Como são feitas as placas de energia solar em 10 etapas

Os painéis são basicamente formados por células feitas de materiais semicondutores como o Silício, chamadas de células fotovoltaicas. 

Quando as partículas de luz solar colidem com os átomos do material semicondutor, provocam a movimentação dos elétrons, gerando assim uma corrente elétrica.

1

Limpeza do vidro fotovoltaico

O primeiro passo na fabricação de um painel solar envolve a limpeza do vidro. Trata-se de um vidro especial ultra puro e com baixo teor de ferro.

O processo de limpeza do vidro fotovoltaico é importante para garantir que não formem “bolhas” no painel depois que ele estiver laminado e pronto, o que pode danificá-lo.

2

Interconexão das células fotovoltaicas

As células fotovoltaicas representam aproximadamente 60% do custo de um sistema fotovoltaico, e são feitas de materiais semicondutores como o silício.

A fabricação dos painéis solares precisa ser feita de modo a proteger as células, fazendo com que a placa de luz solar seja capaz de produzir energia por décadas.

Nessa parte do processo, as células fotovoltaicas são interconectadas através de fios condutores (geralmente feitos de cobre ou alumínio).

3

Montagem da matriz de células

Também chamado de Layup, esse processo envolve a montagem das séries de células interconectadas, posicionando-as sobre o vidro e o filme encapsulante para painel solar

A montagem da matriz de células trata-se de um procedimento delicado, que precisa ser realizado por uma máquina especial para garantir o perfeito alinhamento das células no painel solar e evitar que elas se quebrem.

4

 Interconexão manual

o próximo passo é fazer a interconexão manual das séries de células. Apesar do nome, esse processo também pode ser automatizado, e consiste basicamente em soldar as strings de células e criar uma ligação elétrica entre elas.

O backsheet é um material plástico branco, que fica localizado na parte de trás do painel solar. Sua principal função é proteger os componentes internos do painel, especificamente as células fotovoltaicas.

Nessa fase do processo, quatro painéis por vez entram em uma máquina de laminação. Nela, o EVA é derretido e fundido, formando a junção ideal entre suas camadas para proteger as células de qualquer ação do tempo

5

Posicionamento do EVA e backsheet

Ao sair da laminadora, o painel solar geralmente apresenta rebarbas do backsheet e do EVA nas laterais. Um operador faz uso de uma ferramenta especial para rapidamente tirar essas sobras dos painéis.

Em seguida, é hora de instalar a caixa de junção, um aparato muito importante para o painel solar, responsável por levar  as conexões elétricas das células fotovoltaicas para o exterior.

6

Laminação do painel solar

Nessa fase do processo, quatro painéis por vez entram em uma máquina de laminação. Nela, o EVA é derretido e fundido, formando a junção ideal entre suas camadas para proteger as células de qualquer ação do tempo. Essa fase da fabricação impacta diretamente na vida útil do painel solar.

7

Corte de rebarbas e instalação da caixa de junção

Ao sair da laminadora, o painel solar geralmente apresenta rebarbas do backsheet e do EVA nas laterais. Um operador faz uso de uma ferramenta especial para rapidamente tirar essas sobras dos painéis.

8

Fixação das molduras de alumínio

A próxima etapa é colocar a moldura de alumínio no painel solar. Feitas de alumínio anodizado, são projetadas para dar firmeza ao painel e garantir sua integridade nas mais diversas condições de clima e temperatura

9

Testes e inspeção para as placas de energia solar

A última etapa da fabricação de painéis solares é indispensável para garantir a qualidade e segurança do painel solar. Tradicionalmente, são feitos pelo menos dois testes: o flash test e o teste de eletroluminescência

10

Separação e empacotamento dos painéis

Com os painéis prontos e devidamente testados, é hora de separá-los em categorias de potência (ex: 250W, 255W, 260W, 265W…). Feito isso, é só embalar e despachar para o cliente.