Há diversos fatores técnicos que devem ser considerados na instalação do painel solar, pois podem impactar diretamente no seu rendimento. Alguns dos aspectos mais importantes a serem levados em conta estão relacionados à posição, direção e inclinação do painel. 

Como são instalados nos telhados das edificações, é preciso priorizar as condições para absorção da maior quantidade possível de luz solar. Identificar a direção ideal faz parte desse processo. Você sabe como descobrir para qual direção o seu telhado está orientado? Confira a resposta para essa e outras questões no artigo a seguir.

Qual a direção ideal?

A direção que um telhado tem é o fator primário que determina quanta irradiação os painéis solares receberão ao longo do dia. Esse aspecto também é chamado de ângulo azimutal. 

Preencha os dados abaixo que respondemos na próxima live e lhe avisaremos por email.

É importante para saber quanto de luz do sol a sua placa irá receber - telhado
é importante para saber quanto de luz do sol a sua placa irá receber.

Para obter o maior rendimento possível do sistema solar fotovoltaico, o telhado deve ter uma face voltada ao norte geográfico, sem haver sombreamento nos módulos, seja por outras edificações ou por árvores.

Isso favorece a geração da energia solar e é a técnica utilizada no Brasil atualmente. Mas mesmo se o imóvel em questão não tiver uma face apontando para o Norte, ainda é possível gerar bastante energia. 

Painéis solares voltados para o Noroeste ou nordeste têm perdas de 3% a 8%. Enquanto isso, quando orientados para as direções, leste ou oeste irão produzir cerca de 12 a 20% menos energia solar do que se estivessem orientados para o Norte.

Mas mesmo com essa redução no desempenho, o sistema é capaz de produzir eletricidade o suficiente para conseguir uma economia considerável na conta de luz.  

As maiores perdas de geração de energia se dão quando o telhado tem a face apontada para o Sul. Por essa razão, não é indicado instalar os painéis nessa direção, a menos que você more na região Norte do Brasil, onde tecnicamente haveria menos perda no desempenho. 

Como descobrir a orientação do telhado? 

Uma maneira muito fácil e acessível de identificar a direção do seu telhado é usando o Google Maps. 

Para fazer isso no seu celular, abra o aplicativo do Google Maps. Logo na primeira tela há um desenho representativo de uma bússola. Clique nele e, caso apareça alguma orientação, siga-a. A orientação da tela se dará de forma que a direção norte fique na parte de cima. 

Também é possível fazer isso usando o computador, através da versão Web, que possui mais detalhes de orientação. Abra o Google Maps no navegador e pesquise algum endereço (de preferência o endereço do imóvel onde deseja instalar os painéis fotovoltaicos).

Acesse o modo “Street View” (Visão da Rua), posicionando o bonequinho amarelo em algum ponto próximo ao endereço. Observe que no canto direito da imagem terá a imagem de uma bússola, na qual a parte vermelha da agulha indicará sempre o Norte da imagem. 

O Google Maps irá funcionar como uma bússola.
O Google Maps irá funcionar como uma bússola.

Continue a leitura para conferir mais detalhes acerca de outros aspectos técnicos que interferem no desempenho do painel solar.

Inclinação dos painéis

Assim como a direção do telhado, a inclinação dos painéis na hora da instalação também faz toda a diferença para garantir uma boa produção de energia solar. Este fator está diretamente ligado à latitude do local onde será instalado, assim a inclinação deve ser a mesma da localidade em questão. 

É indicado que os sistemas fotovoltaicos tenham uma inclinação igual à latitude. Sendo assim, se você mora em São Paulo, por exemplo, onde a latitude é de aproximadamente 23°, é indicado que você instale os painéis solares com inclinação de 23°.

Mesmo se o seu telhado for plano, ainda é possível instalar um sistema fotovoltaico, desde que você monte uma estrutura específica que dê angulação aos módulos solares.

Sombreamento

Além da direção e da inclinação dos painéis solares, também é importante atentar para a questão do sombreamento antes de iniciar o projeto. É fundamental que seu telhado receba luz do sol o suficiente durante o dia para potencializar a produção de energia solar. 

Árvores ou edifícios nas proximidades podem bloquear a passagem da luz solar, projetando sombras sobre o seu telhado. Isso interfere diretamente no projeto fotovoltaico, que depende diretamente da absorção da luz do sol. 

Essa questão do sombreamento acaba sendo ainda mais prejudicial do que a orientação do telhado no que diz respeito à produção de energia pelos painéis fotovoltaicos. Por isso, vale a pena analisar com cuidado se não há fatores como os citados que possam ocasionar sombras na área onde o sistema será instalado.  

No próximo item, trazemos um bônus para você que ainda está em dúvida se deve ou não investir em energia solar. Confira! 

Vale a pena investir em energia solar residencial?

Há diversas vantagens que tornam a energia solar uma alternativa interessante, principalmente econômica e ambientalmente. Vamos analisar cada um desses aspectos. 

Um sistema de energia fotovoltaica pode ser muito vantajoso- telhado
Um sistema de energia fotovoltaica pode ser muito vantajoso.

Você sabia que com a instalação de um sistema fotovoltaico, é possível reduzir em até 95% os valores da sua conta de luz? Pois é, a economia a partir da geração de energia solar é enorme! Outro ponto positivo é o fato da energia solar contribuir com a valorização do imóvel.

Assim, caso você deseja vendê-lo no futuro, poderá pedir um valor maior levando em consideração a implementação do sistema fotovoltaico, que moderniza a edificação e trará benefícios ao próximo morador. 

Ainda que a implementação de um sistema solar fotovoltaico demande um alto investimento, o proprietário terá retorno financeiro após alguns anos de uso, já que a economia nas contas de luz acaba abatendo o valor do investimento. 

A energia solar é também uma excelente opção de energia limpa e renovável. Ao contrário de matérias-primas como o petróleo, por exemplo (um recurso que eventualmente irá se esgotar), a energia solar advém de uma fonte de energia constante e consistente, que é a luz do sol.

Também não causa impacto ambiental, que é uma das maiores preocupações no que diz respeito à queima de combustíveis fósseis, que são os principais responsáveis pelo aquecimento global.

A praticidade de ter um equipamento para geração de energia como esse também conta muito. Os sistemas fotovoltaicos são fáceis de instalar, ocupam pouco espaço e demandam pouca manutenção. Os painéis duram mais de 25 anos, e precisam apenas de limpezas anuais, que podem ser realizadas pelo próprio proprietário. 

Levando em conta a vida útil do equipamento, seu custo acaba valendo muito a pena. Vale lembrar que será uma forma de abastecer o imóvel energeticamente por mais de duas décadas.

Melhor parceira do Integrador

Muito mais que um banco, somos uma empresa parceira e oferecemos um ecossistema completo de soluções para o integrador de energia solar.

A Solfácil é uma plataforma tecnológica para financiamento de energia solar feita para você, integrador. Em nossa plataforma, você poderá controlar todos os seus projetos de financiamento e homologação em processos bem definidos.

Tudo 100% digital, para que você, parceiro integrador, consiga vender cada vez mais.

Sendo nosso parceiro, você terá acesso a uma solução financeira robusta que vai ajudar a viabilizar totalmente os seus projetos, pois seu cliente sempre terá uma opção de economia imediata com prazos de até 120 meses.

Posts Similares

Estórias Solares