A possibilidade de transformar a luz do sol em energia solar é uma das inovações mais surpreendentes do setor energético. A partir disso, é possível gerar energia praticamente sem custo por décadas.

A versatilidade da tecnologia é outro ponto positivo a seu favor, já que possibilita que seja aplicada em diversas situações e para diferentes propósitos, desde a energia residencial à energia industrial e para o agronegócio. São muitas utilidades possíveis. 

No contexto do agronegócio, a energia solar sem dúvidas representa uma revolução, já que proporciona redução nos custos de produção e geração de energia limpa. Confira a seguir alguns dados importantes sobre o uso desse tipo de energia pelo setor e quais são seus benefícios. Boa leitura!  

Dados sobre o uso de energia solar no agronegócio 

Você sabia que o agronegócio é um dos setores que mais investem em energia solar atualmente no Brasil? Ocupando o terceiro lugar com maior número de conexões e potência instalada, perde apenas para a energia solar fotovoltaica dos tipos residencial e comercial.

São mais de 64 mil sistemas fotovoltaicos em propriedades rurais, resultando em mais de 1,2 gigawatt (GW) de potência instalada.

Dados sobre o uso de energia solar no agronegócio 
Dados sobre o uso de energia solar no agronegócio 

Há muitos fatores que contribuem para esse cenário. A instabilidade no valor das contas de luz e a cobrança de tarifas mediante a sobrecarga das hidrelétricas fazem com que cada vez mais consumidores busquem formas alternativas para geração de energia.

A economia obtida com a energia solar é muito bem vinda, sobretudo para os agricultores, podendo diminuir em até 95% o valor gasto com eletricidade em sua propriedade. 

Além disso, escolher a energia solar é também uma importante forma de investimento. Especialistas apontam que é ainda mais vantajosa do que as opções mais competitivas de renda fixa.  

Com incentivos governamentais e a divulgação dos benefícios da energia solar, a tendência é que os números mencionados no início desse tópico cresçam cada vez mais. Para se ter uma noção, em 2020 havia 29.334 sistemas de energia solar instalados em propriedades rurais, e esse número mais do que dobrou em menos de dois anos. 

A energia solar no Brasil começou a ganhar força em 2012, com a Resolução Normativa nº 482 da ANEEL, que possibilitou aos consumidores investir na geração da sua própria energia elétrica através de fontes sustentáveis.

A partir disso, já foram investidos em torno de R$ 3,4 bilhões em energia solar no agronegócio. Atualmente, o setor rural é responsável por 13,1% de toda a potência solar distribuída instalada no país. 

O agronegócio tem muito a se beneficiar ao aderir à energia solar
O agronegócio tem muito a se beneficiar ao aderir à energia solar

Tudo isso é possível pois o agronegócio tem muito a se beneficiar ao aderir à energia solar. Há diversas atividades realizadas no campo que demandam de grandes quantidades de energia elétrica, gerando altos gastos para o produtor.

Mediante esse cenário, a energia solar se mostra uma alternativa econômica, ecologicamente consciente e principalmente atrativa para os produtores rurais que desejam aprimorar sua produção. Prossiga para o próximo tópico para entender melhor sobre como isso funciona. 

Quais os benefícios da energia solar no campo?

O desenvolvimento sustentável no campo já é uma realidade possível, e a energia solar tem participação essencial nesse contexto. 

A maioria das atividades realizadas no agronegócio dependem diretamente da eletricidade, comprometendo boa parte do orçamento mensal e até mesmo impedindo o investimento em outros setores da propriedade.

Com a economia de até 95% nas contas de luz, a energia solar abre caminhos para o crescimento e desenvolvimento, se tornando uma importante aliada para o agronegócio

Atualmente, há diversas linhas de crédito para possibilitar a geração própria de energia solar para produtores de todos os portes, em todas as regiões do país. Já são mais de R$ 3,7 bilhões de investimentos em energia solar nas propriedades rurais brasileiras, com mais de 37 mil sistemas instalados e a geração de mais de 23 mil empregos. 

Quais os benefícios da energia solar para o agronegócio?
Quais os benefícios da energia solar para o agronegócio?

