É possível financiar a instalação de energia solar industrial?

Existem vários programas de incentivos de bancos públicos e privados para investir em energia renovável e muitos deles permitem o pagamento da parcela com a própria economia obtida na conta de luz.

Como funciona o financiamento para energia solar?

Hoje em dia, há diversas linhas de crédito criadas pelo governo federal e por iniciativas públicas estaduais.

É preciso realizar uma análise de crédito para confirmar se o consumidor, seja ele pessoa física ou jurídica, não está com seu nome comprometido em algum dos órgãos de proteção ao crédito.

Com isso o empréstimo é liberado e o comprador pode ter acesso a até 100% dos recursos necessários para adquirir e instalar o sistema.

Dependendo do perfil do consumidor e da linha de crédito escolhida, o prazo do financiamento pode alcançar até 240 meses, o equivalente a 20 anos.

Nas indústrias, os sistemas fotovoltaicos são maiores, mais complexos, e por isso, mais caros, porém, vale a pena investir pois a economia de energia é maior e gera um retorno financeiro rápido.

Vale a pena investir em energia solar e financiar?

Ao contar com um sistema solar fotovoltaico, uma indústria pode obter uma economia de até 95% no valor total da conta de luz.

Essa forma de geração de energia pode representar uma grande redução nos custos de produção e até mesmo um aumento da margem de lucro mensal da empresa.

Grandes empreendimentos que investem em tecnologia de energia solar economizam até R$180 mil ao ano, podendo observar resultados produtivos logo no primeiro mês após a instalação.

Mesmo com os custos envolvidos para adquirir um sistema fotovoltaico, sai mais em conta do que pagar os altos valores das contas de luz devido ao abastecimento integral pela concessionária de energia.

Apesar do financiamento envolver um longo prazo de pagamento, é um benefício a longo prazo, pois uma vez que o valor for quitado, o sistema continua produzindo e gerando economia para a empresa.