Energia solar na indústria. Os desafios energéticos crescem cada vez mais no Brasil, ao mesmo tempo em que a demanda do setor industrial também aumenta. Para obter abastecimento com mais segurança, é necessário investir em novas formas de geração, distribuição e transmissão de energia. 

Por conta disso, se faz imprescindível que os empreendedores compreendam a importância de investir visando a eficiência energética, ainda que as melhores alternativas para isso nem sempre sejam as mais acessíveis. 

Confira neste artigo mais informações sobre o cenário energético da indústria brasileira e como a energia solar se mostra uma solução viável para tal.

O consumo de energia elétrica nas indústrias brasileiras

Com cerca de 537 mil unidades em funcionamento, o setor industrial é atualmente responsável pelo consumo de 41% da energia elétrica do país. Esses dados são da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e apontam a relação interdependente entre as fábricas e o setor energético no Brasil. 

Entenda o consumo de energia solar nas indústrias brasileiras
Entenda o consumo de energia solar nas indústrias brasileiras

Considerando indústrias, comércios e residências, o desperdício de energia elétrica chega a 22 milhões de kW, o equivalente a uma fortuna: cerca de US$ 1,54 bilhões ao ano. Isso é o que aponta o Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica).

Em tal cenário, investimentos se fazem necessários visando a eficiência energética industrial, um conjunto integrado que inclui: economia nas tarifas de energia, aumento da produtividade do setor, maior autonomia energética e confiabilidade no sistema de produção, e menos demandas de manutenções.

Você sabe qual sistema proporciona todas essas vantagens? Se o seu palpite é a energia solar, então você acertou em cheio. Confira mais detalhes a seguir. 

Quais as vantagens da energia solar para o setor industrial?

O novo formato das indústrias brasileiras está preocupado não apenas na eficiência da produção, mas também em aprimorar o ambiente de trabalho e diminuir o impacto ambiental.

Todos esses conceitos fazem parte da chamada Indústria 4.0, que preza pelo uso eficiente de todos os recursos. Isso inclui também os recursos energéticos, que ainda são utilizados de forma pouco eficiente, apesar de terem um custo elevado para as empresas. 

Estima-se que com a Indústria 4.0, a diminuição de consumo de energia possa chegar a 20%, com redução de 40% nos custos de manutenção e aumento de 25% na produtividade do trabalho.

Investir em uma produção mais limpa, minimizando o uso de recursos naturais esgotáveis e ampliando a exploração de fontes de energia renováveis é uma das principais formas de aderir aos novos moldes da indústria. 

O uso de energia solar fotovoltaica oferece uma solução completa nesse sentido, possibilitando que sua empresa esteja inserida no novo cenário.

Essa opção reduz os custos com eletricidade, diminui o impacto ambiental da sua operação e ainda permite a automação e monitoramento dos módulos fotovoltaicos em tempo real. Veremos cada uma dessas vantagens detalhadamente a seguir. 

Redução de custos através da energia solar

A adesão ao uso de painéis solares fotovoltaicos possibilita uma economia de até 95% no valor da conta de luz, o que representa uma grande redução nos custos de produção e aumento da margem de lucro mensal da sua empresa.

É incrível a redução dos custos com energia, quando se investe na energia solar
É incrível a redução dos custos com energia, quando se investe na energia solar

Estima-se que indústrias grandes que investem em energia solar podem economizar até R$ 180 mil ao ano, podendo observar os resultados logo no primeiro mês após a instalação. 

Além disso, a energia solar oferece a vantagem dos créditos energéticos a partir da energia excedente produzida. Assim, a energia não utilizada no mês é transformada nos créditos, que duram até 60 meses e podem ser descontados das faturas seguintes, em dias que o sistema não funciona com total desempenho (como quando chove, por exemplo).  

Com essa economia, os empreendedores podem investir em outros aspectos ou setores da empresa, visando um retorno ainda maior com equipamentos que aumentem sua vantagem competitiva no mercado. E como bem sabemos, o que não falta no setor industrial são possibilidades de direcionamento de novos investimentos. Nada mal, não é?! 

Automação

O sistema fotovoltaico funciona a partir da absorção da energia presente nos raios solares, e os painéis solares podem ser controlados de maneira remota para obter o melhor ajuste do posicionamento em relação ao sol.

Assim, é possível garantir o melhor desempenho do sistema, que recebe a maior quantidade de luz possível durante o dia, gerando energia com mais eficiência. 

A automação também oferece outras vantagens: com ela, os gestores podem acompanhar o relatório de geração e consumo de energia, para verificar se está tudo certo com o equipamento e se ele está funcionando como deveria. 

Diminuição do impacto ambiental

O investimento em energia solar fotovoltaica é uma alternativa de responsabilidade ambiental, já que a energia solar advém de uma fonte renovável, que não libera nenhum tipo de resíduo nocivo à natureza. 

Aspectos como esse são muito valorizados no contexto atual, já que os consumidores também estão cada vez mais conscientes com relação ao próprio consumo, buscando produtos e serviços mais sustentáveis.

Ao aderir à produção de energia solar em sua indústria, você pode obter o Selo Verde, uma certificação que destaca o comprometimento das empresas em executar suas atividades com o menor impacto ambiental possível. 

Investimento na energia solar

Por muitos anos, o investimento em energia solar fotovoltaica era uma solução pouco viável em função do alto custo. Apesar de se apresentar como uma alternativa interessante, sobretudo para a indústria, o valor elevado fazia com que se tornasse algo muitas vezes inacessível ou pouco vantajoso. 

Veja como o investimento em energia solar pode lhe trazer benefícios
Veja como o investimento em energia solar pode lhe trazer benefícios

Hoje em dia, no entanto, o cenário é muito diferente, já que existem várias linhas de financiamento exclusivas de energia solar para indústrias.

Além disso, os equipamentos produzidos atualmente têm 25 anos de garantia funcionando com alta performance e eficiência, e o retorno do investimento acontece poucos anos após a instalação dos equipamentos. Sendo assim, o retorno de médio a longo prazo é garantido, sendo algo muito vantajoso para a empresa. 

Outro ponto a seu favor é o fato das manutenções serem muito simples. Na maioria dos casos, basta realizar limpezas a cada seis meses ou um ano para retirar o acúmulo de poeira e outros resíduos dos painéis solares, que podem comprometer o pleno desenvolvimento do sistema.

Para isso, é necessário contratar o serviço de uma empresa especializada para realizar tais atividades em grandes alturas. 

Com tantas vantagens, é possível assegurar que o investimento em energia solar para indústrias é a melhor forma de garantir o abastecimento sem gerar gastos excessivos ou ficar refém da oscilação das tarifas de luz.

Como bônus, ainda é possível redirecionar o valor da considerável economia anual para outros setores da empresa que necessitam de renovação.

O que achou deste artigo? Se tiver sugestões de outros assuntos que você gostaria de ver tratados em nosso blog, comente abaixo.

Story referente ao post

Story resumo do post

Posts Similares

Estórias Solares