Além de ajudar na redução dos gastos com eletricidade, a energia solar também protege o consumidor contra os aumentos das tarifas nas faturas, torna a produção no campo mais limpa e sustentável e pode até aumentar a oferta de energia elétrica na propriedade, garantindo maior autonomia energética.

Outra grande vantagem vinculada às formas de geração de energia sustentável está na valorização da marca do produtor rural, já que cada vez mais pessoas têm demonstrado preocupação com a responsabilidade ecológica dos itens que consomem. 

Tudo isso tem um impacto positivo não apenas para os produtores rurais, mas para a matriz energética brasileira como um todo, que com isso se torna mais diversificada, dependendo cada vez menos das hidrelétricas e termelétricas.

Nessa perspectiva mais ampla, a energia solar também possibilita a oferta de alimentos mais baratos na mesa das famílias brasileiras, contribuindo com a economia do país como um todo. 

Se tratando de uma tecnologia extremamente versátil, a energia solar pode ser usada em diversas aplicações para beneficiar a produção rural. Confira a seguir com mais detalhes porque essa forma de gerar energia representa uma verdadeira revolução para o agronegócio.  

Por que a energia solar pode revolucionar o campo? 

Há diversas funcionalidades possíveis para a energia solar no contexto do agronegócio, podendo se adaptar de acordo com as necessidades e demandas de cada produtor. 

Por que a energia solar pode revolucionar o agronegócio? 
Porque a energia solar pode revolucionar o agronegócio? 

Uma das principais e mais comuns atividades realizadas na área rural a se beneficiar da energia solar é o bombeamento de água, que serve para a irrigação, abastecimento de água para o gado, para consumo próprio ou qualquer outra aplicação que faça uso da água. O uso da eletricidade advinda da energia solar torna todos esses processos mais econômicos, eficientes e seguros. 

Muitos produtores que lidam com agricultura fazem uso de estufas elétricas para promover a secagem dos grãos, sendo essa mais uma atividade a ser beneficiada com o uso da energia solar. Além da redução de gastos, essa forma de obter energia também diminui os riscos de enfrentar apagões decorrentes de falhas no abastecimento que podem gerar prejuízos.

Também é importante pensar na refrigeração de carnes, leites e outros produtos, já que é fundamental para garantir a qualidade dos itens. A regulação da temperatura dos ambientes é outra preocupação, principalmente para quem cria aves.

As cercas elétricas, por sua vez, demandam eletricidade constante, e são importantes principalmente para o manejo de gado e a demarcação de terras. Podem ser sistemas independentes ou conectados à rede principal.

Além das utilidades citadas, a energia solar também pode ajudar na manutenção dos sistemas de telecomunicação e de monitoramento, entre diversas outras funcionalidades. Em geral, essa forma de obtenção de energia atende a todas as demandas, oferecendo diversas vantagens para o agronegócio, que depende de grandes quantidades de eletricidade para manter suas atividades acontecendo de maneira adequada.  

A energia é fundamental para atividades rotineiras
A energia é fundamental para atividades rotineiras

Além de contribuir com a redução dos gatos e com uma produção ecologicamente consciente, a energia solar também oferece facilidades, tanto na instalação quanto para a preservação dos equipamentos. Para instalar o sistema fotovoltaico, não é necessário interromper as demais atividades do local, e as manutenções são simples de serem realizadas. 

Com todas as vantagens e possibilidades que a energia solar oferece ao agronegócio, fica fácil entender como o setor se tornou um dos principais adeptos a essa tecnologia revolucionária. E a melhor parte é que há ainda muito espaço para o crescimento da energia solar no Brasil nos próximos anos, sobretudo no campo.

Energia Solar em Propriedades Rurais com a Solfácil

Nós temos uma linha de financiamento revolucionária que permite que você troque o custo da sua conta de luz por um ótimo investimento em sistema de energia solar.

É isso mesmo! Temos uma rede de parceiros instaladores em todos os estados do Brasil que executam o projeto de energia solar na sua propriedade rual e você paga em até 144 parcelas com juros acessíveis. Tão acessíveis que a prestação mensal fica até 30% inferior à economia de energia que você tem com o sistema.

Confira aqui o story do post!

Posts Similares

Estórias Solares