Qual o melhor tipo de telhado residencial?

É ideal avaliar os pontos positivos e negativos de cada tipo de telhado para considerar a sua instalação no imóvel. Neste story procuramos tratar um pouco mais deste assunto e sanar possíveis dúvidas.

Telhado de cerâmica

É o modelo mais utilizado e uma boa opção de custo-benefício . Composto por barro, motivo pelo qual possui como vantagem o isolamento térmico, além da facilidade na limpeza e alta durabilidade.

Prós

Yellow Star

A a telha é pesada, por esse motivo requer manutenção frequente e exige uma boa estrutura do imóvel, caso contrário, será preciso o uso de base reforçada para que ele não seja prejudicado.

Contras

Yellow Star

Telhado de concreto

Proporciona uma estética mais contemporânea ao imóvel. Garante alta durabilidade e controle de temperatura do local, conta com variedade de cores e possibilita o uso em inclinações acentuadas.

Prós

Yellow Star

A porosidade do material exige muita manutenção, e por ser mais pesado do que o de cerâmica, é preciso que a estrutura do local seja forte e, às vezes, é preciso uma base mais reforçada.

Contras

Yellow Star

Telhado de fibrocimento

É o substituto das telhas de amianto, leve, resistente e com custo menor do que as telhas anteriores, garante isolamento térmico e sua composição não exige reforço na estrutura do imóvel.

Prós

Yellow Star

Absorve o calor externo, assim, é preciso investir em forro ou laje para evitar altas temperaturas dentro do local e exige atenção redobrada para evitar problemas com chuvas e ventos.

Contras

Yellow Star

Telhado de PVC

É leve e resistente, é possível encontrar diversas cores e formatos. Não há necessidade de reforço na estrutura para sua instalação e oferece isolamento acústico/térmico.

Prós

Yellow Star

Pode aquecer o ambiente além do desejado pelos moradores. Além disso, sua durabilidade é reduzida ao ser comparado com os outros telhados, principalmente o de cerâmica.

Contras

Yellow Star

Afinal, qual telhado residencial é melhor?

Vai depender, é preciso realizar um levantamento de informações da construção e responder a diversas perguntas, como: Qual a estrutura? Quais as prioridades? Qual o clima? Qual o orçamento? Etc.

Nestes casos é sempre bom planejar o projeto com o auxílio de uma pessoa ou empresa profissional e especializada. Já que existem diversos tipos de cobertura, um profissional saberá orientá-lo melhor.