por exemplo.

Embora seja quase impossível parar de utilizá-los, você pode tomar algumas medidas para economizar no final do mês.

Geladeira

Evite abrir a geladeira várias vezes ao dia, e prefira sempre pegar tudo o que precisa de uma só vez.

White Frame Corner
White Frame Corner

Máquina de lavar

Juntar as peças para lavar todas de uma vez, evitando ligar a máquina mais de duas vezes na semana. 

Com isso, a máquina funciona com toda a sua capacidade em intervalos maiores, reduzindo o consumo de energia.

"Isso acontece porque, se você parar para analisar os ciclos da sua máquina, poderá notar que eles duram o mesmo tempo, independente se ela está cheia ou com a capacidade mínima."

- Anonymous

Televisão

É muito comum deixarmos a televisão ligada quando saímos do cômodo, e isso pode fazer com que o consumo de energia fique mais alto no final do mês. Lembre-se de sempre desligar o aparelho quando terminar de assistir.

Ar condicionado

Existe uma estimativa que o ventilador pode consumir até 90% menos energia elétrica do que o ar condicionado, e pode ser uma excelente troca quando for possível.

Quando o uso do aparelho for de extrema necessidade, tenha certeza de que o filtro está limpo e que as janelas e portas do ambiente estejam fechadas para evitar que o ar quente entre e o aparelho tenha que trabalhar mais.

White Frame Corner
White Frame Corner

Ferro de passar roupa

Assim como a máquina de lavar, também é uma ótima estratégia juntar várias peças de roupas para passar apenas uma ou duas vezes na semana.

Chuveiro

A estimativa é que durante o verão o aparelho consuma até 30% menos do que no inverno, e uma dica é não demorar muito no banho e escolher horários mais quentes para usá-lo.

Computadores

 Seu computador pode representar até 70% do consumo elétrico da máquina, e uma boa opção para evitar o desperdício é configurá-lo para desligar sozinho.

Carregadores

O carregador puxa energia elétrica para que a carga não diminua, o que faz com que o consumo de energia possa subir e muito no final do mês.