A geração de energia solar requer a instalação de um sistema fotovoltaico, composto por painéis solares. O tamanho desse sistema pode variar de acordo com as especificidades de cada consumidor, como o consumo mensal da propriedade e a incidência dos raios solares no local onde será instalado. 

O procedimento é semelhante se tratando da instalação em propriedades rurais. É necessário realizar o dimensionamento de energia solar para obter todas as informações necessárias para desenvolver o projeto fotovoltaico. Confira no artigo a seguir como é feito esse cálculo. 

Para que serve o dimensionamento? 

É um procedimento envolvendo estudos e análise das particularidades do local onde o sistema fotovoltaico será instalado. O dimensionamento também inclui a escolha dos equipamentos que serão necessários para compor um sistema que de fato atenda as necessidades do consumidor em questão.

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

Saiba porque é importante o dimensionamento do sistema fotovoltaico
Saiba porque é importante o dimensionamento do sistema fotovoltaico

Se tratando da implementação em uma propriedade rural, o sistema provavelmente precisará apresentar um desempenho superior se comparado aos que são utilizados em áreas urbanas.

Isso porque o consumo de uma propriedade rural muitas vezes envolve outras formas de consumo de energia além da iluminação, aquecimento de água e fornecimento de energia para eletrodomésticos e eletroeletrônicos. 

Outros possíveis usos da energia elétrica em zonas rurais são irrigação de plantações, bombeamento de água, abastecimento de motores em geral, iluminação de galpões, baias e depósitos, fonte de energia para cercas elétricas e monitoramento e auxílio no processo produtivo. 

Todas essas informações a respeito do consumo são levadas em consideração no dimensionamento de energia solar, através do qual é possível calcular a quantidade de painéis solares necessários para um projeto.  

O procedimento é feito por empresas especializadas na venda e instalação dos sistemas solares fotovoltaicos. Para ajudar a definir o tamanho do seu sistema, é preciso que o consumidor tenha em mente o quanto quer investir e o quanto deseja economizar nas contas de luz. Quer saber quais outras variáveis interferem nesse cálculo? Confira abaixo.

Variáveis que interferem no dimensionamento

Há algumas variáveis a serem observadas, sendo as principais delas a média de radiação solar local, a potência do painel solar e o consumo elétrico do imóvel. Veremos um pouco sobre cada uma delas a seguir. 

Sol

Média de radiação solar 

Os módulos que fazem parte do painel fotovoltaico produzem energia elétrica a partir da incidência da luz do sol em sua superfície. Portanto, é importante levar em conta a radiação solar do local onde os painéis serão implementados.

Quanto maior a média de radiação no local da sua instalação, menos painéis serão necessários para gerar a quantidade de energia devida para suprir o consumo da propriedade em questão. 

Potência dos painéis solares

A potência é a medida que determina a quantidade máxima de energia que um módulo solar é capaz de gerar em condições climáticas favoráveis. Os painéis fotovoltaicos possuem potência de geração de fábrica, que varia de acordo com seu modelo, composição e a tecnologia usada para sua fabricação. 

Consumo elétrico da propriedade

Para que o sistema seja capaz de suprir todo o consumo elétrico de uma propriedade rural, é necessário que o seu projeto fotovoltaico considere a demanda elétrica do local. Quanto maior for o consumo, maior precisará ser a quantidade de painéis para atendê-lo. 

Como entender o consumo elétrico de uma propriedade
Como entender o consumo elétrico de uma propriedade

Nem todos os consumidores investem em sistemas fotovoltaicos com o intuito de garantir o consumo total da propriedade, pois em alguns casos, o custo para tornar isso possível acaba ficando muito elevado.

Uma opção mais viável é optar pela instalação de um número menor de painéis, garantindo apenas uma parte do consumo. Essa solução reduz o investimento inicial necessário para a instalação da tecnologia, mas não traz a economia de até 95% nas contas de luz.  

Estando ciente de como é feito o dimensionamento e das variáveis que influenciam no processo, podemos finalmente tratar do que te trouxe até aqui. Confira a seguir como é realizado o cálculo da quantidade de painéis necessária para sua propriedade rural. 

Como calcular o número de painéis solares? 

Para calcular o número necessário de painéis para cobrir o consumo da sua propriedade, é preciso consultar as contas de luz dos últimos doze meses. Some os consumos em kWh e divida por 12, assim você chega a uma média anual do consumo.

A informação obtida será uma das que servirão de base para a realização de orçamentos e dimensionamento do sistema fotovoltaico. 

Além disso, também é preciso considerar a inclinação e direção dos painéis. A inclinação deve ser a mesma da localidade onde o sistema será instalado, e quanto à orientação, é recomendado que eles sejam instalados voltados para o Norte (levando em consideração que o Brasil fica localizado no hemisfério sul). 

Outro aspecto indispensável que deve ser levado em conta no dimensionamento é a região onde o equipamento será instalado, pois, isso interfere na irradiação, que é a responsável pela geração de energia.

A disponibilidade diária de luz do sol pode variar bastante ao longo de todo o território brasileiro e de acordo com a época do ano e a regularidade das chuvas.

Moradores da região Nordeste são os mais beneficiados nesse sentido, já que essa parte do país possui muita disponibilidade de luz solar. Já quem reside no Sul acaba saindo no prejuízo, devido também aos invernos rigorosos, que fazem com que seja necessária uma quantidade maior de painéis solares.

Entenda como é feito o calculo da quantidade de painéis que é usado em uma propriedade
Entenda como é feito o calculo da quantidade de painéis que é usado em uma propriedade

Comparativamente, as regiões Norte, Centro-Oeste e sudeste acabam ficando no meio termo, pois recebem uma quantidade razoável de luz solar, mas nada comparado à que contempla o Nordeste. 

Há diversos fatores, aspectos e detalhes que interferem no cálculo do dimensionamento de energia solar.

As particularidades de cada propriedade fazem com que seja difícil estimar uma quantidade aproximada de painéis solares ou o tamanho adequado de um sistema fotovoltaico para viabilizar a geração de energia necessária. 

Com as informações desse artigo, você pôde ter uma noção de como essa avaliação é feita, de modo que possa acompanhar todas as etapas do procedimento, estar por dentro do que acontece e de tudo que está envolvido e ter informações que sirvam de base para comparação na hora de tomar a sua decisão. 

Como a Solfácil pode lhe auxiliar

Desde 2018 a Solfácil já levou energia solar para mais de 26 mil projetos solares instalados em residências, empresas e áreas rurais. Ao integrar a solução de financiamento com parceiros estratégicos e know-how para projetos e homologações, criamos um ambiente favorável para implementação da energia solar, seja por parte do consumidor ou por parte do integrador. Quer saber mais? Defina seu interesse:

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe nos comentários abaixo para podermos te ajudar.

Posts Similares

Estórias Solares